São Bernardo FC: a família Restart do futebol

0 24

Publicidade

sbfc-restart
Chuteiras coloridas são uma verdadeira mania entre os jogadores de futebol já há algum tempo. No começo, só os destaques utilizavam calçado colorido, certamente como forma de escancarar a diferença de seu futebol para os outros. Depois, elas se disseminaram e viraram febre até entre jogadores de base, fosse ele um futuro craque ou um perna de pau mesmo.

Porém, nunca antes na história desse país, um time praticamente inteiro havia adotado chuteiras coloridas em uma partida. E foi o São Bernardo FC, que enfrentou o Juventus pela Copa Paulista com nada menos do que sete dos onze titulares com chuteiras coloridas (três amarelas, combinando com o uniforme; duas vermelhas; uma verde e uma roxa com detalhe rosa). Praticamente uma versão da família Restart!

Intrigado se aquilo seria apenas uma mera coincidência, fui ao banco de reservas e falei com o preparador físico da equipe. Segundo ele, aquilo não era uma revolucionária ação de marketing. “Muitos meninos ganham as chuteiras de patrocinador, mas não foi nada combinado”, afirmou. Uma pena, afinal seria um genial golpe publicitário. O problema é que o torcedor teria nas chuteiras coloridas a “deixa” para pegar no pé em caso de derrota.

Obs.: Ah, a partida terminou em 1 a 1, com gol de empate do Juventus saindo aos 47 minutos do segundo tempo. É… pensando bem, o sucesso dos atletas do Bernô como ídolos pop dos gramados deve ter subido à cabeça.

Você pode gostar também
Comentários
Carregando...