Rodada de abertura da Série D 2021 tem jogador bravo após marcar gol, goleada e atleta dorminhoco

Fernando Campos/CE Aimoré
219

Após o fim da fase preliminar, enfim tivemos a primeira rodada de grupos da edição 2021 da Série D do Campeonato Brasileiro. Não faltaram histórias para contar: time estreando com goleada, jogador xingando convidado da diretoria, clube vencendo após 650 dias, novato estreando com vitória e surto de Covid-19. Confira o resumão da rodada:

Leia também:

Fast Clube (AM) 3 x 3 Ypiranga (AP)

Não faltou emoção no Estádio da Colina. Três gols foram marcados em 10 minutos! Aos 5 do primeiro tempo, Alexandre abriu o placar para os donos da casa. Porém, dois minutos depois, Pedro Lucas igualou o marcador para o Clube da Torre. Já aos 9 minutos, Felipe deixou os mandantes na frente de novo.

Publicidade

O empate veio aos 38 minutos, com Célio Mata-Boi. E logo veio a virada: de pênalti, Helson colocou o Ypiranga na frente. Até que aos 31 minutos do segundo tempo, Rodrigo fez o gol de empate do Fast.

Ao comemorar, o meia correu em direção a um convidado do time amazonense, que acompanhava a partida na arquibancada, e não se conteve. O jogador era criticado pelo homem toda vez em que tocava na bola e soltou o verbo. Confira:

 

Aimoré (RS) 4 x 1 Marcílio Dias (SC)

O time de São Leopoldo estreou na Série D com uma goleada sobre o Marcílio Dias. Aos 9 minutos no primeiro tempo, Padu marcou o primeiro gol do Aimoré em uma divisão nacional. Já na etapa complementar Neto Baiano (aquele!), Xandy e Bruno Ferreira aumentaram a vantagem. David Batista descontou para os visitantes.

 

Ferroviária (SP) 0 x 3 Uberlândia (MG)

No Estádio Walter Ribeiro, em Sorocaba (SP), o Verdão não tomou conhecimento da Ferroviária. O time mineiro abriu o placar com  Kellyton em uma bela cobrança de falta. Depois, de pênalti, Daniel Costa ampliou. Na segunda etapa, Leo Martins fechou a conta para os visitantes.

 

Portuguesa (SP) 2 x 2 Cianorte (PR) 

Após a eliminação do Campeonato Paulista A2, a Portuguesa deixou escapar a vitória no retorno à Série D após quatro temporadas. A Lusa estava em vantagem até os 45 minutos do segundo tempo, quando Léo Porto igualou para o Cianorte.

 

Curiosidades: 

  • O Treze (PB) enfrentou o ABC (RN) com 12 desfalques devido a um surto de Covid-19 no elenco. Mesmo assim, o time potiguar ficou só no 1 x 0 em um gol de pênalti.
  • O Imperatriz (MA) colocou fim a um jejum de vitórias que durava desde 2019 em competições nacionais, quando venceu o Sampaio Corrêa por 1 x 0 pela Série C daquele ano. Neste domingo, o Cavalo de Aço bateu o Palmas (TO) por 3 x 2.
  • No duelo de técnicos estreantes em competição nacional, o português Daniel Neri, do América (RN), levou a melhor sobre o ex-zagueiro Junior Baiano. O Mecão bateu o Central (PE) por 1 x 0.
  • A “Lei do Ex” deu as caras na partida entre Patrocinense (MG) x Rio Branco-VN (ES). Marcudinho, ex-atacante do time capixaba, abriu o placar para a Águia Grená. No último lance, Wesley empatou para o Patrocinense.
  • O volante Paulo de Tárcio, do Paragominas (PA), perdeu a estreia do time por um motivo inusitado: o jogador dormiu demais e perdeu o embarque da delegação para Sobral, no interior do Ceará. A diretoria até tentou entrar em contato via ligação e mensagens, mas o atleta não respondeu. Os paraenses perderam para o Guarany de Sobral (CE) por 1 x 0.
  • Caldense (MG) e Rio Branco (ES) se reencontraram na abertura da Série D seis anos depois de se enfrentarem nas oitavas de final da divisão. Novamente, a Veterana saiu com a vitória: 2 x 1 para a Caldense.
Comentários