Wolverhampton: o primeiro campeão mundial (?)

0 413

Publicidade

Quando foi o primeiro campeonato mundial de clubes de futebol? Há quem diga que foi em 2005, no primeiro torneio no formato atual organizado pela Fifa. Há também quem diga 2000, no primeiro torneio organizado de fato pela entidade máxima do futebol. Pode ter sido também em 1960, no primeiro Mundial Interclubes, a Copa Intercontinental. Ou em 1951, na Copa Rio vencida pelo Palmeiras, que espera o reconhecimento até hoje.

Pode ser tudo isso, mas pode até mesmo ter sido em outra época, há muitas décadas. Entre tantas datas, um time já foi “declarado” campeão do mundo: o Wolverhampton, que hoje passa muito longe de brigar pela hegemonia na Inglaterra, na Europa, e – principalmente – no mundo.

A história começou a ser escrita em 1948, quando Stan Cullis assumiu o cargo de técnico da equipe. Em 1949, os Wolves conquistaram a Copa da Inglaterra, batendo o Leicester City por 3 a 1 na decisão – até então, a maior conquista da equipe (ao lado). Na temporada 1949/1950, o time ficou com o segundo lugar no Campeonato Inglês, perdendo o título para o Portsmouth nos critérios de desempate.

Os resultados sob o comando de Cullis colocaram o Wolverhampton, então uma força secundária, entre os principais times da Inglaterra. Foi o 14° na temporada 50/51, 16° na temporada 51/52, terceiro na temporada 52/53… E campeão na temporada 53/54. De quebra, outros dois títulos do Campeonato Inglês na década (temporadas 57/58 e 58/59), mantiveram a equipe de Stan Cullis entre os grandes clubes da Europa na década.

Com um time fisicamente forte, além de disciplina e correria em campo, o Wolverhampton passou a atrair atenções de rivais de diversos países – e a faturar com isso. Desta forma, ao longo da década de 50, construiu o sistema de iluminação do Estádio Molineux, graças a rentáveis partidas contra equipes como Real Madrid, Borussia Dortmund, Valencia, Racing-ARG e Spartak Moscou. São desta época, por sinal, alguns dos primeiros jogos de futebol transmitidos pela televisão.

Imagens da época (não são de jogos, mas…)

Nesta época, mais exatamente no segundo semestre de 1954, o Wolverhampton recebeu o FC Honved, da Hungria, que contava com boa parte da seleção húngara vice-campeã mundial naquele mesmo ano – Ferenc Puskas e Sandor Kocsis entre eles. Foi aí que veio o maior resultado do time de Stan Cullis nestes amistosos: vitória por 3 a 2.

Parece pouco? Não foi. A comoção com o Wolverhampton foi tamanha que levou o francês Gabriel Hanot, então editor do jornal esportivo francês L’Équipe a intensificar sua campanha por uma competição verdadeiramente continental entre os clubes europeus. A meta era apontar um verdadeiro campeão europeu, substituindo a então fraca Copa Mitropa – concentrada na Europa Central.

“Antes que declaremos que o Wolverhampton Wandererers é realmente invencível, deixe-os ir a Moscou e Budapeste. E há outros times internacionalmente renomados: Milan e Real Madrid, para citarmos apenas dois. Um campeonato mundial, ou pelo menos um campeonato europeu – maior, mais significativo e mais prestigioso que a Copa Mitropa, mais original que um torneio para seleções – deveria ser lançado”, declarou Hanot na época.

Não por acaso, a Uefa criou a Copa dos Campeões da Europa em 1955, disputada pela primeira vez na temporada 1955/1956. O Wolverhampton – que não foi declarado campeão mundial – entrou no torneio como campeão apenas na temporada 1959/1960, caindo nas quartas de final diante do Barcelona.

Entre 1959 e 1960, importantes nomes do time acabaram deixando os gramados: Billy Wright, Bert Williams e Jimmy Mullen. Mesmo com o título da Copa da Inglaterra da temporada 59/60, o time passou a sofrer um declínio irrefreável, que terminou com a demissão de Stan Cullis em 1964. Resultado: o clube acabou rebaixado na temporada 64/65. Sucesso, o time só voltou a ter em 1967 quando conquistou o acesso de volta e foi campeão – pasme – da United Soccer Association, nos Estados Unidos, jogando como Los Angeles Wolves (lembra da história, contada aqui?)

 

Você pode gostar também
Comentários
Carregando...