O esquadrão do Hercílio Luz está pronto. Vem aí mais um emergente em SC?

0 193

O Hercílio Luz, time da cidade de Tubarão (SC), está com um planejamento um tanto quanto ousado para a disputa da Série B do Campeonato Catarinense deste ano. Para chegar à elite catarinense, o Leão do Sul decidiu fazer como muitos clubes modestos do interior do Brasil: investiu em nomes conhecidos no cenário nacional.

A começar por Nem Lima. Não sabe quem é? Pois o treinador de 43 anos, que já comandou Vitória (PE), São José (PR) e XV de Jaú (SP), é mais conhecido como o capitão do título brasileiro de 2001, quando atuava como zagueiro do Atlético-PR, e por uma passagem pelo São Paulo nos anos 90.

Como auxiliar, outro ex-atleticano: o meia Adriano Gabiru, mundialmente famoso pelo gol que garantiu o título mundial ao Inter-RS em 2006, contra o Barcelona-ESP. A função é uma novidade para o ex-jogador, que encerrou sua carreira no ano passado, defendendo o Panambi (RS) pela divisão de acesso do Gauchão.

(Crédito: Divulgação)
(Crédito: Divulgação)

Mas a ousadia do modesto Hercílio Luz não fica somente no reservado. No final de maio, a equipe anunciou a chegada do zagueiro Alex Silva, o popular Pirulito, que defendeu times como São Paulo, Flamengo, Cruzeiro, Hamburgo (Alemanha) e até seleção brasileira, mas que estava sem clube desde que deixou o Rio Claro, camisa que vestiu no último Campeonato Paulista.

Com 31 anos, Silva se mostrou feliz e motivado por pela oportunidade e reforçou o desejo da equipe de conquistar o acesso à elite do futebol catarinense. Além dele, chegaram também jogadores como o lateral esquerdo Ávine (ex-Bahia), o meia Jeff Silva (ex-Náutico e Avaí), o meia Luis Miguel de los Santos (que disputou o Mundial Sub-17 de 2009 pela seleção uruguaia) e o atacante Lima (ex-Atlético-PR e Corinthians).

A missão é clara: colocar o Hercílio Luz na Série A do Campeonato Catarinense em 2017. Mais do que isso, o clube – fundado em 1918 – quer comemorar seu centenário na elite estadual. Para tal, apostou forte no apoio de seus patrocinadores para montar um elenco capaz de conquistar uma das duas vagas na primeira divisão.

“A gente está fazendo um plantel de ponta para não nos arrependermos”, explicou ao Última Divisão Dalmiro Nunes, o Miroca, presidente do conselho deliberativo do Hercílio Luz. “Estou desde o ano passado trabalhando para montar este time. Estamos há seis meses pra fazer um time de ponta. Fomos conversando um a um para conseguir formar esse time”, completou.

É Miroca, que também ocupa o cargo de diretor de futebol, o responsável pela montagem do oneroso elenco hercilista – o presidente eleito para o biênio 2015/2016, Alexandre Moraes, se licenciou em maio de 2016 para buscar uma vaga na Câmara de Vereadores de Tubarão. Os jogadores têm contrato apenas até o final da Série B, no fim de novembro, mas o eventual acesso pode ajudar a manter o elenco formado.

Empacado na Série B de SC desde 2008, o Hercílio quer aproveitar o momento emergente do futebol local. Nas duas primeiras divisões nacionais, Avaí, Chapecoense, Criciúma, Figueirense e Joinville são presenças constantes. No cenário local, Metropolitano e Inter de Lages brigam para romper as fronteiras estaduais. Agora, o Hercílio Luz luta para entrar na mesma rota. Será que dá?

Confira nossa entrevista exclusiva com Dalmiro Nunes, o Miroca:

Última Divisão: Como tem sido feito o planejamento do elenco?
Miroca: Para nós, é um novo projeto. A gente quer subir. Nossas equipes, a gente fazia para ficar na intermediária. A gente começou esse projeto desde o ano passado, desde novembro, pensando em como viabilizar. Temos conversado com esses jogadores, e eles têm vindo com esse projeto extenso. Queremos subir neste ano e permanecer na primeira divisao no ano que vem. Em 2018, nosso clube completa 100 anos. O Hercílio Luz é o clube mais velho do estado atuando, e em 2018 a gente quer fazer um promocional a mais.

UD: O Nem e o Adriano Gabiru estão confirmados na comissão técnica?
M: Quem está fazendo esse tipo de contratação somos eu e o Fabrício, que foi jogador também. Quem está em contato com os jogadores somos nós dois. Quanto ao Nem, (foi indicação de) um sobrinho que eu tenho em Curitiba, que também é atleticano. Em uma conversa, veio disposto a subir. A gente conversou com todos os jogadores – quem não se mostrou com vontade, tchau. A gente está formando um grupo decidido a subir.

Hercílio_Luz-SCUD: A comissão técnica avaliza essas contratações?
M: O Ávine, tudo… A gente está fazendo um plantel de ponta para não nos arrependermos. As contratações, o nosso treinador são consultados também.

UD: A gente imagina que a montagem desse elenco seja um processo custoso…
M: A gente tem uma folha de pagamento bem alta. A gente procurou o máximo de patrocinadores. Com certeza, o Hercílio Luz é o time mais conhecido da cidade.

O Hercílio Luz estreia na Série B do Campeonato Catarinense em 16 de julho, às 16h (horário de Brasília), enfrentando o Barra no Estádio Augusto Bauer, em Brusque. Confira a tabela completa da equipe:

  • 16/7, 16h: Barra 1 x 2 Hercílio Luz – com gol de Alex Silva, inclusive!
  • 24/7, 16h: Hercílio Luz x Tubarão
  • 31/7, 16h: Litoral x Hercílio Luz
  • 7/8, 16h: Hercílio Luz x Juventus
  • 14/8, 16h: Hercílio Luz x Concórdia
  • 21/8, 16h: Porto x Hercílio Luz
  • 28/8, 16h: Hercílio Luz x Operário de Mafra
  • 4/9, 16h: Marcílio Dias x Hercílio Luz
  • 11/9, 16h: Hercílio Luz x Jaraguá
  • 18/9, 16h: Hercílio Luz x Barra
  • 25/9, 16h: Tubarão x Hercílio Luz
  • 2/10, 16h: Hercílio Luz x Litoral
  • 9/10, 16h: Juventus x Hercílio Luz
  • 16/10, 16h: Concórdia x Hercílio Luz
  • 23/10, 16h: Hercílio Luz x Porto
  • 30/10, 16h: Operário de Mafra x Hercílio Luz
  • 6/11, 16h: Hercílio Luz x Marcílio Dias
  • 13/11, 16h: Jaraguá x Hercílio Luz
  • 20/11, 16h: 1º jogo das finais
  • 27/11, 16h: 2º jogo das finais

(Colaborou Emanuel Colombari)

Você pode gostar também
Comentários
Carregando...