Quem precisa do FM 2017 quando o melhor manager de futebol é de graça?

0 19.824

Publicidade

As expectativas sombrias em relação ao Football Manager se confirmaram e o Brasil ficou de fora do lançamento da edição 2017 do simulador, que rolou nesta sexta 4.

Isso não quer dizer que será impossível jogá-lo, mas será mais caro e mais difícil. Uma alternativa é comprar keys em sites como o Nuuvem e G2A, ou partir para uma saída ilegal.

Mas vamos falar a verdade: quem é que precisa do FM 2017 quando um dos melhores managers já feitos para PC está sendo constantemente atualizado e ainda por cima pode ser baixado de graça?

Lógico que estou falando do Championship Manager 2001/2002, lançado em outubro de 2001 e considerado por muita gente como o melhor já produzido.

Ao menos para a maioria da galera da minha geração – que está entrando na casa dos 30 anos – foi a porta de entrada para o vício em jogos manager. Para nós, o pulo do Elifoot 98 para o CM 01/02 foi um salto geracional, tão estonteante quanto sair do celular tijolo e entrar no mundo futurista dos smartphones.

As novidades estavam além da nossa imaginação: dava para perder horas mexendo na parte tática, avaliando as características de cada jogador; era possível mandar o olheiro acompanhar o time adversário; havia como treinar habilidades específicas nos jogadores; e a parte de transferência era um caso à parte. Muitas vezes a diretoria simplesmente se recusava a gastar uma bolada em um jogador e você era obrigado a usar o que tinha à disposição.

Mas melhor do que eu descrever o jogo, o melhor é você mesmo baixar e conferir, já que em 2009 a então distribuidora do jogo Eidos resolveu liberar o CM 01/02 na faixa. O arquivo é em ISO, então é só gravar um CD-R e jogar.

No formol

E como já mencionei, a cada ano o jogo sofre uma atualização. No Forum Champman 01/02, os usuários não só se dedicam a deixar as escalações parecidas com dos dias de hoje, como também simulam temporadas clássicas das décadas de 80 e 90.

Mas o que essa versão tem de tão especial a ponto de ainda ser mantida atualizada após 15 anos do lançamento? É só nostalgia ou tem algo a mais?

Graham Smith, do site Rock, Paper, Shotgun, tem uma explicação simples: a versão 01/02 foi uma das que melhor balanceou simulação com simplicidade. Uma pessoa que nunca jogou um manager de esportes consegue facilmente se situar e começar a jogar por horas a fio.

Nas versões mais recentes, há tantas opções na mão do jogador que é muito fácil se perder. Óbvio que as inovações gráficas, permitindo assistir à partida, e a possibilidade de motivar o jogador deram mais profundidade ao game, mas a busca pelo realismo acaba exigindo uma dedicação que poucas pessoas têm à disposição.

Teoricamente, a versão mobile do Football Manager deveria suprir essa deficiência, mas algo aconteceu na transição entre computador e celular/tablet que fez a premissa falhar. Por isso, uma galera deu um jeito de rodar o CM 01/02 em um tablet.

Tó Madeira

Outro motivo que faz o CM 01/02 ser tão famoso é o caso Tó Madeira. Para quem não sabe: Tó Madeira foi um dos melhores jogadores da história dos managers de futebol, capaz de fazer mais de 60 gols por temporada, e que defendia o Clube Desportivo de Gouveia, da 3ª divisão de Portugal.

O detalhe sórdido é que esse jogador nunca existiu. Tudo não passou de uma piada do português António Lopez, que na época era colaborador da Sport Interactive (SI). Como o trabalho de criação de dados dos times não pagava nada, ele resolveu se prestar essa homenagem.

O fato é que a brincadeira rapidamente saiu do controle. Existe uma história não-oficial de que vários times contataram o Gouveia na tentativa de contratar o atacante misterioso.

Mas, em 2002, a SI deu um basta na história e, após uma atualização, retirou Tó Madeira do banco de dados do jogo.

Só que a lenda do craque desconhecido perdurou. Tanto que, anos depois, em 2011, os funcionários da SI montaram um time de futebol para disputar as ligas amadoras da Inglaterra – as famosas Sunday Leagues. O nome escolhido? F.C. Tó Madeira.

 

F.C. Tó Madeira
F.C. Tó Madeira: o que era para ser uma trollagem sem compromisso virou uma lenda dos games e deu nome a um time de futebol na Inglaterra
Você pode gostar também
Comentários
Carregando...