Você já ouviu falar no futebol de três lados?

Reprodução/Facebook @think3sided
243

Asger Oluf Jorn, esse é o nome do dinamarquês que teve a ideia bastante inusitada de criar um futebol jogado por três times ao mesmo tempo. Essa modalidade bastante excêntrica foi idealizada lá na década de 60, porém não entrou no gosto popular. Mas nos anos 90, para ser mais exato em 1994, uma galera organizou uma partida em Londres e desde então alguns outros jogos já foram realizados em vários outros cantos do mundo.

E cá entre, nós, sejamos sinceros: Você já achou no mínimo estranho, né? E se eu disser que trata-se de um jogo sem regras e sem juiz? O que Jorn queria era desconstruir esses dois polos que ocorre no futebol tradicional, substituindo por um novo modo, com três lados, especificamente. Basicamente, seria substituir a dialética por uma “trialética” (tem lógica?).

Fundamentalmente, o sentido do futebol continuou, com algumas mudanças. O que podemos destacar de alteração no futebol de três lados é o seguinte:

Publicidade

  • Devem existir três equipes em campo;
  • Vence o time que tomar menos gol;
  • Não existe impedimento;
  • A partida dura 60 minutos.

Curiosamente existindo um intervalo a cada 20 minutos. Assim é feita a troca de lados por meio de rotação, usando sempre o sentido horário (três trocas, no caso).

Para deixar ainda mais interessante (ou maluco), uma das curiosidades do jogo é que dois times podem se juntar para atacar a equipe que está vencendo. Pode isso, Arnaldo?

Esse é o futebol de três lados e — SIM — ele existiu. E quem sabe não existam fãs de seu criador pelo mundo praticando a modalidade?

Ei, calma! Tem umas curiosidades interessantes sobre Jorn: ele era um artista completo! Era pintor, escultor, ceramista, entre outras ocupações. Morreu no ano de 1973, com 59 anos. O que é uma pena, porque não conseguiu ver sua modalidade sendo colocada em prática.

 

Fontes 3sidedfootball
Comentários