O ano de Fran Mérida no futebol brasileiro (segundo seu Instagram)

0 157

Publicidade

Dezembro de 2012. Naquele mês, alguns sites e jornais espanhóis noticiaram a possibilidade de um jogador espanhol atuar no futebol brasileiro. O nome especulado era de Fran Mérida, meia apontado como o novo Césc Fábregas pela mídia europeia, naquela época defendendo o modesto Hércules-ESP. O fato, porém, só se consumou meses depois, quando o jovem de 23 anos desembarcou no país para defender o Clube Atlético Paranaense.

Um ano, um vice da Copa do Brasil e um terceiro lugar do Campeonato Brasileiro depois, Fran Mérida saiu de férias e viajou para rever a família, os amigos e a namorada na Espanha. Seu retorno era uma incógnita, principalmente porque antes de viajar ele havia postado uma foto em seu Instagram com a legenda: “Oficialmente de férias. Foi um prazer”. No entanto, para a felicidade dos fãs que cultivou em Curitiba, Mérida renovou contrato e se reapresentou ao Atlético-PR nesta quarta, 8, para mais uma temporada.

Falando em Instagram, escolhemos a rede social mais usada por Fran Mérida para contar como foi seu primeiro ano no Brasil. Ao todo, o gringo atuou em 10 partidas, sendo seis pelo Campeonato Brasileiro e quatro pela Copa do Brasil. Marcou apenas um gol, na vitória por 4-2 contra o Flamengo, no Maracanã, pelo Campeonato Brasileiro. Não conseguiu atuar por 90 minutos seguidos em nenhuma partida e começou apenas três delas como titular.

É fato que alguns fatores atrapalharam o jogador em sua passagem pelo Brasil. Primeiro, Fran Mérida demorou a ter chances na equipe, já que o registro na CBF levou tempo para sair e ele não pode ser inscrito no Campeonato Paranaense. Com isso, ficou quase três meses sem participar de um jogo oficial, de janeiro a abril, o que prejudicou seu preparo físico e não lhe permitiu ganhar ritmo de jogo – como praticamente toda a equipe titular do Atlético.

Mérida também sofreu com a troca de treinadores da equipe, ainda que Vágner Mancini tenha dado mais chances a ele do que Ricardo Drubscky. Fora isso, a chegada de Mancini recolocou Paulo Baier, ídolo de grande parte da torcida, novamente entre os titulares, deixando pouco espaço para Mérida mostrar algum valor. Para piorar tudo, o gringo sofreu uma lesão no tornozelo quando vinha ganhando oportunidades na equipe. Resultado: atuou pouco, foi pouco eficiente e virou dúvida para 2014.

Mesmo assim, a primeira parte da passagem do espanhol pelo futebol brasileiro foi bastante marcante para ele. Pelo menos é o que foi registrado via celular e publicado no Instagram, nossa fonte máxima para a retrospectiva abaixo:

Em 2013, Fran Mérida…

…fez novos amigos.

 …conheceu o Brasil todo.

…sentiu na pele a variação climática de Curitiba.

…deu atenção a crianças, mulheres e animais.

…virou estrela de campanhas de marketing.

…jogou futebol (mais em games e treinos do que em partidas).

…marcou um gol no Maracanã!

…se machucou, brincou, sentiu saudades. Emoções, viveu.

Você pode gostar também
Comentários
Carregando...