Torcedor morto na PB receberá homenagem. Não resolve nada.

0 44

Talvez você não conheça Tibério Barreto (foto), mas ele será o grande homenageado da partida desta quarta-feira entre Auto Esporte e Santa Cruz, válida pela 12ª rodada* do primeiro turno do Campeonato Paraibano.

No domingo (9), Tibério foi ao Estádio Almeidão, em João Pessoa (PB), para acompanhar o empate do Auto por 1 a 1 sobre o Atlético Cajazeirense pela 13ª rodada*. No fim do jogo, o torcedor caiu da arquibancada do estádio, justamente no momento em que o lateral Gustavo comemorava o gol automobilista, que selava o resultado. O próprio atleta acionou a equipe de resgate.

Encaminhado ao hospital, Tibério passou por cirurgia, mas não resistiu e morreu na madrugada de domingo. Mestrando em filosofia pela Universidade Federal da Paraíba (UFPB), o professor Tibério tinha 41 anos, era casado e tinha dois filhos.

As aulas nos colégios onde ele dava aulas foram suspensas para que os alunos pudessem acompanhar o velório nesta segunda-feira. Em nota, a Federação Paraibana de Futebol (FPF) lamentou a morte do torcedor.

“A Federação Paraibana de Futebol se associa a dor da família de Tibério Barreto pelo seu precoce desaparecimento ocorrido de forma trágica durante o jogo Auto Esporte x Sousa, no Estádio Almeidão, quando caiu da Arquibancada Sol no fosso e veio a falecer. Consternada com o falecimento do torcedor do Auto Esporte, a FPF, através de sua presidente, roga a Deus que conforte sua família ao mesmo tempo em que decreta luto de três dias e homenagem póstuma em todos os jogos do Campeonato Paraibano de Profissionais esta semana bem como pelo Campeonato Paraibano Juvenil”, anunciou a entidade.

Não resolve nada.

Também em comunicado oficial, o clube igualmente lamentou. “O Auto Esporte Clube vem a público desejar os sinceros sentimentos aos familiares e amigos nesta perda irreparável”, diz a nota do Auto Esporte.

Não resolve nada.

Com seis títulos de campeão paraibano (1939, 1956, 1958, 1987, 1990 e 1992), o Auto Esporte não vive os melhores anos de seus 77 anos de história. Mas nenhum jejum de títulos de primeira divisão é pior que a morte de um torcedor apaixonado, um entusiasta de um clube, por conta da falta de segurança de um estádio.

Aí, não interessa se é estádio de Copa do Mundo, se tem arquibancada para 80 mil lugares, se o gramado é bom, se o time ganha ou perde. Para as famílias que esperam Tibérios e Tibérios voltando do estádio, falta de títulos não importam. Para os alunos que não terão aula, notas de pesar não importam.

Principal homenageado do jogo Auto Esporte x Santa Cruz desta quarta-feira, Tibério não verá a homenagem. Que não resolve nada.

Campeonato Paraibano de 2014, o regulamento

A edição 2014 do Campeonato Paraibano é disputada por dez equipes: Atlético Cajazeirense, Auto Esporte, Botafogo-PB, Campinense, CSP, Santa Cruz-PB, Sport Campina, Queimadense, Sousa e Treze. O torneio terá dois turnos, nos quais todos os times se enfrentam entre si – Botafogo e Treze não jogam o primeiro turno, que tem só oito equipes, por jogarem a Copa do Nordeste.

O primeiro turno tem partidas de ida e volta entre os oito clubes restantes (14 jogos cada um), sendo que os dois piores times da fase são rebaixados. Os dois melhores do primeiro turno, por sua vez, garantem vagas para a fase final do torneio.

No segundo turno, atenção: os seis primeiros colocados do primeiro turno se somam a Botafogo e Treze, realizando mais 14 jogos de ida e volta cada um. Os dois melhores times do segundo turno vão para a fase final, desconsiderando-se os classificados do primeiro turno. Confuso, não?

Na fase final, os quatro primeiros colocados fazem as semifinais (jogos de ida e volta), nas quais o primeiro colocado do primeiro turno pega o segundo colocado do segundo turno, e o segundo colocado do primeiro turno pega o primeiro colocado do segundo turno. Os classificados decidem o título.

* O jogo entre Auto Esporte (2º) e Santa Cruz (6º) encerraria a 12ª rodada no dia 23 de fevereiro, mais foi adiado para esta quarta-feira (12 de março) porque o Estádio da Graça – onde aconteceria originalmente o duelo recebia obras. A FPF esperou para tentar a liberação do local, mas decidiu remarca-lo para o Estádio Almeidão.

Você pode gostar também
Comentários
Carregando...