Olhos atentos ao Bandeirante na Segundona de SP. Dá para sonhar?

Imagem: MyCujoo/Reprodução
168

Melhor campanha geral na primeira fase da Segunda Divisão do Campeonato Paulista não é garantia de sucesso – vide 2018, ano em que o campeão Primavera liderou o equilibrado Grupo 5 na primeira fase com 27 pontos, empatando com Mauá e Itararé e um ponto à frente do também classificado Elosport. Naquela temporada, todos os líderes de grupos terminaram a primeira fase com mais pontos que o time de Indaiatuba.

Mas é claro que isso é bom sinal para quem quer brigar pelo título. Em 2019, o Paulista fez a melhor campanha entre os líderes da primeira fase (29 pontos, contra 25 do Fernandópolis) e acabou campeão. O Marília, vice-campeão e também promovido, teve a pior campanha entre os líderes dos grupos da primeira fase.

Tudo isso para dizer que a fase de grupos da Segundona 2020 chegou à metade da sua primeira fase, e tanto nessa rodada quanto na competição de uma maneira geral, estamos presenciando algumas gratas surpresas. Contrariando prognósticos menos otimistas, o Bandeirante venceu mais uma, chegou a 100% de aproveitamento e mostrou que pode brigar por uma vaga na Série A-3. Além do Leão, apenas o São José somou 12 pontos em quatro jogos.

Leia também:

Mas a quinta rodada (todos os times folgam duas vezes dentro do grupo na primeira fase) não se resume à força mostrada pelo Bandeirante. O Barcelona finalmente pontuou, assim como a Matonense que venceu a primeira. Em compensação, o Flamengo de Guarulhos – até então um dos favoritos do Grupo 5 e do acesso – vai ficando de fora da próxima fase.

Confira abaixo o que rolou nesta quinta rodada do campeonato mais mítico do futebol paulista. Aliás, tão mítico que nos reserva ótimos nomes de jogadores, conforme a gente já mostrou.

Matonense vence a primeira; Sãocarlense empata no fim

Gds Xvdejau
Imagem: Paulo César Grange/XV de Jaú

A Inter de Bebedouro recebeu a equipe da Matonense em seus domínios esperando fazer bonito, já que jogava pela primeira vez em casa, no estádio Sócrates Stamato – antes, o Lobo havia mandado o jogo contra o Grêmio Sãocarlense, na terceira rodada, em Novo Horizonte. Contudo, os donos da casa não fizeram valer o mando de campo e permitiram a primeira vitória na competição da equipe adversária: 1 a 0 para a equipe de Matão.

No outro confronto do Grupo 3, o XV de Jaú foi até o estádio Luisão, em São Carlos, enfrentar o Grêmio Sãocarlense para tentar assumir a liderança. A equipe jauense até inaugurou o letreiro com Vinicius, mas no último lance do jogo, o feitiço da última rodada se voltou contra o XV: gol de Luiz Henrique aos 51 minutos do segundo tempo e empate amargo para os visitantes.

Barcelona soma os primeiros pontos e Jabaquara perde a invencibilidade

Pelo Grupo 7, o líder Jabaquara recebeu o Mauá FC em Santos e acabou perdendo pela primeira vez na competição. Deivinho foi único a balançar as redes do estádio Espanha na tarde de sábado e deu a vitória para o clube que havia perdido o clássico local na última rodada.

Em contrapartida, o Mauense, que havia vencido o Derby de Mauá na última terça-feira (27) e poderia encostar no líder Jabaquara acabou, por ceder um empate improvável para o Barcelona Capela, que havia levado 7 a 0 do Ska Brasil na rodada passada. Placar de 2 a 2 e em Mauá em um péssimo resultado para os locais.

Bandeirante mantém os 100%

O América do ídolo alternativo Cão Fuliento até saiu na frente do Bandeirante, graças ao gol de Otacildo aos 3 minutos do primeiro tempo, em São José do Rio Preto. Mas a fase do Leão da Noroeste está implacável.

De virada e com ótima atuação, a equipe de Birigui manteve não só a liderança do grupo, mas também os 100% de aproveitamento. Placar final no Teixeirão: 3 a 1, graças aos gols de João Victor, Yuri e Flávio.

Já em Tanabi, também pelo Grupo 1, os locais receberam o Andradina, que vinha de duas vitórias e vice-liderança do grupo. Jefferson Vottri abriu o letreiro para o Tanabi, mas o mito Vagalume (que por pouco não entregou a nossa seleção de nomes) empatou a partida aos 53 minutos da etapa final.

Outra vez o Andradina marcando gol no apagar das luzes – sem trocadilhos – em um jogo no qual a arbitragem teve trabalho.

Derby termina sem gols em Santa Bárbara D’Oeste

Elw6vb W0agoi7t
Imagem: Alex Ferreira/Rio Branco

Um dos jogos mais esperados da rodada era União Barbarense x Rio Branco, duelo entre dois rivais históricos. Mas nenhuma das equipes quis estragar o feriado prolongado do rival: empate sem gols em Santa Bárbara D’Oeste e o primeiro ponto para a equipe da casa. O Rio Branco manteve a liderança do Grupo 4.

A primeira posição do Tigre foi assegurada graças à vitória fora de casa da equipe do Independente, que superou o Itararé por 3 a 2 e assumiu a vice-liderança da chave.

Goleada e novo líder no Grupo 2

Elsszq Wkaiqskf
Imagem: Guto Carvalho/OCFC

O Osvaldo Cruz ultrapassou o Grêmio Prudente (que folgou) e assumiu a ponta do Grupo 2 ao vencer o Assisense por 2 a 0. A equipe de Assis segue sem vencer no campeonato e na lanterna do grupo.

A outra equipe de Assis foi para o crime e mandou logo seis gols na lata do Tupã do menino Zidane. O Vocem, assim como seu rival municipal, não havia vencido na competição até então; agora, com cinco pontos em quatro partidas, já sonha com uma possível vaga na próxima fase.

Elw6vc Xuaih5sh
Imagem: Ivan Melo/Vocem

Amparo segue invicto e Guarulhos ultrapassa rival

O clássico vencido pelo Guarulhos na última rodada contra o rival Flamengo pode ter sido um divisor de águas na disputa da vaga dentro do Grupo 5. Isso porque o time rubro-negro perdeu novamente, fora de casa, contra o Amparo, pelo placar mínimo. Laurinho, aos 48 min do segundo tempo, marcou.

Enquanto isso, a AD Guarulhos venceu no Ninho do Corvo a equipe da Itapirense, também com um gol solitário, marcado por Gabriel Antônio no fim do cotejo. Mesmo com a vitória, sobrou confusão no final da partida entre o goleiro do AAC e o árbitro da partida.

Na próxima rodada, o Flamengo folga enquanto a AD Guarulhos joga novamente em casa – dessa vez contra o Brasilis, que ainda não perdeu na Bezinha. Enquanto isso, a Itapirense, que ainda não venceu, recebe o Amparo.

São José mantém os 100% e melhor campanha geral

Em Guaratinguetá, o Manthiqueira voltou a vencer. A vítima da vez foi o União Suzano, do técnico João Vallim: 2 a 1, gols de Miqueias e Elorhan para os donos da casa, enquanto Deivide descontou para o USAC.

Já o São José segue sobrando na Segundona: quatro vitórias em quatro jogos, 11 gols marcados e apenas um sofrido. A vítima da vez foi o União Mogi, que endureceu a parada no início da peleja, mas depois do intervalo viu um rival inspirado fazer quatro gols e garantir mais três pontos, a liderança do grupo e geral da competição. Fim de jogo: 4 a 0, com três gols de Lucas Lima.

O que vem por aí

Na próxima rodada teremos o returno da primeira fase do Campeonato Paulista – Segunda Divisão e a expectativa é que além da boa média de gols (2,57 por jogo) que as surpresas continuem aparecendo para deleito dos fãs alternativos.

Resultados dos jogos de sábado (31)
Osvaldo Cruz 2 x 0 Assisense
Inter de Bebedouro 0 x 1 Matonense
Amparo 1 x 0 Flamengo
Manthiqueira 2 x 1 União Suzano AC
Mauaense 2 x 2 Barcelona

Resultados dos jogos de domingo (1º)
Vocem 6 x 1 Tupã
São Carlense 1 x 1 XV de Jaú
União Barbaense 0 x 0 Rio Branco
Itararé 2 x 3 Independente
Guarulhos 1 x 0 Itapirense
União Mogi 0 x 4 São José
Jabaquara 0 x 1 Mauá

Comments