Série C tem invasão a vestiário, golaço sem querer e 2 times quase classificados

Foto: Lucas Gabriel Cardoso/ Brusque FC
336

A 11ª rodada da Série C trouxe definições importantes, principalmente na parte de cima: Santa Cruz e Brusque praticamente garantiram classificações para a próxima fase. Apesar da antecedência ser enorme, eles passaram sufocos. Teve até tentativa de invasão a vestiário.

Fora isso, nos outros jogos tivemos golaços, inclusive um sem querer, e outros lances interessantes. Confira no resumão.

Quase classificados, mas no sufoco

Brusque 1 x 0 São Bento

Matematicamente, o Brusque precisa de apenas mais uma vitória em 7 jogos pra garantir a classificação. É a melhor campanha da competição. É impressionante para um time que estreia na Série C.

Mas a vitória contra o São Bento não foi fácil. O gol da vitória só saiu aos 41 minutos do 2º tempo. O São Bento ficou na lanterna do Grupo B.

Treze 0 x 1 Santa Cruz

Foi um jogo bem nervoso, em que os 2 times poderia ter saído com a vitória. O único gol foi de costas, de Lourenço. Mas infelizmente o que marcou a partida foi a reclamação do Treze contra a arbitragem. 

O time paraibano queria um pênalti em Gilvan, no 2º tempo. O juiz José Henrique de Azevedo Júnior não marcou e depois registrou súmula que membros da comissão técnica do Galo deram socos e pontapés na porta do vestiário onde estavam os membros da arbitragem.

Melhor jogo

Londrina 3 x 2 Ypiranga

A partida reuniu qualidade técnica e emoção. No 1º tempo, o Londrina fez 2 golaços, com Igor Paixão e Matheus Bianqui. O Ypiranga marcou com Netto Pessoa. Depois o time paranaense chegou a fazer 3 a 1, mas a equipe gaúcha partiu pressão. Douglas até conseguiu diminuir, mas não houve tempo pra buscar o empate.

Melhor time

Ferroviário 1 x 0 Remo

O time cearense parecia entrar em má fase, mas de repente conseguiu uma vitória convincente contra uma equipe que vinha embalada. Com gol de Wesley, o Tubarão acabou com a sequência invicta de Paulo Bonamigo no Remo. A vantagem podia ter sido até maior, não fosse a boa atuação do goleiro remista.

Melhor jogador

Hamilton (Manaus 3 x 2 Botafogo-PB)

HaMito, como é chamado pela torcida do Manaus, realmente despertou na Série C. Ele fez 2 dos 3 gols que facilitaram a vitória do time amazonense, pois saíram nos primeiros 30 minutos. Depois o Botafogo-PB ameaçou uma reação, o jogo foi bom, mas não teve reviravolta.

Melhor técnico

Ariel Mamede (Boa Esporte 2 x 0 Criciúma)

Eu não esperava mais nada do Boa, mas é melhor ficar de olho: Ariel, técnico de apenas 31 anos, conseguiu vencer no 2º jogo (tinha empatado antes) e está tocando mudanças no time. A equipe pareceu bem montada nessa vitória convincente contra o Criciúma. Chegaram bons reforços, então existe um potencial pra escapar do rebaixamento. 

Melhor golaço sem querer (?)

Ituano 2 x 0 Volta Redonda

A má fase do Voltaço é espantosa. Já são 7 jogos sem vencer. Por outro lado, parece que a fase do Ituano virou. O time melhorou a defesa e aos poucos consegue fazer gols. Contou até com a sorte no segundo gol, marcado por Kadu. Ou será que foi de propósito? Nunca saberemos.

Curiosidade da rodada

São José 2 x 2 Tombense

Alípio, jogador que foi contratado pelo Real Madrid quando era bem jovem, fez 2 gols nessa partida. Virou a partida pro Tombense.

Mas essa nem é a maior curiosidade. O mais bizarro aconteceu depois. Nos minutos finais ele sentiu uma lesão e não havia mais substituições para fazer. O Tombense ficou com um a menos em campo e acabou tomando o gol do empate, resultado que foi ruim para as duas equipes.

Piores jogos

Paysandu 0 x 0 Vila Nova

No resumo passado, já tinha falado que era melhor o Papão se preocupar com o rebaixamento. Agora isso ficou mais evidente. A defesa do Vila Nova é boa e segurou um empate importante fora de casa.

Jacuipense 3 x 1 Imperatriz

Infelizmente, pela situação que vive o Imperatriz, as vitórias contra o time nem podem ser muito valorizadas. O Jacuipense aproveitou bem a fragilidade do adversário, mas o resultado não quer dizer muita coisa.

Comments