‘Torcedor misto é um torcedor como outro qualquer’

Imagem: Via Globoesporte.com
0 1.334

Você já deve ter visto manifestações de torcedores, principalmente em determinados estados do Nordeste, contra torcedores locais que apoiam times de Rio de Janeiro e São Paulo.

Independente de sua posição a respeito dos chamados “mistos”, é importante entender esse fenômeno.

Leia também:

O Napoleão de Almeida conversou a respeito com o José Colagrossi, diretor executivo do Ibope Repucom. Em abril, a empresa já havia apresentado uma pesquisa a respeito do perfil de torcedores que apoiam dois times — não apenas no Nordeste.

Por que esse fenômeno é mais forte em determinadas regiões? Como o torcedor misto mudou nas últimas décadas? Há diferenças entre torcedores e simpatizantes neste cenário? Como a mídia impactou nisso?

E, talvez, o mais importante: é possível torcer de verdade para dois times?

“Eu não acho que é uma vergonha. Eu não acho que simpatizante (seja) vergonha do Nordeste ou de lugar nenhum. Ele (torcedor misto) é um torcedor como outro qualquer”, diz Colagrossi.

Confira: