Segundona de SP: Tanabi segura Bandeirante, Barbarense vence e Grêmio Prudente segue invicto

Imagem: Ivan Melo/Vocem
124

Fazer gol no apagar das luzes tem sido o novo normal na Segunda Divisão do Campeonato Paulista 2020. A cada nova rodada, a competição tem se mostrado surpreendente e, em alguns aspectos, bem imprevisível.

Fato é que, chegando a sexta rodada da competição, a primeira do returno da fase inicial, alguns clubes têm sofrido gols nos momento finais das partidas, fazendo com que sempre esperemos o apito final do árbitro antes de confirmar algum resultado.

Leia também:

Além disso, tivemos outra rodada marcada por muitos gols, mantendo a alta média da competição – nesta rodada apenas um duelo, não viu o balançar da rede.

Tanabi tira 100% do Bandeirante com dois gols no fim

El7ryylwkaadmeu
Imagem: Renan Contreta/Tanabi EC

Uma das vítimas da sina de tomar gol nos momentos finais foi o Bandeirante, que destacamos aqui nos dois últimos resumos – esperamos não ter zicado. O Leão da Noroeste foi até Tanabi enfrentar a equipe local buscando mais uma vitória, e assim, praticamente selar a sua vaga para a próxima fase. Não conseguiu.

Os visitantes abriram o placar no primeiro tempo, com Rapchan, e logo na volta do intervalo aumentaram o marcador com Gabriel Bahia. Mas quando o jogo então caminhava para mais uma vitória do Bandeirante, veio o empate: Messinho, aos 45, e Sergipe, aos 47, deixaram o letreiro igualado e tiraram o 100% de aproveitamento da equipe de Birigui.

Na outra partida deste Grupo 1, o América recebeu o Araçatuba no Teixeirão e levou a melhor. Robert Berré foi o nome do gol solitário que deu a vitória e a terceira posição da cahve para a equipe de São José do Rio Preto, que ainda sonha.

Na próxima rodada, o Andradina, vice-líder e que folgou nesta rodada, enfrenta o Bandeirante fora de casa, enquanto o Araçatuba recebe em seus domínios o Tanabi.

XV de Jaú, invicto, demite treinador; Francana acelera

Outra equipe que segue voando baixo na competição é a Francana, comandada por Paulinho Mclaren. Assim como aconteceu no primeiro turno, o time venceu a Inter de Bebedouro sem sustos e segue como líder isolado do Grupo 3. Já a Inter ainda não sabe o que é vencer da Bêzinha.

Jogando em Bebedouro, a Francana abriu 2 a 0, graças aos gols de Wagner no primeiro tempo e Victor Hugo no segundo. O time da casa ameaçou reagir, com um gol de Adylson Júnior aos 39 da etapa final, mas Kaio Lucas balançou as redes nos acréscimos e garantiu mais três pontos para a Francana.

Pelo mesmo Grupo 3, o Grêmio Sãocarlense – após ter arrancado um empate heroico na última rodada contra o XV de Jaú – recebeu no Luisão a equipe da Matonense, e esperava repetir o mesmo resultado obtido no primeiro confronto entre as equipes. E conseguiu.

Placar de 2 a 0 para os donos da casa, com direito a gol de Eduardo Love (que é a cara do outro Love), colocando a equipe de Matão em situação complicada dentro da chave.

Outro destaque dentro desta mesma chave foi a demissão do técnico Sérgio Caetano, que deixou o comando do XV de Jaú após quatro partidas – duas vitórias e dois empates. Poucas horas depois, o clube anunciou Júnior Paulista como o novo treinador. Vai entender.

Gol no fim evita dança do SKA

Após ter folgado na última rodada, o SKA Brasil foi até Mauá em busca dos três pontos, contra o Mauaense, para se manter vivo na briga pela classificação à próxima fase. No primeiro tempo, Denilson inaugurou o placar do Pedro Benedetti para os visitantes, mas a maldição dos gols no fim estava presente mais uma vez. Brenner, aos 44 minutos do segundo tempo, deixou tudo igual para o Mauaense.

O Jabaquara voltou a vencer depois do revés na rodada passada ante o Mauá FC, que por sua vez folgou nesta rodada. A equipe de Santos recebeu o Barcelona Capela, que não havia vencido na competição, e não decepcionou: vitória dos donos da casa por 2 a 0 sem sustos e liderança do Grupo 7.

Atlético Mogi mantem sequência; duelo dos “União” termina sem gols

Em Guaratinguetá, o Manthiqueira recebeu o Atlético Mogi e aumentou a sequência negativa do rival: 34 jogos consecutivos sem vitória.

Miqueias, Jacó, Rodriguinho, Wendel e Ruan construíram a goleada por 5 a 0. A equipe permanece na vice-liderança do Grupo 6 com 12 pontos – mesmo número de pontos do líder São José, que folgou nesta rodada.

Já o famigerado “duelo do açúcar” (rs) entre União Mogi e União Suzano terminou sem gols – o único 0 a 0 desta rodada. Isso graças ao goleiro Ytalo, da equipe da casa, que defendeu pênalti no último lance da partida, evitando assim uma vitória da equipe de Suzano. Afinal, nem todo jogo precisou ter gol no fim, né?

Times de Guarulhos em situações opostas

A AD Guarulhos segue embalada após começar a competição com o freio de mão puxado. A equipe da Grande São Paulo recebeu o Brasilis, que havia vencido o primeiro encontro entre essas duas equipes no turno, e mostrou que o futebol é dinâmico. No returno, quem venceu foram os donos da casa: 3 a 1 no Ninho do Corvo e vice-liderança da chave assumida.

Ainda pelo Grupo 5, o Amparo, até então líder do grupo, era favorito contra a Itapirense, em casa, mas não mostrou superioridade na prática. A Vermelhinha foi para o crime, mandou logo 3 a 1 no líder do grupo e tirou a invencibilidade do AAC. De quebra, jogou o Flamengo de Guarulhos, que folgou na rodada, para a lanterna da chave.

União Barbarense finalmente desencanta

Saiu, enfim, a primeira vitória do União Barbarense – e que vitória, diga-se de passagem. O Leão da 13 recebeu o Independente e aplicou 4 a 1 sem dó e nem piedade do Galo de Limeira. Destaque para Denílson, autor de dois gols para os donos da casa.

Goleada também no outro jogo deste Grupo 4 e troca na liderança. O Itararé, que havia perdido em casa na última rodada para o Impendente (e deixado escapar a chance de entrar na zona de classificação), recebeu o Elosport em seus domínios. Resultado: vitória por 4 a 2 da Caçula, tirando a liderança do Rio Branco, que folgou durante essa rodada.

Duelo entre Lukaku e Zidane termina sem vencedor

Em Osvaldo Cruz, tivemos o duelo entre duas equipes com “jogadores europeus”. O Osvaldo Cruz, do centroavante Lukaku, recebeu o Tupã, do meio-campista Zidade – mas nenhum deles marcou e ninguém saiu vitorioso. Tiago Silva (que não é aquele) abriu a lata do Tupã de pênalti aos 14 minutos da primeira etapa, mas Paulinho um minuto depois igualou as coisas para o Osvaldo Cruz. Final: 1 a 1.

Empate também no outro duelo deste Grupo 2, no qual o embalado VOCEM recebeu o Grêmio Prudente em Assis. Pilar marcou os dois gols dos donos da casa, enquanto Pajé e Luquinha marcaram para o Grêmio Prudente, que segue invicto (duas vitórias e três empates) na vice-liderança do grupo, um ponto atrás do Osvaldo Cruz.

Ematn5cxeai Zou
Imagem: Twitter.com/Paulistao

No próximo final de semana teremos os duelo entre líder e vice-líder os Grupo 1 e 2 – o Bandeirante recebe o Andradina, enquanto o Osvaldo Cruz vai a Presidente Prudente enfrentar os locais. Promessa de dois ótimos jogos, além da gratas surpresas que estamos presenciando rodada a rodada.

Resultados de terça-feira (3)
Inter de Bebedouro 1 x 3 Francana
América 1 x 0 Araçatuba
Tanabi 2 x 2 Bandeirante
Mauaense 1 x 1 Ska Brasil

Resultados de quarta-feira (4)
Guarulhos 3 x 1 Brasilis
Grêmio São-Carlense 2 x 0 Matonense
União Barbarense 4 x 1 Independente
Itararé 4 x 2 Elosport
VOCEM 2 x 2 Grêmio Prudente
Jabaquara 2 x 0 Barcelona Capela
Amparo 1 x 3 Itapirense
União Mogi 0 x 0 União Suzano
Manthiqueira 5 x 0 Atlético Mogi
Osvaldo Cruz 1 x 1 Tupã

Comments