Pequenos Times, Grandes Vexames: São Paulo x Criciúma, 1990

0 164

Publicidade

Esta série relembra os maiores vexames dos times considerados grandes na Copa do Brasil. Para conferir todos os capítulos já publicados, clique AQUI. Para maior comodidade, o link será aberto em uma nova janela.
Colaborou: Allan Brito

Único dos grandes clubes paulistas a nunca ter vencido a Copa do Brasil, o São Paulo tem poucas participações em Copa do Brasil, Porém, isso não zera a lista de eliminações inesquecíveis. A mais dolorosa foi em 2000, na final contra o Cruzeiro, decidida nos últimos minutos com gol de falta de Geovanni. Também traumática foi a queda para o Corinthians em 2002, ano em que o time ganhou a pecha de amarelão, que só foi acabou em 2005. Além disso, o time também acumulou eliminações para equipes de Série A com menos poder financeiro e muito menos cotadas que o clube do Morumbi, como para o Avaí, nas quartas de final em 2011, e para o Coritiba na semifinal de 2012. Mas a pior de todas derrotas aconteceu em jogo contra o Criciúma, em 1990, uma das piores temporadas da história do clube tricolor.

Por que foi vexame?

Foi a única eliminação do São Paulo para um time que estava em uma divisão inferior. O Criciúma tinha sido campeão catarinense em 1989, mas ainda estava na Série B nacional quando conseguiu surpreender o time do Morumbi, pelas quartas de final da Copa do Brasil.

Porém, vale lembrar que esse time do Criciúma não era bobo: já tinha eliminado Inter e Coritiba e, um ano depois, com um elenco ainda semelhante, foi campeão da mesma Copa do Brasil.

Qual é a história?

O São Paulo não estava bem naquele e já tinha sofrido o discutível rebaixamento no Campeonato Paulista de 1990. Mas conseguiu vencer o primeiro jogo por 1 a 0. No Morumbi, o time contou com gol de Diego Aguirre para conseguir a vitória.

O vexame ajudou a derrubar Forlan e colocar Telê na rota do São Paulo
O vexame ajudou a derrubar Forlan e colocar Telê na rota do São Paulo

Bastava um empate no jogo de volta, mas o Criciúma jogou com um time muito ofensivo e contou com gols dos atacantes Soares e Jairo Lenzi para surpreender. Um mês depois, o técnico Forlan caiu e deu lugar a um homem que faria história no São Paulo, Telê Santana.

Quem jogou?

Não faltavam jogadores que depois se consagraram no São Paulo, como Zetti, Ronaldão, Cafu e Raí. Mas a escalação variou bastante entre os dois jogos, mesmo com um período de apenas duas semanas entre eles.

Zetti e Cafu, por exemplo, só participaram do primeiro jogo, vencido pelo São Paulo. Na partida do vexame o São Paulo teve Gilmar; Cesar, Ronaldão, Antônio Carlos, Ivan, Betinho (Sidney), Carrasco (Edmilson), Bernardo, Raí, Vizolli e Diego Aguirre.

De volta para o presente

O São Paulo escapou com relativa tranquilidade de um vexame na primeira fase. Não matou o segundo jogo contra o CSA, mas venceu em casa por 3 a 0 e fez grande festa no Morumbi. Agora o desafio será contra outra equipe alagoana, o CRB.

Relembre todas campanhas do São Paulo na Copa do Brasil:

  • 1989: não disputou
  • 1990: quartas de final, Criciúma (semifinalista/Série B)
  • 1991: não disputou
  • 1992: não disputou
  • 1993: quartas de final, Cruzeiro (campeão/Série A)
  • 1994: não disputou
  • 1995: quartas de final, Grêmio (finalista/Série A)
  • 1996: oitavas de final, Internacional (quadrifinalista/Série A – foi eliminado pela escalação irregular do jogador Lima)
  • 1997: oitavas de final, Vitória (quadrifinalista/Série A)
  • 1998: quartas de final, Vasco (semifinalista/Série A)
  • 1999: oitavas de final, Botafogo (finalista/Série A)
  • 2000: vice-campeão, Cruzeiro (campeão/Série A)
  • 2001: quartas de final, Grêmio (campeão/Série A)
  • 2002: semifinal, Corinthians (campeão/Série A)
  • 2003: quartas de final, Goiás (semifinalista/Série A)
  • 2004: não disputou
  • 2005: não disputou
  • 2006: não disputou
  • 2007: não disputou
  • 2008: não disputou
  • 2009: não disputou
  • 2010: não disputou
  • 2011: quartas de final, Avaí (semifinalista/Série A – rebaixado no mesmo ano)
  • 2012: semifinal, Coritiba (finalista/Série A)
  • 2013: não disputou
Você pode gostar também
Comentários
Carregando...