Bandeirante leva a melhor em clássico e SKA conquista 1ª vitória: o que vimos da 4ª rodada da Segundona de SP

Imagem: Ricardo Silva/Bandeirante EC
217

A quarta rodada do Campeonato Paulista 2020 – Segunda Divisão nos reservou vários acontecimentos que merecerão ser lembrados quando a competição chegar ao final. A começar pelo número de clássicos e “clássicos” – ao todo, foram cinco jogos que podemos considerar haver alguma rivalidade regional envolvida.

Tivemos ainda a maior goleada da competição até aqui, justamente de um time gerou grande expectativa prévia, mas que, por enquanto, pinta como candidato a decepção. Empolgou?

Leia também:

Vimos também a virada emocionante de um favorito no apagar das luzes, times mantendo a sequência de jogos sem vencer, três duelos locais… Enfim, um prato cheio de ingredientes que a Bezinha nos oferece a cada rodada.

A primeira vitória da história do SKA

Elyn9 Xiau12mt
Imagem: Vitor Ricci/Ska Brasil

O SKA Brasil finalmente desencantou na Bezinha, e da forma mais positiva possível. Tudo bem que o Barcelona Capela tem sido presa fácil para os adversários no Grupo 7, mas os 7 a 0 aplicados pelo SKA ao menos dá alguma moral e tira um pouco do “peso” nos ombros para os garotos de Santana do Parnaíba.

Foi a primeira vitória do antigo Osasco FC na competição, após derrotas nos três primeiros jogos. O resultado de quebra é até agora a maior goleada do campeonato, superando o Grêmio Prudente 7 x 2 Assisense da terceira rodada.

Gol aos 45… Segundos!

O Grupo 3 manteve o equilíbrio de sempre, mas com um gol incomum. A Matonense recebeu a Francana, que chegou a Matão com pressa para marcar – isso porque, após lateral ao melhor estilo “Cucabol”, a equipe da terra dos sapatos inaugurou o marcador com apenas 45 segundos de jogo, graças a Vítor Hugo.

A vantagem deu tranquilidade para a equipe do técnico Paulinho Mclaren se impor no jogar de vencer a partida pelo placar de 4 a 2 e garantir a liderança do grupo. Vítor Hugo (dois), Douglas e Anthony Lucas fizeram os tentos francanos no Dr. Hudson Buck Ferreira. Juliano Marques e Christian anotaram para os mandantes, que seguem sem pontuar.

Elyn9 Ax0aaqbho
Imagem: Paulo César Grange/XV de Jaú

Na mesma chave, a Inter de Bebedouro – que, assim como a Matonense, não havia vencido – foi até Jaú enfrentar o favorito XV. O Lobo saiu na frente, surpreendendo a equipe da casa, que com isso, precisou ir pra cima afim de buscar o resultado.

Mas Júnior Palmares marcou mais um pelo Galo da Comarca nessa Bezinha e igualou o marcador no 22º minuto do segundo tempo. E quando a partida se caminhava para um empate, Fleck fez ótima jogador e Nenê fez um golaço de voleio após cruzamento da direita. Fim de jogo: 2 a 1 para o embalado XV de Jaú.

Na última rodada não tivemos jogos sem gols, desta vez Itapirense e Brasilis se encarregaram de não balançarem as redes no confronto direto pelo Grupo 5.

No Grupo 7, o clássico da cidade de Mauá entre Mauá FC e Mauense também não se destacou pelo placar amplo, mas pelo menos teve um golzinho. Melhor para o Grêmio Mauaense, visitante e “mais velho”, que marcaram o tento solitário da partida, anotado por Vinícius e venceu por 1 a 0.

Atlético Mogi encerra tabu (naquelas)

E ali no Grupo 6, o Atlético Mogi chegou a 33 jogos sem saber o que é vencer na Segundona. O algoz da vez foi o União Suzano, do recém-chegado técnico João Vallim, que venceu no Suzanão a equipe de Mogi das Cruzes por 3 a 2.

No entanto, nem só de má notícias vive o time de Mogi das Cruzes. Ao menos a equipe marcou gols em um jogo após um ano e quatro meses. Tudo bem que um deles foi contra, mas ainda assim, né?

(E para não sermos injustos, os últimos gols do Atlético Mogi vieram em uma derrota por 4 a 2 para o União Mogi em 15 de junho de 2019. Desde então, foram apenas cinco jogos e cinco derrotas, já contando com o 3 a 2 para o USAC.)

Virada em Guarulhos

Oito jogos completaram a rodada na quarta-feira (28). Em Guarulhos, o Flamengo recebeu a AD Guarulhos visando apagar o empate na última rodada (2 a 2 com o Brasilis), mas o que parecia ser uma partida fácil acabou virando drama para o Corvo.

O clube rubro-negro saiu vencendo com dois gols em 20 minutos, graças a Teixeira e Ruan, mas viu o rival marcar quatro, sendo dois deles de Vitinho. Vitória da ADG por 4 a 2.

No Grupo 2, tudo igual

No outro duelo municipal da quarta-feira, o Assisense recebeu o Vocem, mas ninguém quis fazer gols e o placar ficou em branco em Assis.

Empate também no outro duelo do Grupo 2, mas com um gol para cada lado. O visitante Grêmio Prudente até saiu na frente, com Kadu, mas o mandante Tupã igualou o marcador em pênalti convertido por Eduardo. Bom resultado para os tupanenses, que tiveram dois jogadores expulsos.

Tô nervoso, tô passando mal…

Já no clássico da Noroeste, pelo Grupo 1, muita rivalidade em campo entre Bandeirante e Araçatuba – inclusive com confusão entre os jogadores. Mas quem se saiu melhor da parada foram os donos da casa: 2 a 0 para o Bandeirante, que ainda perdeu um pênalti. Tatá fez os dois gols do jogo.

Mas precisamos destacar a torcida bandeirantina. Em Birigui, o bagulho é louco.

Águia do Vale voou

E tivemos mais rivalidade pelos lados do Vale do Paraíba, onde o São José recebeu o Manthiqueira pelo Grupo 6. Melhor para Águia do Vale, que bateu o rival de Guaratinguetá pelo placar mínimo, 1 a 0, em um jogo sem muitas emoções. Dener anotou.

Sob nova direção

Riobranco Segundona 4rodada
Imagem: Alex Ferreira/Rio Branco EC

Pelo Grupo 4, parece que a demissão do técnico Jorge Parraga fez bem ao Rio Branco, que venceu mais uma e se isolou na liderança: 2 a 1 ante o Itararé que até então tinha duas vitórias em dois jogos.

No outro jogo da chave, o Independente recebeu o Elosport e ninguém foi de ninguém: 2 x 2 em Limeira.

Decolagem tardia

Por fim, outro resultado que somente se deu no apagar das luzes. O Andradina recebeu o América e, aos 47 do segundo tempo, marcou o tento salvador que fez o Foguete decolar para a vice-liderança do Grupo 1, ficando atrás apenas do Bandeirante de Birigui. Felipe Félix foi o nome da emoção.

Andradina 4rodada
Imagem: Edy Junior Silva/Andradina EC

O que vem por aí

No próximo final de semana teremos a quinta rodada do Campeonato Paulista – Segunda Divisão, o último do primeiro turno desta fase. Destaque para Inter de Bebedouro x Matonense, que buscam a primeira vitória no Grupo 3, e para a rivalidade entre os tradicionalíssimos União Barbarense e Rio Branco, que se enfrentam pelo Grupo 4.

Resultados da terça-feira (27)
Barcelona Capela 0 x 7 Ska Brasil
União Suzano 3 x 2 Atlético Mogi
Mauá 0 x 1 Mauaense
Itapirense 0 x 0 Brasilis
Matonense 2 x 4 Francana
XV de Jaú 2 x 1 Inter de Bebedouro

Resultados de quarta-feira (28)
Andradina 1 x 0 América-SP
Independente 2 x 2 Elosport
Flamengo-SP 2 x 4 Guarulhos
Assisense 0 x 0 VOCEM
Rio Branco 2 x 1 Itararé
Bandeirante 2 x 0 Araçatuba
Tupã 1 x 1 Grêmio Prudente
São José 1 x 0 Manthiqueira

Comments