Homenagem às figuras do futebol que morreram em 2019

Montagem
0 384

O ano de 2019 não foi só de festa e histórias bonitas no futebol. Tivemos também que nos despedir de figuras ilustres do esporte. Entre jogadores, dirigentes e jornalistas, todos ficaram marcados de alguma forma no mundo do futebol, alguns por conta da elegância em campo, como Gordon Banks e Coutinho, e outros pelo estilo controverso, como Eurico Miranda. E ainda há aqueles que nem tiveram a chance de despontar, como os meninos do Ninho do Urubu ou o jovem Dyogo Coutinho, morto em uma operação da polícia do Rio de Janeiro. De qualquer maneira, segue a homenagem do Última Divisão aos nomes cujas ausências marcaram o ano de 2019:


18/01/2019 – Décio Crespo, 82 anos, sofria de Alzheimer

Ex-zagueiro das décadas de 1950 e 1960, ídolo do Flamengo e do Millonarios (Colômbia). Teve também passagem pelo River Plate.

 

21/01/2019 – Emiliano Sala, 28 anos, acidente aéreo

Atacante argentino. Foi ídolo do Nantes e morreu quando viajava para assinar com o Cardiff City na contratação mais cara da história do time galês.

06/02/2019 – Jairo, 72 anos, lutava contra câncer nos rins

Ex-goleiro histórico de Corinthians, Fluminense Coritiba. Conhecido como o “Pantera Negra”.

 

08/02/2019 – Garotos do Ninho do Urubu, idades entre 14 e 17 anos, incêndio

Dez garotos das categorias de base do Flamengo, vítimas de incêndio no centro de treinamento do clube: Arthur, Athila, Bernardo, Christian, Gedson, Jorge, Pablo, Rykelmo, Samuel e Vitor.

 

12/02/2019 – Gordon Banks, 81 anos, lutava contra câncer nos rins

Goleiro da seleção inglesa na Copa de 1970. Fez a “defesa do século” em cabeçada de Pelé.

12/02/2019 – Caio, 63 anos, problemas decorrentes de uma trombose

Ex-atacante, campeão da Libertadores e Mundial com o Grêmio em 1983.

 

17/02/2019 – Carlos ‘Kukín’ Flores, 44 anos, parada cardíaca

Ex-meia do Sport Boys, Athletico-PR e seleção peruana. Símbolo da antiga comunidade ‘Futebol Alternativo’ no Orkut. Falamos sobre sua carreira aqui no site e no YouTube.

 

25/02/2019 – Waldo, 84 anos, sofria de Alzheimer

Maior artilheiro da história do Fluminense, com 319 gols, e o segundo maior da história do Valencia. Morreu em uma clínica na Espanha.

 

25/02/2019 – Roberto Avallone, 72 anos, parada cardíaca

Um dos mais consagrados jornalistas esportivos do país, com mais de 50 anos de profissão. Criador de bordões marcantes e do estilo próprio de falar pontuando as frases. Que saudades (exclamação).

27/02/2019 – Sadi Schwerdt, 72 anos, parada cardíaca

Capitão do Internacional nos anos 1960, com passagem pela seleção brasileira. Foi também radialista e vereador.

 

11/03/2019 – Coutinho, 75 anos, infarto no miocárdio

Terceiro maior artilheiro da história do Santos – com 368 gols -, parte do lendário ataque Mengálvio, Coutinho, Pelé e Pepe. Campeão da Copa de 1962 com a seleção brasileira.

 

12/03/2019 – Eurico Miranda, 74 anos, lutava contra câncer no cérebro

Dirigente histórico do Vasco. Participou da vida política do clube por quase cinco décadas e ocupou a presidência em dois mandatos.

 

26/03/1973 – Rafael Henzel, 45 anos, parada cardíaca durante futebol com amigos

Locutor da Rádio Oeste Capital, de Chapecó. Foi o único jornalista sobrevivente do acidente aéreo do time da Chapecoense em 2016. Após o desastre, escreveu o livro Viva Como se Estivesse de Partida.

20/04/2019 – Valdiram, 36 anos, assassinado por espancamento

Ex-atacante, artilheiro da Copa do Brasil de 2006 com a camisa do Vasco. Problemas com drogas e álcool o levaram a viver na rua até o fim da vida.

 

22/04/2019 – Julio César Toresani, 51 anos, causa desconhecida

Ex-meia de River, Boca e Independiente – além de passar pela dupla de rivais Colón e Union Santa Fé -, Toresani teve pouco sucesso como treinador e sofreu de depressão no fim da vida. A possível morte por suicídio comoveu e Argentina.

 

25/04/2019 – Dirceu Krüger, 74 anos, complicações após cirurgia intestinal

O “Flecha Loira”, considerado por muitos o maior jogador da história do Coritiba e com busto no Couto Pereira. Também foi técnico e assistente no título brasileiro do Coxa em 1985.

29/04/2019 – Josef Šural, 28 anos, acidente de ônibus

Defensor com passagens pela seleção tcheca, morreu em acidente do ônibus que levava o elenco do Alanyaspor, time da primeira divisão turca.

 

29/04/2019 – Rodrigues Neto, 69 anos, complicações causadas por diabetes

Um dos jogadores que mais defendeu o Flamengo. Teve convocações para a lateral esquerda da seleção brasileira na década de 1970.

 

18/05/2019 – Ney da Mata, 52 anos, pancreatite

Treinador com três décadas de carreira e passagens por diversos times. Foi um dos técnicos do Ipatinga nos tempos áureos do clube e venceu a Série C com o Boa Esporte.

 

19/05/2019 – Victor Hugo Hurtado, 32 anos, mal súbito

Juiz boliviano. Morreu em campo, apitando o jogo Always Ready e Oriente Petrolero, válido pela primeira divisão do país.

 

01/06/2019 – José Antonio Reyes, 35 anos, acidente automobilístico

Meia com passagem por Sevilla, Arsenal, Atlético de Madrid, Real Madrid e seleção espanhola. Jogava pelo Extremadura quando morreu em um acidente de automóvel.

02/06/2019 – Luisinho Lemos, 66 anos, parada cardíaca

Maior artilheiro da história do América-RJ, com 311 gols. Morreu como treinador da equipe, após sofrer infarto durante um jogo da segunda divisão do Carioca. Irmão dos também atacantes Caio Cambalhota e César Maluco.

 

04/06/2019 – Lennart Johansson, 89 anos, doença não divulgada

Dirigente sueco, presidente da Uefa de 1990 a 2007 e vice da Fifa. Em 1992, mudou o formato da antiga Copa Europeia para transformá-la na Champions League.

 

22/06/2019 – Thalles, 24 anos, acidente de trânsito

Atacante do Vasco, emprestado para a Ponte Preta quando morreu.

 

02/07/2019 – Marlene Matheus, 82 anos, estava internada por anemia

Esposa do histórico dirigente Vicente Matheus. Foi a única mulher até e hoje a presidir o Corinthians, entre 1991 e 1993.

 

02/07/2019 – Florijana Ismaili, 24 anos, afogamento

Jogadora da seleção suíça feminina. Ficou desaparecida por três dias após passeio de barco em um lago.

05/07/2019 – Mendonça, 63 anos, complicações no fígado e nos rins

Um dos maiores ídolos da história do Botafogo. Meia que atuou pelo clube nos anos 1970 e 1980. Também teve passagens por clubes como Palmeiras, Santos e Grêmio.

 

23/07/2019 – Juarez Soares, 78 anos, lutava contra um câncer de bexiga e intestino

Jornalista esportivo com quase 60 anos de atuação. Integrou o clássico programa Show do Esporte com Luciano do Valle, entre muitos outros. Apelidado carinhosamente de “China”.

 

05/08/2019 – Antônio Calçada, 96 anos, infecção abdominal

Nascido em Portugal, um dos mais conhecidos dirigentes da história do Vasco. Foi presidente do clube nos anos 1980 e 1990, com Eurico Miranda como vice.

 

09/08/2019 – Altair, 81 anos, falência múltipla de órgãos

Ex-lateral esquerdo. Campeão da Copa de 1962 com o Brasil e quarto jogador que mais vestiu a camisa do Fluminense.

12/08/2019 – Dyogo Coutinho, 16 anos, baleado em operação policial

Jovem de 16 anos, atleta da base do América-RJ, foi morto em operação policial na comunidade do Grota, em Niterói. Tinha uma mochila nas costas e foi confundido com um traficante.

 

12/08/2019 – José Luis Brown, 62 anos, sofria de Alzheimer

Ex-zagueiro e treinador argentino. Autor do primeiro gol da seleção de Maradona na final da Copa do Mundo de 1986.

 

28/08/2019 – Nicolás Leoz, 90 anos, parada cardíaca

Presidente da Conmebol de 1986 a 2013.

 

04/09/2019 – Andrada, 80 anos, causa não divulgada

Ex-goleiro, ídolo de Rosario Central e Vasco nos anos 1960 e 1970. Sofreu o milésimo gol de Pelé, de pênalti, em 1969.

09/09/2019 – Jairzinho Pieter, 31 anos, parada cardíaca

Goleiro da seleção de Curaçao. Morreu em um hotel no Haiti às vésperas de jogo pela Liga das Nações da Concacaf.

 

23/11/2019 – Kitty Balieiro, 62 anos, parada cardíaca

Uma das pioneiras na inclusão da mulher no jornalismo esportivo. Trabalhou em emissoras como Globo e ESPN.

 

28/11/2019 – Cilinho, 80 anos, complicações após AVC

Treinador histórico, lembrado pelo futebol ofensivo. Seu trabalho mais lembrado foi o que lançou os Menudos do Morumbi na conquista do Paulista de 1985 pelo São Paulo.

 

22/12/2019 – Edison Realpe, 23 anos,  acidente de trânsito

Jovem lateral foi um dos destaques da LDU na conquista do campeonato equatoriano de 2018.