Surpresas chamam atenção na 8ª rodada da Série B

Foto: Divulgação
237

A Série B acordou. Recentemente a competição teve muitos jogos ruins, poucos gols e vitórias dos mandantes ou favoritos. A 8ª rodada foi mais agitada que as anteriores. Consolidou os bons inícios de dois times surpreendentes. E apresentou resultados inesperados,

As zebras são Sampaio Corrêa e Brusque, que estão na 4ª e 5ª posição, respectivamente. Ambos venceram na 8ª rodada. É cedo pra dizer que eles vão surpreender até o fim. Mas com certeza estão acima das expectativas por enquanto.

O Bolívia Querida fez uma boa Série B em 2020 e por isso muitas pessoas entendem que não é uma surpresa. Mas o clube passou por muitas mudanças que causaram preocupação pra Série B de 2021. O elenco foi sacudido. Peças importantes, como Marcinho e Caio Dantas, saíram. Rolaram trocas de técnicos. E depois do título estadual houve uma crise interna, envolvendo o dirigente Celso Teixeira.

Publicidade

Mas Felipe Surian chegou, montou um time que sabe se defender e conseguiu eficiência no ataque. O Sampaio aproveita as poucas chances que cria. Ainda é pouco para subir. Mas é suficiente pra fazer um bom começo. Se o time evoluir além disso, tem chances de acesso.

O Brusque acabou de chegar na Série B. Era difícil saber o que esperar do time. Por um lado, há investimento forte da Havan e um bom trabalho recente. Mas a falta de conhecimento da Série B e o elenco enxuto preocupavam. Reforços vieram e, por enquanto, esses pontos fracos não atrapalharam.

Mas é importante frisar que o Brusque teve vitórias polêmicas no início, com erros de arbitragem, e mostrou limitações em algumas partidas. Está bem, mas aparentemente no limite.

Além dessas campanhas surpreendentes, ainda tivemos vitórias inesperadas de Ponte Preta e Vila Nova na 8ª rodada. E mais duas vitórias de times que jogaram fora de casa, Coritiba e Avaí.

Veja o resumo completo da rodada.

Melhor jogo

Cruzeiro 3 x 3 Guarani

O Cruzeiro continua garantindo o maior entretenimento da Série B. Jogando bem ou mal, o Cabuloso costuma protagonizar os jogos mais emocionantes, agitados e imprevisíveis.

Dessa vez o Guarani saiu na frente, mas tomou a virada. O Cruzeiro ficou na frente novamente, fazendo 3 a 2, mas sofreu o 3º gol quando começou a recuar. E foi logo um golaço de Régis, que jogou pelo Cruzeiro em 2020 sem tanto destaque.

Pior jogo

Confiança 0 x 1 Coritiba

O Coritiba até começou jogando bem e conseguiu abrir o placar, com assistência de Robinho pra Waguininho. Mas depois disso o jogo esfriou. O Coxa tem uma defesa consistente e não precisou de muito esforço pra segurar a vitória. Principalmente porque Serginho foi expulso no 2º tempo e diminuiu as chances de reação do Dragão.

Melhores times

Avaí e Ponte Preta

O Avaí aplicou 3 a 1 no Londrina com autoridade. No 1º tempo, fez 2 gols e jogou bem. No 2º tempo, tomou um gol e poderia levar sufoco. Mas rapidamente fez o 3º e acabou com as chances do Tubarão.

A Ponte Preta conseguiu a 1ª vitória na Série B. E teve uma atuação convincente contra o CSA. Não foi brilhante, longe disso, mas criou mais chances no 1º tempo, até Moisés marcar. Depois o time sofreu o empate, mas não se abalou e fez um belo gol pra decidir o jogo, com passe de Rodrigão pra Thalles.

Pior time

Vitória

O Vitória foi quase inofensivo diante do Botafogo. E grande parte da culpa é de Ramon Menezes, que insiste em fazer muitas mudanças no time, com ideias que já deram errado. Há pouco tempo escrevi que o caminho devia ser o contrário: Ramon devia aproveitar o trabalho anterior e fazer o time evoluir, em vez de criar uma formação nova. Mas ele tem feito o contrário. Mudou esquema tático, escalação e ainda tem errado feio nas substituições.

Claro que o Botafogo também teve méritos pra anular o Vitória. E conseguiu fazer o gol com Chay, vencendo por 1 a 0.

Melhor jogador

Edu (Brusque)

A defesa do Brasil é bem posicionada, mas sofreu com Edu. Mais uma vez ele mostrou presença de área e teve chances de gol, além de participar do jogo com bons passes e boa movimentação. O único gol do jogo foi dele, que disparou como artilheiro da Série B. Tem 6 gols em 7 jogos.

Pior jogador

Bruno Gomes (Vasco)

Foi expulso aos 5 minutos do 1º tempo, no jogo contra o Goiás. Impossível alguém ser pior.

Há duas semanas, Bruno Gomes teve o carro apedrejado pela torcida. Depois disso o jogador perdeu a cabeça e foi expulso duas vezes no 1º tempo, contra o Cruzeiro e contra o Goiás. Claramente não tem condições psicológicas de jogar no Vasco neste momento. O erro maior é de Marcelo Cabo, que o manteve como titular. Enquanto o técnico não acertar essa escalação dos volantes, o time não vai se arrumar.

Com um jogador a mais desde o início, o Goiás controlou o jogo, criou chances, mas demorou pra fazer o gol da vitória. Só conseguiu aos 35 minutos do 2º tempo, com Éverton Brito, em rebote.

Golaços

Náutico 1 x 1 CRB foi um jogo de golaços. O TImbu construiu uma bela jogada, finalizada por Erick. E o zagueiro Caetano fez um gol que poucos atacantes da Série B acertariam.

Surpresa

Vila Nova

Mesmo jogando fora de casa, o Vila Nova conseguiu derrotar o Operário. O gol de Arthur Rezende, logo no início, foi fundamental pra isso. Depois o Fantasma até empatou, mas o Vila conseguiu um gol com Alesson e saiu com uma vitória importantíssima.

Vale lembrar que o Operário reclamou muito de um pênalti não marcado na metade do 2º tempo, que poderia ter mudado a história do jogo. Cadê o VAR?

Paredão

Georgemy (Vila Nova)

Já tivemos grandes atuações de goleiros nessa Série B. Mas talvez essa tenha sido a mais decisiva e impressionante. Georgemy salvou o Vila Nova do começo ao fim, porque o Operário teve muito volume de jogo e poderia ter saído com a vitória. Mas o paredão estava formado.

Destaque técnico

Felipe Surian (Sampaio Corrêa)

A retrance de Surian tem dado certo. O time está arrumado defensivamente e sabe aproveitar as chances que aparecem na frente. Dessa vez os titulares não aproveitaram. Mas Surian acertou ao colocar Jefinho e Romarinho em campo. Eles entraram e fizeram os gols da vitória contra o Remo.

Aquele

Valdivia e Copete (Avaí)

O terceiro gol do Avaí contra o Londrina foi marcado após assistência de Copete, aquele, e finalização de Valdivia, que não é aquele, mas é aquele outro.

Outras curiosidades

O “vovô” do Coritiba fez uma estreia bem discreta e foi substituído no começo do 2º tempo.

Troca de técnico no Remo

Depois da derrota pro Sampaio Corrêa, o Remo demitiu Paulo Bonamigo e contratou Felipe Tigrão como substituto. É o Tigrão no Leão.

Gol sem querer?

Chay decidiu pro Botafogo, contra o Vitória, em um lance inusitado. Parece que queria cruzar, mas a bola entrou. Na entrevista após o jogo, ele disse que foi de propósito, que quis chutar mesmo. Será?

Gêmeos no futebol

Comentários