Que tal a terceira camisa da Ponte Preta para 2020?

Imagem: Divulgação
0 293

A Ponte Preta divulgou nesta quinta-feira (28) uma imagem de sua terceira camisa para a temporada 2020. O desenho foi decidido em um concurso lançado em maio pelo clube, e o escolhido foi definido em votação aberta.

As inscrições foram lançadas em 15 de maio, e o departamento de marketing da Ponte pré-aprovou 134 projetos. Destes, cinco finalistas foram escolhidos por um júri formado por três pessoas: a influencer Aline Zanchetta, o historiador José Moraes Neto e o jornalista e escritor Stephan Campineiro.

Leia também:

“Houve uma grande quantidade de modelos modernos e criativos, em que o torcedor fugiu do tradicional, o que tornou mais difícil fazer a seleção. É claro que, na minha opinião, é quase impossível fazer uma camisa da Ponte ficar feia, então não foi fácil escolher, mas acredito que as cinco que selecionamos estavam muito boas”, contou Campineiro.

Com os cinco finalistas escolhidos, o clube então abriu uma votação popular, encerrada na manhã desta quinta-feira. E o primeiro lugar ficou com o projeto de Fernando Vieira, que recebeu 71.811 votos (49,6% do total). Pedro de Oliveira, com 59.256 votos (41%) ficou em segundo, e Lucas Lourenço da Silva, com 9.521 votos (6,6%), foi o terceiro.

Os três recebem prêmios. O segundo e o terceiro lugares vestirão os goleiros do time.

Imagem: Divulgação

Mas o que explica o peculiar desenho da camisa vencedora?

Trata-se de uma releitura do uniforme que a Ponte adotou em 1996 – coincidentemente, ano que marcou a chegada de Sérgio Carnielli à presidência do clube. Em 1997, o time foi vice-campeão da Série B, conquistando vaga no Campeonato Brasileiro. Em 1999, veio o vice na Série A-2 do Paulista e a vaga na primeira divisão estadual do ano seguinte.

Imagem: Mercado Livre

“Ficamos muito felizes com a participação do público, muita gente votando e fazendo campanha pela peça favorita. Vale lembrar que as cinco concorrentes dentre as mais de 130 inscritas, escolhidas por uma comissão julgadora externa, ganharão prêmios. Porém, em virtude da grandiosidade da eleição, a diretoria executiva optou por valorizar as três mais votadas: a primeira colocada – que muita gente entendeu ser inspirada no uniforme de 1996 – será a camisa três”, disse Moacir Pereira, diretor de marketing da Ponte.

“A segunda, que disputou cabeça a cabeça o primeiro lugar em boa parte da eleição, será a camisa titular de goleiro do uniforme três, a que normalmente é usada pelo Ivan . E a terceira, claramente uma homenagem à camisa do título de 1969, será a camisa do goleiro reserva, posição hoje do também ótimo Ygor Vinhas”, completou.