Série B: só 6 pontos separam o vice-líder da zona de rebaixamento

Foto: Celso Congilio/Guarani FC
237

A Série B tem um líder disparado. Destacamos o Náutico na coluna passada. O Timbu venceu de novo e segue com muita vantagem na frente. Mas abaixo dele há um enorme equilíbrio: o vice-líder, Operário, está a 6 pontos da zona de rebaixamento.

Esse equilíbrio ficou bem claro nos jogos e resultados da 5ª rodada. Nenhum time teve grande destaque ou sobrou nas partidas. Muitos jogos foram definidos no sufoco, por poucos gols de diferença e com grandes atuações dos goleiros.

Publicidade

É verdade que por enquanto tudo está nivelado por baixo. Mas há lampejos de qualidade, com destaques individuais, táticos e técnicos. Tem um pouco de tudo no resumo da 5ª rodada.

Melhor jogo

Náutico 3 x 1 Botafogo

Foi mais uma rodada sem grandes jogos. Mas essa partida teve maior destaque, seja pelas reviravoltas emocionantes, seja pelas polêmicas com arbitragem. E os 2 times têm mostrado qualidade um pouco acima da média, então o nível técnico também foi superior, mesmo não sendo as melhores atuações de Náutico ou Botafogo.

O jogo poderia ter sido ainda mais emocionante se os goleiros Daniel Borges e Alex Alves não tivessem se destacado tanto.

https://twitter.com/SofaScoreBR/status/1406725642142588937

Pior jogo

Vila Nova 0 x 1 Coritiba

O 1º tempo da partida até foi razoável, com chances perigosas defendidas por Wilson e Georgemy. Mas o 2º tempo foi um tédio. Igor Paixão fez o gol decisivo aos 15 minutos e, depois disso, a partida “morreu”. O Coritiba fez o que deveria fazer pra segurar a vitória. E o Vila Nova não mostrou qualquer inspiração pra buscar o empate.

Melhor time

Guarani

O Bugre derrotou a Ponte Preta no dérbi 200 de Campinas. O único gol saiu após jogada de Carlão e gol de Régis. Mas a vantagem poderia ser maior, pois a Macaca mostrou fragilidade defensiva. E pior que isso: seguem sem nenhuma força ofensiva. Não à toa, continua na lanterna.

Piores times

Vila Nova e Ponte Preta

Como destacado acima, são 2 times que não mostraram poder de reação quando precisaram atacar. Outros times foram mal na rodada, como Cruzeiro e Confiança, mas pelo menos conseguiram um gol e algumas jogadas de perigo. Vila e Ponte estão sem criatividade e praticamente sem soluções.

Melhor jogador

Ciel (Sampaio)

O “vovô” de 39 anos decidiu pro Sampaio de novo. Ele saiu do banco e fez os 2 gols da vitória contra o Confiança, por 3 a 1, ambos de cabeça. Agora soma 16 gols em 21 jogos na temporada.

Paredão

Thiago Rodrigues (CSA)

Muitos goleiros têm se destacado na Série B. Nessa rodada poderíamos destacar os já citados Daniel Borges, Alex Alves, Wilson e Georgemy. Gabriel Mesquita, do Guarani, também foi bem. Mas Thiago interferiu demais no resultado. O CSA abriu o placar cedo e depois se acomodou. O Londrina cresceu e criou diversas chances. Poderia até ter vencido o jogo. Mas errou na pontaria e sofreu nas mãos de Thiago Rodrigues.

Pior jogador

Weverton (Cruzeiro)

Mais uma vez o Cruzeiro sofre por causa de uma expulsão no 1º tempo. Weverton deu um carrinho absurdo, com as solas dos pés, e levou cartão vermelho. E assim o Cruzeiro perdeu por 2 a 1 para o Operário.

Vale elogiar o Fantasma também. Afinal o time tem sofrido com um surto de covid-19 no elenco, mas mesmo assim assumiu a vice-liderança da Série B.

Golaço da rodada

Paulo Sérgio (Operário)

O atacante ex-Fla fez sucesso na temporada 2020, mas estava mal na Ponte em 2021. Foi anunciado como reforço do Operário na sexta-feira, estreou no sábado e marcou um gol de bicicleta contra o Cruzeiro.

Dedo do técnico

Ramon Menezes (Vitória)

A escalação para enfrentar o Brusque nem foi boa, mas isso é normal para quem está chegando agora. O mais importante é que Ramon observou exatamente o que deu errado e mudou no intervalo, quando o Vitória perdia por 1 a 0. Roberto e Fernando Neto saíram. Pedrinho e Bruno Oliveira entraram. O Vitória melhorou aos poucos e venceu por 3 a 1.

Vale destacar também a ousadia na substituição do volante Gabriel Bispo pelo atacante Ygor Catatau, que fez o 3º gol pouco tempo depois.

Ramon precisa inventar menos e aproveitar melhor o trabalho do antecessor, Rodrigo Chagas. Fazendo isso e mostrando essa qualidade nas substituições, pode levar o Vitória pra parte de cima da tabela.

Outras curiosidades

Brasil 2 x 1 Goias

O meia Gabriel Terra, do Brasil, viveu uma situação curiosa na partida. Fez o gol da virada contra o Goiás, mas pouco tempo depois foi expulso. O Xavante soube se defender e aumentou a freguesia do Goiás no retrospecto.

Vasco 3 x 0 CRB

O jogo teve 3 gols, mas também teve 3 bolas na trave. E duas delas podiam ter mudado o andamento da partida. Isso porque, quando estava apenas 1 a 0 para o Vasco, o CRB ficou a poucos centímetros de virar o jogo. Já a 3ª bola na trave foi em finalização de Cano, quando o jogo já estava 2 a 0 pro Vasco.

Avaí x Remo 

O jogo foi adiado por causa da forte chuva em Santa Catarina. Por enquanto não há nova data pra partida acontecer.

Comentários