‘Voltando às atividades normalmente, a gente vai contra a vida’

(Imagem; Chapecoense/Site oficial)
0 108

Neto foi um dos sobreviventes da tragédia da Chapecoense em novembro de 2016. Aposentado dos gramados no final de 2019, o ex-zagueiro é hoje superintentender de futebol do clube catarinense – que, desde 17 de março, tem suas atividades paralisadas em decorrência do coronavírs.

De lá para cá, a Chape tem tomado todos os cuidados recomendados por autoridades de saúde. E, embora a volta à normalidade possa demorar, Neto apoia as medidas sanitárias.

Leia também:

“O futebol é um esporte. E quando se fala de esporte, se fala de vida, de saúde. E, voltando às atividades normalmente, a gente vai contra a vida, contra a saúde, contra o esporte”, disse Neto, segundo o site do clube.

“A gente espera que tudo isso passe da melhor maneira, com a maior segurança, para que os atletas possam voltar a desfrutar dentro de campo aquilo que eles fazem com amor e para que os torcedores possam voltar a desfrutar do seu clube, da ida à Arena Condá, da ida aos treinos… Porque dá saudade pra todo mundo”, acrescentou.

Ao site da Chapecoense, Neto ainda falou sobre os trabalhos no departamento de futebol, o Campeonato Catarinense, a Série B do Brasileirão e a transição da carreira de jogador para a de dirigente. Vale conferir!

Mas o recado segue firme: se puder, fique em casa!