Série D tem mais classificados e técnico ameaçando jogadores do próprio time

Foto: Divulgação
21.464

Com a primeira fase chegando ao fim, a Série D ainda promete muitas emoções. No Grupo 2, apenas três pontos separam o 4 de Julho (PI), vice-líder, do Juventude Samas (MA), 7° colocado. Já no Grupo 7 está embolado, pois os oitos times têm chances reais de classificação.

E a 11ª rodada também trouxe definições. Existem 5 times classificados matematicamente: Castanhal, São Raimundo-RR, ABC, Ferroviária e FC Cascavel. Outros só podem ser eliminados por uma tragédia enorme, como Guarany de Sobral, América-RN, Juazeirense, Caldense e Joinville. Estão classificados virtualmente.

E por outro lado, Atlético Acreano, Murici (AL), Jaraguá (GO), Patrocinense (MG) e Águia Negra (MS) estão eliminados com três rodadas ainda restantes.

Publicidade

A 11° rodada ainda teve técnico ameaçando os próprios jogadores, gol aos 50 minutos, bandeirinha confuso e jogo paralisado por ofensa racista de torcedor. Confira o resumão:

Vivos na briga pelo G4

Moto Club (MA) 1 x 4 Paragominas (PA)  

No Estádio Nhozinho Santos, o Paragominas encerrou uma série de cinco jogos sem vitórias. Os visitantes controlaram o jogo do início ao fim. Já o Moto Club não se encontrou no sistema defensivo. Logo aos 7 minutos, a bola sobrou para Dutra chutar de pé esquerdo e abrir o placar. Perto do fim da primeira etapa, Aleison desviou a bola e Wanderlan, de cabeça, ampliou. O Papão do Norte desperdiçou uma chance de ouro para diminuir. Henrique ficou cara a cara com o goleiro, mas perdeu o equilíbrio e mandou para fora. O 2° tempo seguiu da mesma forma. Aos 12, em contra-ataque, Aleison ampliou. Em seguida, o Moto descontou com gol de falta de Ted Love. Aos 21, em disputa na área, o goleiro Mateus deu rebote e Edicleber fez 4×1. Vivo na briga por uma vaga no G4, o Paragominas está em 6° no Grupo 2, com 14 pontos. O Moto Club permaneceu em 3°, com 15.

4 de Julho (PI) 1 x 2 Palmas (TO)  

De virada, com dois gols em três minutos, o Palmas venceu o 4 de Julho e encostou no G4 do Grupo 2. O Tricolor pouco fez no sistema defensivo na primeira etapa e o Colorado não soube aproveitar as diversas chances com Etinho e Ítalo Pica-Pau. No entanto, Jânio Daniel foi feliz em cabeçada ao receber cruzamento de Chico Bala e mandou para a rede. Na etapa complementar, as equipes se lançaram ao ataque. O atacante Lucas Pederzoli ficou de frente para o gol livre, mas chutou para fora. Insistindo, o gol do Palmas saiu aos 38. A bola foi cruzada para a área e Elenilson empatou. Aos 41, a virada com direito a frango de Yan. Tchô chutou firme, rasteiro, de fora da área e a bola passou por baixo das pernas do goleiro. Mesmo com a derrota, o 4 de Julho se manteve em 2° lugar do Grupo 2, com 17 pontos. Em 5°, com 14 pontos, o Palmas tem a melhor campanha do returno do grupo.

Classificados e invictos

São Raimundo (RR) 4 x 0 Ypiranga (AP)  

Pela segunda vez na história, o São Raimundo está classificado para a 2° fase da Série D. O Clube da Torre ficou com a bola no início da partida, mas sem criar jogadas de ataques efetivas. Por outro lado, o Mundão foi preciso. Aos 13 minutos, Tavinho aproveitou bola cruzada na área e cabeceou para abrir o placar. Dez minutos depois, Eric Tschurtschenthalen chutou firme e ampliou. A segunda etapa começou com o Mundão querendo aumentar a vantagem. Em jogada rápida, Juninho soltou uma bomba defendida por Redson. A rede voltou a balançar aos 29. Eric recebeu cruzamento rasteiro e fez 3×0. Por fim, aos 29, em bola alçada na área, Juca se lançou para fazer o último. O São Raimundo continua na vice-liderança do Grupo 1, com 25 pontos. O Ypiranga é o 6°, com 11.

Cascavel (PR) 2 x 2 Aimoré (RS)  

Em jogo marcado por expulsões e gols no final, o Cascavel garantiu vaga para a próxima fase da competição. Jogando fora de casa, o Aimoré apostou nos contra-ataques. Superior, o Índio Capilé só abriu o placar nos acréscimos. Aos 48, o zagueiro Diego Giaretta cortou a bola com o braço e o juiz marcou pênalti. O atacante Lucas Silva converteu. Minutos depois, Lucas Silva foi expulso por dar um pisão na coxa de Líbano. Pablo, goleiro reserva, também foi expulso por reclamação, o que deu origem a uma confusão entre jogadores e comissão técnica dos dois times.

No 2° tempo, o zagueiro William empatou em cobrança de falta. Pouco depois, o Aimoré perdeu outro jogador. Wesley foi levou o cartão vermelho por ofender o 4° árbitro. Mesmo assim, os gaúchos voltaram a frente com um lindo gol de Padu, aproveitando contra-ataque de Índio. Precisando do resultado e querendo manter a invencibilidade, a Serpente partiu para o ataque e o Aimoré se defendeu como pode. No final, Robinho arriscou de fora da área, em forte chute, e empatou. O Cascavel não perde em casa há 9 meses e é líder do Grupo 8, com 23 pontos. O Aimoré caiu uma posição e está em 7°, com 11.

Rumo à classificação

Uberlândia (MG) 2 x 3 Caldense (MG)  

Em grande jogo, a Caldense virou para cima do Uberlândia, se consolidou na vice-liderança do Grupo 6 e complicou a vida do Verdão.  O Uberlândia começou melhor, mas foi parado pela boa atuação do goleiro João Paulo. Ingro, Kellyton e Daniel Ribeiro tiveram as melhores oportunidades do 1° tempo. Na etapa complementar, os times se lançaram ao ataque. Ingro abriu o placar em cobrança de pênalti. A Veterana reagiu rápido e empatou com Gabriel Santos. Aos 30, João Vitor levantou bola na área e Gabriel Santos, de cabeça, virou. Assim, o atacante entrou para a lista dos 20 maiores atacantes do clube de Poços de Caldas. Os mandantes não desistiram e igualaram o marcador aos 36. Alípio, em bela cobrança de falta, acertou o ângulo, para deixar tudo igual. A partida se encaminhava para o fim quando Mariotto, que entrou no lugar de Gabriel Santos, em seu primeiro lance na partida, aproveitou cruzamento de Patrick Lopez e fez o gol da vitória. A Caldense se manteve em 2°, com 21 pontos. Já o Uberlândia saiu do G4 e está em 5°, com 16.

Outros destaques

– Imbatível, o Castanhal (PA) goleou o Gas (RR) por 5×0 no Modelão. O destaque foi o atacante Leandro Cearense, que marcou três vezes. Pecel e Wilian Fazendinha também balançaram a rede.  Os paraenses seguem na liderança isolada do Grupo 1, com 29 pontos. Praticamente sem chances de avançar, o Gas é o 7°, com 8. Segundo o GE, uma confusão agitou o vestiário do Gas na noite anterior ao confronto. Silmar Simão, até então técnico do clube, disse que estava sofrendo ameaças e, por sua vez, ameaçou os jogadores do próprio time caso algo ocorresse com ele ou sua família. Diante da situação, um Boletim de Ocorrência foi feito e o treinador afastado, sendo substituído por Borges Neto, diretor de futebol. Na volta para casa, Silmar foi demitido. Ele comandou o clube por apenas 11 dias.

– Com placar magro, o Fast (AM) venceu o Atlético Acreano e segue na luta por uma vaga no mata-mata. Aos 10 minutos do 2° tempo, Rossini foi derrubado na área e o pênalti marcado. Jackie Chan cobrou bem e fez o único gol. O Fast subiu para a 5° colocação do Grupo 1, com 13 pontos, três a menos que o 4° colocado. Eliminado, o Atlético Acreano é o último, com 4 pontos.

– Em confronto direto por um lugar no G4 do Grupo 1, o Penarol (AM) venceu o Galvez (AC) por 3×1 na tarde deste domingo, na Arena da Floresta. Aos 3 minutos do 1° tempo, Diego Vitor apareceu sozinho dentro da área e tocou no canto do goleiro Rander. Aos 21, o zagueiro Alex, sem marcação, finalizou para fazer 2×0 para os amazonenses. Aos 37, a situação ficou mais complicada para o Imperador.  O atacante Radamés recebeu vermelho direto ao cometer falta. Com um homem a menos, os acreanos iniciaram o 2° tempo no ataque. Logo no primeiro minuto, Alesson foi segurado na área e a penalidade marcada. O meia cobrou e diminuiu. Jeferson quase empatou, mas errou a mira e chutou para fora. Já o Penarol não desperdiçou a chance de ampliar. Aos 29, Rander deu rebote e Railson completou para o fundo da rede. O Penarol subiu para 3°, com 17 pontos. O Galvez está uma posição abaixo, com 16.

– O Guarany de Sobral venceu com gol aos 50 minutos do 2° tempo está na 2° fase da competição ao bater o Tocantinópolis (TO) por 2×1. A rede só balançou aos 24 da etapa final. Daniel Passira bateu cruzado e inaugurou o marcador para os cearenses. Aos 41, Bilau chutou rasteiro para empatar. Nos acréscimos, Danilo Cerqueira mandou sem chances de defesa para o goleiro Gabriel. O Cacique do Vale é o líder do Grupo 2, com 22 pontos. Com 7, o TEC é o último.

– O Caucaia (CE) perdeu para o América (RN) por 4×2 na Arena das Dunas. O Mecão balançou a rede aos 12 minutos em contra-ataque finalizado por Wesley. Aos 17, Esquerdinha ampliou de pênalti. Buscando apagar o vexame da goleada sofrida na rodada passada, a Raposa Metropolitana empatou a partida ainda na primeira etapa. Aos 38, Vanderlan limpou os zagueiros e diminuiu. Nos acréscimos, José Wilker mandou para rede após cruzamento. Aos 26 da etapa final, Patrick fez de falta e recolocou os mandantes na frente. Aos 32, Alvinho recebeu passe de Esquerdinha para fazer o último. O América é o vice-líder do Grupo 3, com 21 pontos. O Caucaia tem 8 e é apenas o 7°.

– Com gol de letra de Hercules, o Atlético Cearense colocou fim a série de cinco jogos de invencibilidade do ABC (RN). Com a vitória, o Atlético subiu duas posições e entrou no G4 do Grupo 3, com 14 pontos. O Elefante da Frasqueira segue líder, com 22.

– Em tarde inspirada dos goleiros Igor Rayan e Gustavo, Sergipe (SE) e Murici (AL) empataram em 1×1 no Estádio da Ufal. Em um 1° tempo bastante movimentado, o Sergipe abriu o placar aos 33 minutos. Paulinho recebeu de Doda e estufou a rede. No 2° tempo, em lance na área, Igor caiu ao ser tocado nas costas por Matheus e árbitro marcou pênalti. O atacante bateu no canto esquerdo de Igor Rayan, que acertou o lado, mas não conseguiu defender. O jogo ficou aberto, com os dois goleiros fazendo grandes defesas. Com o empate, o Sergipe caiu para o 3° lugar do Grupo 4, com 19 pontos. Já sem chances de avançar, o Murici é o último, com 5.

– O Itabaiana (SE) goleou o ASA (AL), que completou oito jogos seguidos sem vencer, por 4×1. Os times apostaram na bola parada. Desse modo, o ASA abriu o placar aos 23 minutos do 1° tempo em cobrança de falta de Zé Wilson. Pouco depois, em outra cobrança de falta, o zagueiro Ramon cabeceou para o fundo da rede e igualou. A virada veio também de lance com a bola levantada na área. Após cobrança de escanteio, Jacobina marcou de cabeça. No 2° tempo, o Tremendão definiu rápido o placar. Em vacilo da defesa do ASA, Pedro Henrique driblou o goleiro e ampliou. Depois, Ila limpou a marcação e mandou para a rede. O Itabaiana pulou para a vice-liderança do Grupo 4, com 19 pontos.  O ASA é o 7°, com 6.

– Perdendo até o início do 2° tempo por 3×1, a Juazeirense (BA) buscou o empate diante do Atlético Baiano e continua invicto na Série D. Emerson abriu o placar aos 12 minutos para o time de Alagoinhas. O Cancão de Fogo deu a resposta rápido e empatou com Wendell aos 15. Inspirado, Emerson desempatou aos 24 e ampliou aos 39. Na etapa final o Juazeirense descontou aos 8 minutos com Thauan. O atacante Kesley fez 3×3 em lance polêmico. Inicialmente, o bandeirinha marcou impedimento do atacante, mas voltou atrás após conversa com o árbitro. A Juazeirense é o líder do Grupo 4, com 23 pontos. Encostado no G4, o Atlético está em 5°, com 14.

– O empate entre Nova Mutum (MT) e Gama (DF) por 1×1 levou a equipe mato-grossense para a vice-liderança do Grupo 5, com 18 pontos. Vitor Xavier colocou o alviverde na frente. De cabeça, Matheus deixou tudo igual. O Gama segue em 7°, com 9 pontos.

– O União Rondonópolis (MT) bateu o Brasiliense (DF) por 3×2 e foi para 3° no Grupo 5, com 18 pontos. Deivisson Pikachu marcou para os mato-grossenses logo aos 3 minutos. Todos os outros gols saíram na segunda etapa. Aos 6, Gustavo empatou para o Jacaré. Adriano Peixinho deixou o Colorado na frente novamente. Pouco depois, Deivisson Pikachu marcou o terceiro. Tobinha descontou para o time do Distrito Federal. Com a derrota, Vilson Tadei foi demitido do Brasiliense. O técnico chegou ao clube em dezembro de 2020 e conquistou a Copa Verde e o Campeonato Candango. No entanto, na Série D, o time caiu para 4°, com 17 pontos, 5 vitórias, 2 empates e 4 derrotas.

– O Boa Esporte (MG) se reabilitou ao venceu por 2×0 a Patrocinense (MG) e subiu para 3° no Grupo 6, com 17 pontos. Alexandre Aruá e Lucas Coelho fizeram os gols. Ainda sem nenhuma vitória na competição e sem chances de classificação, a Patrocinense está em último, com 4 pontos.

– O Rio Branco NV (ES) empatou com o já eliminado Águia Negra (MS) por 2×2 e caiu para 4° posição no Grupo 6, com 17 pontos. Todos os gols saíram no 1° tempo. Montaño e Waschington marcaram para o time de Venda Nova. Wilson e Filipi Viana, contra, deixaram tudo igual para o Águia, que é o 7°, com 6 pontos. No entanto, a partida foi marcada por uma ofensa racista de um torcedor que assistia ao jogo no muro, pelo lado de fora do Estádio Olímpio Perim, contra o zagueiro Cristiano, do Águia Negra. Revoltados, companheiros de time ameaçaram abandonar a partida, que ficou paralisada por cerca de 16 minutos. No reinicio, o atleta preferiu não continuar e foi substituído por Henrique. O jogador registrou um Boletim de Ocorrência e o homem ainda não foi identificado.

– Após uma sequência de seis jogos sem vencer, o Boavista (RJ) bateu o Bangu (RJ) por 2×0 e continua na briga por lugar entre os quatro melhores do Grupo 7. Aos 32 minutos do primeiro tempo, Rodrigo Coutinho inaugurou o marcador. O zagueiro Israel Felipe mandou contra a própria meta aos 36. O Bangu caiu uma posição e está em 5°, com 13 pontos. O Boavista é o 7°, com 12.

– Diante do Santo André (SP), o São Bento (SP) conquistou a segunda vitória na competição e ainda sonha com a classificação para a próxima fase. Kadu fez o único gol da partida, aos 12 minutos do primeiro tempo. Ainda na lanterna do Grupo 7, o Bentão tem 11 pontos, dois a menos que o primeiro clube do G4. O Santo André segue na vice-liderança, com 17.

– Presente de grego! No aniversário de 101 anos, a Portuguesa (SP) perdeu para a Inter de Limeira (SP) por 1×0. Em jogada pela esquerda, Vittor Moura balançou a rede aos 24 minutos do 1° tempo. O jogo também marcou a estreia do novo uniforme da Lusa que continua líder do Grupo 7, com 19 pontos. A Inter é o 6°, com 13.

Comentários