Você lembra da Supercopa do Brasil?

Crédito: blog 11 em campo
0 469
Baita de um título, diga-se de passagem
Baita de um título, diga-se de passagem

É comum na Europa: ao começar ou terminar um temporada, dois campeões nacionais se enfrentam valendo um novo título. No Brasil, porém, isso não existe. Pelo menos por enquanto: a reestruturação da Copa do Brasil (que já aconteceu) e o planejamento de um novo calendário (que está prestes a acontecer) poderia criar o cenário ideal para que seja elaborada uma Supercopa do Brasil.

A ideia não é exatamente original. Na verdade a Supercopa do Brasil já foi organizada em outras oportunidades. Pode ter acontecido uma, duas ou três vezes. Pode parecer estranho isto, mas há uma explicação…

A única Supercopa do Brasil reconhecida de fato aconteceu entre Corinthians e Flamengo, em 1991. Os clubes mais populares do Brasil tinham grandes times naquela época. Os paulistas eram comandados por Nelsinho Baptista, vinham do título brasileiro de 90 e tinham Neto no auge. Já o Flamengo de Vanderlei Luxemburgo contava com Junior, Zinho e Marcelinho – sim, o Carioca, que depois seria ídolo corintiano.

No final o jogo foi decidido de forma óbvia: o Corinthians contou com gol de Neto para ser supercampeão brasileiro. O goleiro Zé Carlos e o lateral Ailton falharam no lance e deixaram o meia pronto para resolver mais uma partida.

Grêmio sequer recebeu uma taça, o que gera mais questionamentos sobre a validade do título
Grêmio sequer recebeu uma taça, o que gera mais questionamentos sobre a validade do título

As outras supostas edições Supercopas do Brasil são cercadas de dúvidas: em 1990, Vasco (campeão brasileiro de 1989) e Grêmio (campeão da Copa do Brasil de 1989) realmente se enfrentaram. Mas o jogo foi válido pela Copa Libertadores. O tricolor gaúcho alega, porém, que a partida também valia o título de supercampeão brasileiro, pois a CBF não tinha encontrado uma data para o jogo acontecer separadamente.

Por fim, a suposta terceira edição da Supercopa do Brasil, em 1992, é ainda mais estranha: como os campeonatos nacionais aconteceram no primeiro semestre, foi realizado um duelo entre o vencedor da primeira divisão (Flamengo) e da segunda (Paraná). O time carioca venceu nos pênaltis e foi declarado supercampeão brasileiro, mas muitos consideram que ele foi apenas o vencedor da Taça Brahma dos Campeões, nome dado à competição na época.

Você pode gostar também
Comentários
Carregando...