Sabe o gol que Pelé não fez? Tem sempre alguém fazendo, toda hora!

0 137

O cara pega o goleiro fora do gol, chuta do meio de campo e marca. Pronto, o narrador já descreve o lance como “o gol que Pelé não fez”.

Você já viu isso, com certeza. Pelé ficou marcado pelos três gols que “perdeu” contra o Uruguai nas semifinais da Copa do Mundo de 1970, mostrando que os lances podem ter tanto peso às vezes quanto os 1282 gols que o Rei marcou.

Manda daí, Rei!
Manda daí, Rei!

Mas este não é um texto para criticar Pelé. Na verdade, é para criticar o chavão. Quantos jogadores já fizeram “o gol que Pelé fez”?

Ora, o clichê é justificável. Afinal, Pelé fez de tudo em campo, e quando um jogador faz algo que Pelé não conseguiu fazer, certamente deve ficar feliz. Eu mesmo, que não sou exatamente um craque, fico feliz quando vou jogar futebol e faço um gol chutando lá da defesa, pegando o goleiro desprevenido. É natural.

Mas imaginamos que Pelé não tivesse uma fixação por fazer gols do meio de campo. Se botasse isso em mente, certamente faria mais de um. Talvez fosse justo chamar o lance de “o gol que Pelé não fez porque não tentou de novo”. Afinal, um monte de jogador que não foi ou é Pelé tentou e conseguiu, certo?

Enfim, chegamos onde queríamos. Este texto é uma homenagem ao gol que Pelé não fez. Afinal, não foram poucos os que fizeram lá do meio da rua – alguns na sorte, outros calculados. Veja 10 casos:

1992. Glauco (União São João)

1996. Beckham (Manchester United)

1997. Seedorf (Real Madrid)

2001. Fred (América-MG)

2003. Roger García (Espanyol)

2005. Walter Gaitán (Tigres)

2008. Eduardo Martini (Avaí)

2009. Sebastian Langkamp (Karlsruhe)

2013. Daniel Ludueña (Pachuca)

2014. Jonathan Ramis (LDU)

Você pode gostar também
Comentários
Carregando...