Palmas se une a Audax e traça meta ousada: vencer a Copa do Brasil até 2024

0 66

No fim de abril, o Palmas Futebol surpreendeu muita gente no futebol tocantinense ao firmar uma parceria com a sensação do futebol paulista, Osasco Audax (SP), e traçar uma meta que, hoje, parece impossível aos times do estado: conquistar a Copa do Brasil em até oito anos.

O objetivo foi anunciado ao vivo e com convicção pelo diretor de futebol Karriello Coelho na rádio CBN Tocantins e deixou jornalistas, comentaristas e ouvintes impressionados. Afinal, naquela ocasião o time amargava seis derrotas consecutivas no campeonato estadual e o rebaixamento parecia iminente.

Como primeiro fruto da parceria, o Palmas anunciou naquele mesmo dia a chegada de Max Sandro, até então técnico do sub-20 do time de Osasco. O treinador mal pisou em solo tocantinense e foi direto treinar o time, alegando que não havia tempo a perder.

O empenho deu resultado – pelo menos no início. O time reagiu e venceu Tocantinópolis e Paraíso, mas logo voltou a empatar e perder algumas partidas, o que acabou provocando o rebaixamento – o terceiro em nove anos – com duas rodadas de antecedência.

Mesmo assim, parceria e objetivos foram mantidos, como havia prometido o diretor naquela entrevista para a rádio. Para melhorar a situação, na mesma semana o clube acabou herdando a vaga do Interporto na Série D do Brasileiro, que desistiu alegando problemas financeiros. Nem mesmo a saída repentina do presidente Richard Sanches dias depois, alegando problemas pessoais, parece ter atrapalhado o planejamento e os sonhos da equipe.

Para a competição nacional, que começa neste fim de semana, o Palmas já conta com seis reforços vindos do time paulista: Vinícius (Z), Edilson (LD), Josemar (LE), Kallyl (V), Thiago Seiji (A) e Willian Mococa (A). Além deles, outros 10 reforços foram contratados, entre eles Dênis William (A), formado na base do Santos, e Vinícius Santos, com passagem pelo Cruzeiro.

Na última divisão nacional, o time está no grupo A2, ao lado de Baré-RR, Princesa do Solimões-AM e São Francisco-PA, adversário da estreia. O nome do Palmas Futebol está mantido, mas a promessa é que a marca Audax esteja estampada na camisa. Será que essa parceira consegue se firmar no cenário nacional daqui alguns anos? Quem viver, verá.

Você pode gostar também
Comentários
Carregando...