Sexta rodada da Série C fica marcada por confusão e goleada no Norte

Elielton se emocionou com gols
11.415

A Região Norte foi palco dos principais acontecimentos da 6ª rodada da Série C. No Pará, o Paysandu impressionou ao golear o Imperatriz por 6 a 1.  Já no Amazonas as cenas foram lamentáveis: teve briga generalizada, inclusive entre jogadores e policiais.

Fora isso, a rodada teve poucas emoções. O Santa Cruz voltou a ser líder do Grupo A. Mas no Grupo B, o Brusque seguiu na liderança sem nem entrar em campo – isso porque rolaram 3 empates em 4 jogos da chave. Clique aqui e acesse a tabela.

Confira o resumo da 6ª rodada da Série C.

Confusão lamentável

Manaus 1 x 1 Treze

O Treze saiu na frente, mas novamente tomou um gol nos acréscimos. O lance gerou todo tipo de reclamação contra a arbitragem – já ouvi falarem desde reversão na cobrança do lateral até pedidos por falta na área e toque de mão. Durante as reclamações do Treze, rolou um conflito lamentável entre jogadores e policiais. 

Melhor jogo

Ituano 2 x 2 Criciúma

Vamos falar de bola rolando, que é melhor. E esse jogo, entre 2 times que vinham de resultados ruins, foi bem interessante. São equipes que deveriam estar jogando melhor, mas ainda não embalaram. Dessa vez elas fizeram um jogo emocionante, com 2 gols em cada tempo.

Chamou atenção o primeiro gol do Criciúma, marcado novamente pelo goleiro Agenor. Ele é um dos 3 artilheiros da equipe, com 2 gols.

Pior jogo

Santa Cruz 1 x 0 Remo

Parecia ser um ótimo jogo para ver no domingo, pois os 2 times estavam no G4 e têm potencial para subir. Mas na prática foi uma partida bem fraca, com pouca criação dos 2 lados. O Santa se defendeu bem e fez gol em um lance de bola parada, com Elivelton. Marcelo Martelotte tem um começo de trabalho feliz.

Melhor time 

Paysandu 6 x 1 Imperatriz

Foi o primeiro jogo de Estevam Soares como treinador do Imperatriz. E ele deve ter ficado assustado com a bagunça do time maranhense, principalmente no 2º tempo. Além de existir limitação técnica, também falta entrosamento, confiança e maturidade. O rebaixamento está desenhado.

Mas é preciso falar dos méritos do Paysandu de Hélio dos Anjos. O time chegou a sofrer um empate no 1º tempo, mas reagiu rápido, antes do intervalo. Isso foi fundamental para jogar leve no 2º tempo e mostrar muitos recursos. Vale o destaque para Alex Maranhão, autor de 2 gols.  Quem também marcou duas vezes foi Elielton, atacante que tinha disputado 32 jogos pelo Papão, mas nunca tinha balançado a rede. Ele se emocionou muito por quebrar o jejum dessa forma.

Surpresa da rodada

Volta Redonda 1 x 2 Ypiranga

Essa vitória serviu para mostrar que o Ypiranga realmente tem condições de brigar pelo acesso. Afinal o Volta Redonda é forte, mas não foi páreo para o time gaúcho. Mais uma vez Fernandinho se destacou. 

No Voltaço, Saulo Mineiro fez o 5º gol dele na Série C. É o artilheiro isolado, acompanhado de perto por Wellington Rato, do Ferroviário, e pelo próprio Fernandinho, do Ypiranga.

Vilão da rodada

Rubens (Tombense 1 x 1 São Bento)

O vilão da rodada foi outro artilheiro: Rubens, atacante do Tombense, foi expulso no 1º tempo do jogo contra o São Bento. Até ali, o time mineiro estava conquistando uma importante vitória pra se afastar da zona de rebaixamento. Mas o São Bento aproveitou a vantagem numérica e empatou com Laércio. 

Outros jogos

Três partidas terminaram sem gols. Pelo que deu pra ver, não tiveram lances dignos de nota. E nem mexeram muito na tabela. 

Botafogo-PB 0 x 0 Vila Nova

São José 0 x 0 Boa Esporte

Jacuipense 0 x 0 Ferroviário

O jogo entre Brusque  e Londrina foi adiado por causa da final do Campeonato Catarinense. Será disputado em 1º de outubro.

Comments