A disputa pela artilharia da Série B vai ser quente

433

A falta de centroavantes virou um problema no futebol brasileiro em todas divisões. Mas a Série B de 2021 está com qualidade acima da média nessa posição. Não são craques, longe disso, mas são jogadores que poderiam estar na Série A e portanto devem fazer uma briga quente pela artilharia da segunda divisão.

Por enquanto, entre os atacantes da Série B, o artilheiro é o Ciel. Mas com um asterisco: ele só chegou ao Sampaio Corrêa recentemente e nem estreou. Então todos gols marcados foram por outros times, Caucaia e Salgueiro.

Em time da Série B, quem realmente se destacou foi Dellatorre, do CSA, que fez uma boa Copa do Nordeste. Mas tem outros bons nomes que já chamaram atenção. A lista dos principais está no final desta coluna.

Publicidade

Tem também jogadores que não se destacaram ainda, mas devem brigar pela artilharia. São atletas que fizeram poucos jogos na temporada ou tiveram um começo ruim, mas devem crescer de produção.

Além disso, é importante ressaltar que faltam mais de 20 dias pra Série B. Muita coisa pode mudar. Atacantes de destaque podem sair. Boas contratações podem ser feitas. Tem times importantes, como o Botafogo, procurando centroavante no mercado. As fases vão mudar. Mas por enquanto o cenário é animador.

 

Prováveis artilheiros

Ciel lidera a lista de artilheiros por enquanto, mas tem 39 anos e se destacou em clubes menores. Então ainda causa um pouco de desconfiança. Mas a chegada do técnico português Daniel Neri, que o comandou no Salgueiro, facilita muito. Ele vai saber como aproveitar o veterano.

Dellatorre fez um ótimo começo pelo CSA e também pinta como provável artilheiro. Ele surgiu de forma promissora e inclusive foi artilheiro da Copinha. Mas alternou boas e más fases depois disso.

Abaixo deles, destaco quatro atacantes que já tiveram bons momentos na temporada: Kieza (Náutico), Lucão do Break (CRB), Junior Pirambu (Brusque) e Pedro Jr. (Vila Nova). Todos já conhecem bem os clubes em que atuam e são referências.

Mas acima de todos estes, vejo 2 jogadores como prováveis artilheiros: Germán Cano (Vasco) e Léo Gamalho (Coritiba).

O vascaíno fez 14 gols na Série A, mesmo com o time jogando muito mal. Agora, com uma equipe bem reforçada e com adversários piores, deve render ainda mais. Ele ainda não aparece com destaque na tabela de artilheiros da temporada porque só fez 7 jogos.

É o mesmo caso de Léo Gamalho, que só fez 5 partidas. Mas tem a média de um gol por jogo, 5 gols em 5 jogos. Além disso, foi artilheiro da Série B em 2020, pelo CRB, antes de sair pro Al Khor, então sabe se destacar na competição e deve liderar o Coxa.

 

Antecipando surpresas

Antes da Série B de 2020 começar, poucos apostariam que Caio Dantas, ex-Sampaio Corrêa, seria o artilheiro. Então não podemos descartar que alguma surpresa vai entrar nessa briga.

Thiago Alagoano, craque do Brusque, não é centroavante, por isso não coloco entre os favoritos. Mas é um meia-atacante goleador, que foi artilheiro da Série C de 2020 e pode se destacar demais na Série B.

Outra possível surpresa pode vir de jogadores que ainda não se destacaram muito em 2021, mas possuem qualidades e devem ter mais oportunidades nos seus clubes, como Paulo Sérgio (Ponte Preta), Pottker (Cruzeiro) e Junior Viçosa (Brasil). O recém-contratado Salatiel, do Londrina, ainda não estreou, mas foi bem na Série C de 2020 e pode embalar.

Jovens também podem surpreender. A Série B de 2021 deve ter um bom desfile de promessas. Entre os atacantes, vale ficar de olho em Samuel (Vitória), Gabriel Pec (Vasco), João Veras (Ponte), Matheus Davó (Guarani) e Matheus Nascimento e Rafael Navarro (Botafogo), por exemplo.

 

Improváveis

Na lista de goleadores de 2021, aparecem dois meias jovens, Dioguinho (Remo) e Bruninho (Confiança). Pela posição, é difícil acreditar que consigam brigar pela artilharia. Mas vale ficar de olho.

Também não apostaria em Moisés (Ponte Preta) e Renan Gorne (Remo). Mas é porque os times deles ainda deixam algumas dúvidas. Se Ponte e Remo conseguirem ir bem, eles serão protagonistas.

E vale citar ainda veteranos que não estão muito bem, como Rafael Sóbis, Marcelo Moreno (Cruzeiro), Júnior Dutra (Avaí), Henan (Vila Nova) e Ricardo Bueno (Operário), porque a experiência sempre pode pesar em uma Série B tão complicada.

 

Como está a artilharia da temporada

Entre os jogadores de times da Série B, veja a lista de quem já tem pelo menos 5 gols na temporada 2021.

Ciel (Sampaio): 12 gols (13 jogos)
Dellatorre (CSA): 11 (15)
Bruninho (Confiança): 9 (15)
Kieza (Náutico): 7 (8)
Thiago Alagoano (Brusque): 7 (14)
Lucão do Break (CRB): 7 (16)
Dioguinho (Remo): 6 (10)
Junior Pirambu (Brusque): 6 (11)
Gabriel Pec (Vasco): 6 (12)
Bruno Mota (CSA): 6 (13)
Jefinho (Sampaio): 6 (16)
Samuel (Vitória): 6 (18)
Léo Gamalho (Coritiba): 5 (5)
Erick (Náutico): 5 (6)
Germán Cano: 5 (7)
Vinícius (Náutico): 5 (8)
Pedro Jr. (Vila Nova): 5 (12)
Lucas Barcelos (Confiança): 5 (15)

Atualizado no dia 1 de maio, às 18h42.

Comentários