Série D: quedas dos “imbatíveis” e heroísmo com 9 em campo

Foto: João Vitor Paiva / FC Atlético Cearense
170

Ao fim da 4ª rodada da Série D, foram derrotados os últimos times que estavam com 100% de aproveitamento. ABC (RN) e Guarany de Sobral (CE) perderam no final de semana.

Restam 17 times invictos: Castanhal, São Raimundo-RR, Fast, 4 de Julho, Itabaiana, Juazeirense, Aparecidense, União Rondonópolis, Goianésia, Boavista, Madureira, Portuguesa, Cianorte, São Bento, FC Cascavel, Joinville e Esportivo.

Entre os times que ainda estão invictos, vale destacar o 4 de Julho, porque faz sua melhor campanha na Série D. São 2 vitórias e 2 empates. Ou seja, 8 pontos dos 12 disputados. Isso o coloca como vice-líder do Grupo 2. Em 2018, ano de estreia na competição nacional, o Colorado conquistou apenas 4 pontos nos 3 primeiros jogos.

Publicidade

Outro time que merece elogios na rodada é o Águia Negra (MS). Com apenas 9 jogadores em campo, a equipe arrancou um empate heróico diante do Rio Branco (ES).

Confira os destaques.

Fim da invencibilidade

ABC (RN) 0 x 2 Atlético Cearense

Na tarde deste domingo, o Atlético-CE acabou com a invencibilidade do ABC, no Estádio Frasqueirão. O time potiguar teve dificuldades para furar a defesa adversária. Em jogo truncado, a bola só balançou as redes aos 41 minutos do 1° tempo. Olávio bateu forte, sem chances para o goleiro. No 2° tempo, o ABC tentou pressionar o Atlético, mas sem sucesso. Em um vacilo da defesa, Olávio marcou de novo, aos 15. Apesar da derrota, o ABC segue líder do Grupo 3, com 9 pontos. O Atlético está logo atrás, com 7 pontos.

Um dia antes, o Olávio tinha virado figurinha no Instagram do Última Divisão. Demos sorte ao volante-atacante.

Tocantinópolis (TO) 4 x 2 Guarany de Sobral (CE) 

O Guarany de Sobral sofreu sua primeira derrota na competição em jogo agitado contra o Tocantinópolis, no Estádio Ribeirão. O primeiro gol saiu nos acréscimos do 1° tempo, em pênalti convertido por Jheimy. Na volta do intervalo, em rebote do goleiro, Hulk empatou. Em menos de três minutos, os mandantes reassumiram a liderança, com gol de Jheimy, de novo. Aos 21, o Cacique do Vale igualou o placar em cobrança de pênalti de Raí. O Tocantinópolis reagiu rápido: de cabeça, Sandro desempatou aos 23 minutos. Nos acréscimos, Bilau ampliou em cobrança de pênalti, o terceiro da partida. Essa é a primeira vitória do Tocantinópolis nessa edição da Série D e agora ocupa a 5° posição do Grupo 2, com 5 pontos. Com 9 pontos, o Guarany manteve a liderança.

Caldense (MG) 3 x 1 Uberlândia (MG) 

O início do jogo foi disputado, com as duas equipes buscando o gol. A Caldense foi mais eficiente e, aos 20 minutos do 1° tempo, Gabriel Santos arriscou do meio da rua e certou o ângulo. O Uberlândia não se intimidou e seguiu atacando. Entretanto, a Veterana ampliou aos 46 minutos, com Caio Ribeiro. Na etapa complementar, o Verdão diminuiu aos 6 minutos, com gol de Ingro. Porém, aos 15, Gabriel Santos marcou de novo e sacramentou a vitória dos mandantes. Esse é o primeiro triunfo da Caldense jogando em casa nesta edição da Série D.

Novas lideranças

Rio Branco (ES) 0 x 3 Ferroviária (SP) 

Jogando fora de casa, a Ferroviária não tomou conhecimento do Rio Branco, ganhou por 3×0 e assumiu a liderança do Grupo 6. Aos 44 minutos do 1° tempo, o zagueiro Bruno Leonardo inaugurou o placar com gol de cabeça. Na etapa complementar, Júlio Vitor ampliou, após saída de bola errada do Rio Branco. Aos 18, Júlio Vitor balançou novamente as redes e definiu o placar.

Aimoré (RS) 1 x 3 Cascavel (PR)

No Estádio Cristo Rei, em São Leopoldo, no Rio Grande do Sul, o Cascavel venceu de virada. Aos 37 minutos do primeiro tempo, o Índio pulou na frente com gol de Neto Baiano, após o zagueiro Lucas escorregar no lance. Na etapa complementar, o Cascavel marcou três gols em 10 minutos. Aos 27, Carlos Henrique mandou para o fundo da rede. Logo depois, Léo Itaperuna virou após cruzamento de Douglas. Aos 37, Carlos Henrique foi derrubado na área pelo goleiro Pablo. Robinho cobrou o pênalti e deu a vitória para os paranaenses. Com o triunfo, o Cascavel foi a 8 pontos e pulou para a ponta do Grupo 8. O Aimoré é o 6°, com 4 pontos.

Expulsões

GAS (RR) 2 x 2 Castanhal (PA) 

O primeiro tempo mostrou que o jogo seria de muita movimentação. Logo no primeiro minuto da etapa inicial, Kayo cobrou falta e Alexandre Pinho mandou para o fundo das redes: 1×0 para o GAS. O Castanhal não se abateu e, em troca de passes, chegou ao empate com Pecel, que driblou três jogadores e chutou no ângulo.

No 2° tempo, as equipes voltaram com a mesma garra. Aos 23 minutos, o Japiim virou com uma cabeçada de Pecel. Dez minutos depois, Eduardo Magrão, que entrou no intervalo, empatou para os roraimenses. Com a partida finalizada, uma confusão entre as duas equipes na área técnica causou as expulsões de Branco, do GAS, e Capanema, do Castanhal. Com o resultado, o GAS conquistou seu primeiro ponto na Série D. Já o Castanhal segue líder do Grupo 1, com 8 pontos.

Águia Negra (MS) 2 x 2 Rio Branco (ES)

Jogando pela primeira vez em seu estádio, o Ninho da Águia, pela Série D 2021, o Águia Negra fez um jogo eletrizante contra o Rio Branco. Stênio marcou para os capixabas logo aos 2 minutos do 1° tempo. Aos 42, o zagueiro Daniel Felipe ampliou. No começo do 2° tempo, Janderson fez duas faltas em menos de 1 minuto e foi expulso. Revoltado, o atacante se recusou a sair de campo e o policiamento foi acionado. Depois de muito tempo de paralização, o jogador enfim deixou o campo e a bola voltou a rolar.

Ainda assim, o Águia Negra conseguiu pressionar e, em menos de cinco minutos, igualou o marcador com Adriano, aos 20 minutos, e Everton, aos 23. Na reta final, o Águia Negra teve mais um expulso: Sousa levou o 2° amarelo por simulação. Com nove em campo e 12 minutos de acréscimo, a equipe de Rio Brilhante segurou o resultado e marcou seu primeiro ponto nesta edição.

Invicto

Palmas (TO) 1 x 2 4 de Julho (PI) 

O Palmas fez um bom primeiro tempo. Criou oportunidades, mas desperdiçou várias chances de balançar as redes. Até que, aos 28 minutos, em contra-ataque, Bombado finalizou duas vezes e abriu o placar. O Colorado reagiu no 2° tempo. Aos 4 minutos, o zagueiro Marcelo aproveitou uma falha na zaga e igualou o marcador. A virada veio com Jânio Daniel, aos 44, que cabeceou para o fundo das redes.

Outros destaques

Madureira (RJ) e Cianorte (PR) se enfrentaram no domingo, no Estádio Olímpico Albino Turbay, e ficaram no 0x0. No 2° tempo, cada equipe teve uma expulsão: Duni, do Cianorte, e Marcão, do Madureira. O time carioca continua invicto e é o vice-líder do Grupo 7.

– Zé Love, do Brasiliense (DF), Michel, do Caxias (RS), e Olávio, do Atlético Cearense estão empatados na artilharia da Série D, com 5 gols cada.

– O Marcílio Dias (SC) anunciou a contratação do goleiro Renan, de 36 anos. Formado pelo Internacional, em 2008 ganhou a medalha de bronze com a Seleção Brasileira nos Jogos Olímpicos de Pequim. O arqueiro, que estava no Paraná (PR), assinou contrato até dezembro desse ano.

– No Estádio Amigão, Treze (PB) e Sousa (PB) empataram por 1×1. Apesar de inúmeros confrontos no campeonato estadual, essa foi a primeira vez que as equipes se enfrentaram em uma competição nacional.

O Sergipe (SE) venceu o Murici (AL) por 2×1, neste domingo, no Estádio Batistão. Henrique Bahia estreou pela equipe sergipana e marcou o gol da vitória. Além disso, o atacante colocou fim ao jejum de gols de centroavantes que já durava 580 minutos. Luiz Humberto foi o autor do outro gol. André Rodrigues descontou para os visitantes. 

Comentários