O que rolou na fase preliminar da Série D 2020

Lucas Figueiredo/CBF
0 120

Saiu nesse domingo (13) os times que faltavam para fechar quatro grupos da Série D 2020. Confira a seguir o que rolou em cada um dos confrontos:

 

Brasiliense 4 x 0 Tocantinópolis (Agregado: 4 x 1)

4530910a Fc3e 46db 9a74 70fadc8cf1ed
Créditos: Rafaela Felicciano/Metrópoles

O primeiro classificado saiu do jogo realizado na Arena Mané Garrincha na capital de todos os brasileiros. O Brasiliense (DF) não perdeu tempo e iniciou uma goleada frente ao Tocantinópolis (TO). Foram 4 gols com um detalhe: o primeiro gol de cada tempo foram marcados por atletas com nomes famosos.

Logo aos 6 minutos do primeiro tempo, Balotelli abriu o marcador. Com o gol sofrido, o Tocantinópolis se alçou ao ataque dando espaço para o Jacaré contra-atacar. Não demorou muito para Luquinhas aos 36 minutos marcar o segundo para o Brasiliense.

No segundo tempo, Romarinho deixou o dele aos 37 minutos. E, 10 minutos, depois vitor Mariano fechou a conta. Com a classificação, vamos ter mais dois clássicos entre Brasiliense e Gama na temporada.

Aquidauanense 1 x 3 Real Noroeste (Agregado: 2 x 6) 

6db0e25d 7b61 4f09 B7aa 5bd8d22a72a1
Créditos: futebolinterior.com.br

No estádio Noroeste, o Aquidauanense (MS) tentou reverter o resultado sofrido diante do Real Noroeste (ES) no primeiro jogo. Vi um time de garotos com muita vontade e tentando o resultado. Foi com essa vontade que Bruno Chaves abriu o marcador para o Aquidauanense aos 16 minutos do primeiro tempo.

Porém, ainda no primeiro tempo, aos 44 minutos Aloisio empata para os capixabas. No segundo tempo a experiência contou a favor do Real Noroeste, que soube controlar o jogo em seu favor e sacramentou o resultado com dois gol seguidos: Aloisio aos 40 e Ailton aos 41 minutos do segundo tempo.

 

Ypiranga 0 x 1 Baré (Agregado: 0 x 4)

Noti 1599436815
Créditos: Eides Antonelli

Jogando em Macapá, o Baré (RR) enfrentou o Ypiranga (AP) com o regulamento debaixo do braço. O time amapaense não tinha outra alternativa a não ser se alçar ao ataque para tentar reverter os 3 gols sofridos em Boa Vista.

Porém, a pontaria ruim fez o time se despedir da Série D 2020 sem marcar nenhum gol. Por falar em gol, como já dizia o ditado: “Quem não faz, leva.” E no apagar das luzes, o Baré fez, aos 43 do segundo tempo com Digão, o único gol do jogo.

Nacional 1 x 2 Ji-Paraná (Agregado: 2 x 4)

Jipa X Naca
Créditos: Antônio Assis/FAF

O Nacional (AM) foi para um jogo decisivo após perder a primeira partida por 2 a 1 em Rondônia para o Ji-Paraná (RO). Foi uma partida de muita correria, ataque contra defesa.

Os gols saíram no final dos dois tempos, com o Ji-Paraná repetindo o primeiro resultado: aos 47 minutos do primeiro tempo, Max Marabá abriu o placar para os rondonienses; no final do segundo tempo, aos 46 minutos, Aílton fez o segundo; e ainda nos acréscimos, aos 49 de pênalti, o Nacional descontou com Jackie Chan. Mas esse não é aquele famoso ator de filmes de artes marciais, porém também é bom em outra profissão o futebol.