Você – sim, você – pode ajudar o Desportivo Aliança a disputar o Campeonato Alagoano

317

O Campeonato Alagoano de 2021 começa em 20 de fevereiro, com quatro jogos. Entre eles, a visita do Desportivo Aliança, estreante na primeira divisão de Alagoas, ao CEO.

Mas para entrar em campo, o Aliança precisa arcar com algumas despesas. E é aí que reside um entrave.

Publicidade

Whatsapp Image 2021 01 24 At 18.35.35
Desportivo Aliança mandará seus jogos em 2021 no Estádio Universitário, da UFAL (Imagem: Luciano Lessa/Cedida)

Para a disputa do Alagoano, o clube – que mandará seus jogos no Estádio Universitário, da UFAL (Universidade Federal de Alagoas) – precisará arcar com testes de covid-19 antes de cada partida. Não é barato. Então, o clube resolveu pedir uma ajuda a todo mundo que puder, tentando levantar R$ 15 mil com um crowdfunding.

“Sem contar com muito apoio financeiro, necessitamos de ajuda para suprir algumas necessidades. Em momentos de pandemia, teremos um grande custo com o protocolo de testagens dos atletas antes das partidas, essa Vakinha servirá para nos ajudar a cobrir os custos desses testes”, anuncia o clube na página da campanha.

“Caso esses testes venham a ser disponibilizados ao clube, o valor arrecadado será empregado em alguma das muitas necessidades do clube como material e alimentação.”

O Última Divisão conversou rapidamente com Luciano Lessa, presidente do Desportivo Aliança. Segundo o dirigente, o valor que o clube busca “não cobriria o valor inteiro” para os testes, mas “o clube trabalha com outras possibilidades, como por exemplo conseguir um laboratório que faça uma permuta ou desconto por publicidade”.

Por isso, para o Aliança, toda ajuda é bem-vinda. “Desde a sua reformulação em 2012, quando começou a disputar competições profissionais e foi rebatizado como Desportivo Aliança, o clube vive de doações da sua diretoria. Para essa temporada conseguimos patrocinadores que nos deram um suporte para disputar a Copa Alagoas e o Campeonato Alagoano”, contou Lessa.

A ideia da vaquinha, segundo ele, surgiu de uma conversa com colegas de trabalho sobre as dificuldades que a equipe teria em 2021. Assim, rapidamente veio a ideia de começar a campanha de arrecação.

“A partir dessa ideia, estamos pensando em outras campanhas para angariar apoio, e aí sim entraríamos com algumas contrapartidas como brindes e camisas”, disse Lessa, que garante: o time entrará em campo em 2021, independente de questões financeiras.

“Em nenhuma hipótese o Aliança ficará fora das competições dessa temporada. Lutamos muito para conseguir esse direito, iniciamos o nosso preparo desde o dia 4 de janeiro e já estamos com praticamente todo o nosso elenco regularizado. Tudo está encaminhado, mas os apoios que necessitamos serão para nos permitir uma melhor estrutura e possibilitar aos nossos jovens atletas condições de competir contra as equipes com melhor estrutura financeira.”

Comentários