Rio Claro, Água Santa e São Bernardo largam na frente nas quartas da Serie A2 de SP

Gustavo Muniz/SC Atibaia
274

Passadas quinze rodadas, finalmente chegamos aos momentos decisivos do Campeonato Paulista Série A-2. Uma vacilo faz com que a equipe se complique e, consequentemente, seja eliminada.

Vimos muito equilíbrio em alguns confrontos, e em um deles, teve time que abriu boa vantagem para o jogo de volta. Confira tudo o que rolou no primeiro duelo das quartas-de-final da Série A2 Paulista.

XV de Piracicaba x Oeste

O único confronto a terminar empatado, e também sem gols, foi o embate entre XV de Piracicaba e Oeste. Com a melhor campanha no geral, o Rubrão esperava aproveitar a má fase do rival, que há tempos não sabe o que é vencer, mas a partida foi bem parelha e acabou ficando na igualdade.

Publicidade

Red Bull x Rio Claro

Em contrapartida, o confronto entre Red Bull Brasil e Rio Claro foi bem movimentado. O jogo aconteceu na manhã da última terça-feira (18), e não faltou emoção para ambos os lados.

Logo aos 5 minutos da primeira etapa, em cobrança ensaiada de falta pelo lado direito do ataque, Eliton Júnior cruzou forte na área e Wallison testou firme para o fundo do meta do Galo Azul.

O Rio Claro não se abateu com o gol sofrido e foi pra cima em busca do empate. Aos 15 minutos, o VAR entrou em ação e auxiliou o árbitro da partida a marcar pênalti para os visitantes: Denílson foi para a cobrança, mas Fabrício foi gigante e fez a defesa, espalmando para escanteio.

Na batida do escanteio, a bola veio à meia altura e rolou outro toque de mão dentro da área do Toro Loko. Dessa vez o árbitro da partida estava bem posicionado e não precisou da ajuda do VAR para apontar a marca da cal. Gian foi para a batida e não desperdiçou, igualando o marcador.

Na segunda etapa, o Red Bull Brasil voltou melhor e passou a pressionar a equipe de Rio Claro. Mas sempre parava na marcação ou nas próprias deficiências ofensivas.

Quando tudo parecia encaminhado para um empate, Junior Timbó – que havia entrando no lugar de Gian, autor do primeiro gol – mandou um petardo no canto do goleiro Fabrício, virando o jogo para os visitantes. Vantagem para o Galo Azul para a partida de volta.

Portuguesa x Água Santa

Depois de começar com o freio de mão puxado, a Portuguesa se recuperou na competição e conseguiu a classificação. Contudo, recebeu a ingrata missão de encarar o invicto Água Santa. O jogo até começou de forma equilibrada, mas logo a superioridade do Netuno se fez presente.

Na marca dos 31 minutos do primeiro tempo, Luis Ricardo marcou no rebote do goleiro Thomazella, em falta cobrada por Dadá Belmonte, mas o lance acabou invalidado, já que o zagueiro Helder cometeu falta sobre o goleiro da Portuguesa.

Pouco depois, aos 35, Renato Júnior tentou um chute despretensioso de fora da área, que mudou de “chute” para “passe” e caiu nos pés de Rhuan, que só teve o trabalho de escolher o canto e correr para o abraço.

Na segunda etapa a expectativa era que a Portuguesa voltasse com “sangue nos olhos” em busca do empate. Porém, esse ímpeto logo se cessou. Aos 4 minutos da etapa complementar, Dadá Belmonte recebeu belo passe de Luan Dias, penetrou a área, e bateu colocado, no canto esquerdo da meta lusitana.

Ambas as equipes tiveram algumas chances na sequência do gol, mas o ritmo da partida acabou caindo e ficou nisso – 2 a 0 para o Água Santa em pleno Canindé e vantagem para o segundo jogo.

São Bernardo FC x Atibaia

No outro jogo, o Atibaia foi até o ABC encarar o São Bernardo FC e saiu atrás no confronto de 180 minutos – a única vitória de uma equipe de pior campanha na primeira fase. Poucas chances rolaram no primeiro tempo apesar do ritmo frenético de ambas as equipes.

Na volta do intervalo, aos 4 minutos, João Carlos apareceu na pequena área após jogada em que VItinho cruzou e Maranhão escorou de cabeça para o centro da área, para fazer o tento da vitória do Tigre.

Na reta final do jogo, aos 41, João Carlos desviou e Patrick apareceu para completar para o fundo do gol do Falcão. Mas após revisão por parte do VAR, foi marcado o impedimento do ataque do Tigre. Fim de jogo, 1 a 0 em favor do São Bernardo.

Sendo assim, Água Santa e Rio Claro, clubes com melhores campanhas largaram na frente e decidem a vaga em casa, além da vantagem no agregado. O Atibaia agora precisa reverter em casa a vantagem mínima obtida pelo São Bernardo no duelo de ida, enquanto XV de Piracicaba e Oeste, decidem em Barueri quem avança as semifinais.

Vai pegar fogo, bicho!

Confira os resultados:

  • XV de Piracicaba 0 x 0 Oeste
  • Portuguesa 0 x 2 Água Santa
  • Red Bull Brasil 1 x 2 Rio Claro
  • São Bernardo 1 x 0 Atibaia
Comentários