Rumo ao hexa? Invencibilidade histórica leva Brasil ao penta no futebol de 5

Imagem: Alê Cabral/CPB
1.054

Raimundo Nonato escapou do tranco no meio, saiu de quatro marcadores e acertou um chutaço de esquerda para marcar o gol do Brasil na vitória por 1 a 0 sobre a Argentina, na decisão do futebol de 5 dos Jogos Paraolímpicos de 2020, em Tóquio.

O belo gol do camisa 8 no segundo tempo da partida não apenas assegurou a vitória contra o maior rival do Brasil na modalidade, mas também ampliou os já impressionantes números da seleção brasileira no futebol das Paraolimpíadas.

Leia também:

Publicidade

Desde que o futebol de 5 estreou como modalidade paraolímpica, em Atenas-2004, o Brasil jamais perdeu um jogo. Considerando a campanha de Tóquio-2020, foram 27 jogos, com 21 vitórias e 6 empates. Nas cinco participações, foram cinco medalhas de ouro.

O retrospecto passa a impressão de tranquilidade diante de adversários, o que nem sempre é real. Rival da decisão no Japão, a Argentina é uma das duas seleções contra quem o Brasil mais jogou, ao lado da China. Foram cinco duelos contra cada uma.

Contra os chineses, o histórico é amplamente favorável, com quatro vitórias e um empate. Porém, contra os argentinos, foram três empates – inclusive na decisão de 2004, quando os brasileiros asseguraram o topo do pódio nos pênaltis.

Em Tóquio, o Brasil venceu os cinco jogos que disputou. Marcou 13 gols (seis deles com Nonato, autor do gol do título e artilheiro do time na competição) e não sofreu nenhum. De quebra, o título do futebol no Parque Esportivo Urbano de Aomi ainda garantiu ao Brasil sua 22ª medalha de ouro na edição 2020 dos Jogos Paraolímpicos. Até então, a melhor participação brasileira na competição havia sido em Londres-2012, com 21 ouros.

Paris-2024 já vem aí. E alguém duvida que o Brasil é candidatíssimo ao hexa?

Relembre as campanhas do futebol de 5 do Brasil nos Jogos Paraolímpicos:

Atenas-2004
Brasil 2 x 0 Argentina
Brasil 3 x 0 Espanha
Brasil 1 x 0 Grécia
Brasil 4 x 0 França
Brasil 4 x 0 Coreia do Sul
Brasil 0 (3) x 0 (2) Argentina

Pequim-2008
Brasil 3 x 0 Coreia do Sul
Brasil 1 x 0 Espanha
Brasil 0 x 0 Argentina
Brasil 5 x 0 Grã-Bretanha
Brasil 1 x 1 China
Brasil 2 x 1 China

Londres-2012
Brasil 0 x 0 França
Brasil 4 x 0 Turquia
Brasil 1 x 0 China
Brasil 0 (1) x 0 (0) Argentina
Brasil 2 x 0 França

Rio-2016
Brasil 3 x 1 Marrocos
Brasil 2 x 0 Turquia
Brasil 0 x 0 Irã
Brasil 2 x 1 China
Brasil 1 x 0 Irã

Tóquio-2020
Brasil 3 x 0 China
Brasil 4 x 0 Japão
Brasil 4 x 0 França
Brasil 1 x 0 Marrocos
Brasil 1 x 0 Argentina

O retrospecto, rival a rival:

Argentina: 5 jogos, 2 vitórias, 3 empates, 0 derrotas
China: 5 jogos, 4 vitórias, 1 empate, 0 derrotas
França: 4 jogos, 3 vitórias, 1 empate, 0 derrotas
Coreia do Sul: 2 jogos, 2 vitórias, 0 empates, 0 derrotas
Espanha: 2 jogos, 2 vitórias, 0 empates, 0 derrotas
Irã: 2 jogos, 1 vitória, 1 empate, 0 derrotas
Marrocos: 2 jogos, 2 vitórias, 0 empates, 0 derrotas
Turquia: 2 jogos, 2 vitórias, 0 empates, 0 derrotas
Grã-Bretanha: 1 jogo, 1 vitória, 0 empates, 0 derrotas
Grécia: 1 jogo, 1 vitória, 0 empates, 0 derrotas
Japão: 1 jogo, 1 vitória, 0 empates, 0 derrotas
TOTAL: 27 jogos, 21 vitórias, 6 empates, 0 derrotas

Comentários