Série B: luta contra rebaixamento tem 6 times travados, 2 reagindo e muitas dúvidas

Álvaro Jr./PontePress
332

Quando analisamos a Série B, é normal falar muito mais sobre a disputa pelo acesso. Afinal é mais importante do que a luta contra o rebaixamento. Mas dessa vez, na 22ª rodada, apareceu um bom contexto para abordar o Z4 em vez do G4.

Primeiro porque o G4 ficou consolidado: Coritiba, CRB, Botafogo e Goiás já estavam lá, pontuaram e viram os adversários tropeçarem. Todos principais times abaixo deles empataram ou perderam. Dessa forma, já está garantido que o G4 atual será mantido até o fim da 23ª rodada.

Então vamos falar da zona de rebaixamento, onde a disputa pega fogo. Temos 6 times travados, que ainda nem venceram no 2º turno: CSA, Remo, Brusque, Londrina, Confiança e Brasil.

Publicidade

Tem duas equipes reagindo claramente: o Vitória, que somou 7 pontos em 3 jogos difíceis; e a Ponte, que somou 6 e mostrou muita evolução ofensiva.

As dúvidas são o Vila Nova e o Cruzeiro. Até venceram no 2º turno e mostraram bons sinais após as trocas de técnico. Mas parece muito pouco ainda, principalmente no caso do time goiano.

Duas vagas na zona de rebaixamento parecem muito definidas para Brasil e Confiança. Mas as outras duas estão totalmente em aberto. E vai ter emoção até o fim.

Na 23ª rodada teremos 2 confrontos diretos para continuar tirando dúvidas: o Cruzeiro vai enfrentar a Ponte Preta em casa; e o Vitória vai duelar contra o Remo no Barradão. Serão jogos fundamentais pra apimentar ainda mais essa briga contra o rebaixamento.

Enquanto isso, fique com o resumo da 22ª rodada.

Melhor jogo

Ponte 3 x 2 Sampaio

Foi um jogaço com duas viradas, que só ficou definido aos 44 minutos do segundo tempo. A Ponte saiu na frente, tomou a virada no 2º tempo, mas arrancou a vitória perto do fim. E o nível técnico foi bom, com golaços e muitas chances criadas.

Pior jogo

Operário 0 x 1 Vitória

Foi um jogo amarrado, em que o Vitória soube anular o Fantasma na maior parte do tempo e conseguiu fazer gol no 1º tempo. Depois o time rubro-negro fez de tudo pra segurar o placar, o que deixou o jogo mais chato. Mas não há demérito nenhum do Vitória nisso. Fez o que precisava ser feito com muita competência. Com boa marcação, o Vitória vai escapar do rebaixamento tranquilamente, porque tem bons jogadores no ataque.

Melhor time

CRB

O CRB derrotou o Confiança por 2 a 1 fora de casa. Não foi uma atuação de grande domínio, mas o time mostrou todas qualidades que o levaram a estar no G4 agora, principalmente no setor ofensivo. As jogadas bem construídas, sempre com muita velocidade e inteligência, resultaram em gols marcados e desperdiçados. Era possível ter vencido por mais, mesmo com o time sergipano jogando melhor do que o normal.

Pior time

Avaí

O Avaí enfrentou o Brusque, que teve um jogador expulso no 2º tempo, quando o goleiro cometeu um pênalti. O goleiro defendeu e, depois disso, o Leão não soube aproveitar a vantagem numérica. A partida terminou 0 a 0.

Melhor jogador

Celsinho (Londrina)

O Londrina perdeu pro Coritiba por 3 a 2. Na verdade Celsinho nem foi o melhor jogador dessa partida. Mas o gol dele foi muito simbólico, então merece o posto de craque da rodada. Logo depois de ter sofrido injúria racial por causa do cabelo, ele usou o Black Power para fazer gol. Foi de arrepiar.

Piores jogadores

Cano e Vanderlei (Vasco)

É impressionante como os jogadores do Vasco cometem erros bobos. No empate por 1 a 1 com o Brasil, Vanderlei errou feio em uma saída de bola. Cano perdeu pênalti. Em um jogo antecipado da 23ª rodada, o Vasco continuou errando e perdeu pro Avaí, o que resultou na saída do técnico Lisca. Mas está claro que ele não foi o maior culpado. Os jogadores e a diretoria precisam assumir a responsabilidade diante dessa campanha caótica do Vasco.

Surpresa

Goiás 1 x 1 Cruzeiro

Esperava mais do Goiás nesse jogo. O time esmeraldino vinha embalado, jogava em casa e enfrentava uma equipe que, apesar da tradição, ainda está em reconstrução. Mesmo assim o Cruzeiro saiu na frente. O Goiás reagiu em sequência e gerou um momento muito divertido:

Paredão

Ruan Carneiro

O goleiro titular do Brusque cometeu pênalti e foi expulso. Ruan entrou, pegou o pênalti e ajudou a evitar uma derrota contra o Avaí.

E em jogo antecipado da 23ª rodada, Ruan já pegou também um pênalti cobrado por Léo Gamalho. Vive grande fase!

Sem paredão

CSA 1 x 1 Vila Nova

Esse jogo ficou marcado pelas falhas dos goleiros Thiago Rodrigues e Georgemy. São goleiros que já tiveram boas atuações nessa Série B, mas dessa vez foram vazados com facilidade, com chutes que foram em cima deles.

Outros jogos

Náutico 1 x 1 Guarani

Iago Dias, do Náutico, foi expulso no 1º tempo. Mesmo assim o Timbu conseguiu fazer o primeiro gol do jogo. Depois o Guarani reagiu, mas foi um empate ruim para ambos.

Remo 0 x 1 Botafogo

O Botafogo aproveitou a rodada favorável, mas precisa ficar bem atento. O Remo teve diversas chances reais de empatar e até vencer. A fase é excelente e ajudou muito, mas tem coisas que só acontecem com o Botafogo…

 

Comentários