Quer concorrer a uma camisa do Barcelona com um autógrafo misterioso?

Imagem: Divulgação
76

O Burger King, em parceria com a Pepsi, anunciou nesta segunda-feira (10) uma promoção que deixou a gente com a pulga atrás da orelha.

As duas empresas irão sortear no dia 7 de junho uma camisa do Barcelona, “autografada por um craque argentino e ídolo do futebol mundial”. É a campanha Toma essa Champs.

A iniciativa é voltada para os assinantes do Clube BK, o programa de fidelidade da rede de fast food. Para participar, a pessoa interessada deve se inscrever no site oficial da campanha e se cadastrar.

Publicidade

Depois, é só baixar o app do Burger King (disponível para iOS e Android), aderir ao programa de fidelidade e acumular 65 pontos em compras de produtos Pepsi.

Leia também:

“Nossa parceria com Pepsi é de longa data e acreditamos que nada melhor e mais estratégico do que nos unirmos para essa campanha, voltada especialmente para os usuários do Clube BK. Essa é a primeira experiência exclusiva que vamos oferecer aos participantes do nosso programa de fidelidade, mas podemos dizer que é só o começo”, disse Ariel Grunkraut, vice-presidente de Marketing, Vendas & Tecnologia do Burger King no Brasil.

“Seguindo o nosso posicionamento, estamos em linha com o assunto do momento, criando interações genuínas com os nossos consumidores e proporcionando uma oportunidade única, que é ganhar uma camisa autografada pelo ídolo”, acrescentou.

A essa altura, você já deve ter reparado que a promoção não cita quem é o ídolo argentino que autografará a camisa – que, segundo o site da ação, é o “maior craque argentino da atualidade”.

A gente pensou em um nome (provavelmente o mesmo que você pensou), mas vamos deixar aqui uma lista de candidatos, pensando apenas em argentinos que jogaram no Barça nos últimos 30 anos:

  • Gabriel Milito
  • Javier Mascherano
  • Javier Saviola
  • Juan Pablo Sorín
  • Juan Román Riquelme
  • Lionel Messi
  • Mauricio Pellegrino
  • Maxi López
  • Roberto Bonano
  • Santiago Ramos

A campanha vai até dia 29 de maio, dia da final da Liga dos Campeões da Europa. E a gente não entendeu o mistério a respeito do nome do ídolo (talvez alguma questão de direitos), mas aceita tranquilamente caso o Bonano queira autografar uma camisa para a gente.

(Poderia ser pior, né?)

Comentários