O criador da Copinha

0 36

Publicidade

A Copa São Paulo de Futebol Júnior é uma das competições mais tradicionais do calendário esportivo. Disputada anualmente no mês de janeiro, o campeonato ajudou a revelar grandes jogadores. O inventor da Copinha não ficou muito conhecido. Homem modesto e bonachão, o jornalista e dirigente esportivo Fábio Lazzari (1931-2011) não recebeu o reconhecimento de sua importância.

Em 1969, Lazzari era assessor especial do prefeito paulistano Faria Lima. O político pediu ao jornalista a criação de eventos para a comemoração do aniversário da cidade de São Paulo. Foram disputados torneios nas modalidades de vôlei, basquete, handebol, futsal, hóquei em patins, atletismo, natação, ginástica e futebol. “O futebol foi uma luta. Os clubes estavam de férias e a maioria não queria participar. Alguns preferiam jogar com a categoria juvenil”, afirmou o criador da competição em depoimento concedido a mim em 2009.

O primeiro time que aceitou participar da Copa foi o Corinthians. “Nós fomos falar com o pessoal do Timão e eles toparam. Depois fecharam conosco o Juventus e o Nacional da Comendador Souza. Os diretores do Palmeiras ficaram na dúvida. Mas eles acabaram topando”.

Desta maneira, a primeira edição do torneio contou com quatro clubes. Naquela ocasião, a Prefeitura arcou com os custos dos participantes. O quadrangular foi disputado no Centro Educacional e Esportivo Vicente Ítalo Feola, localizado na Vila Manchester, zona leste de São Paulo. O Corinthians foi o vencedor do torneio.

Em 1971, a Copinha passou a contar com a participação de times de outros estados. A descoberta de grandes atletas valorizou a competição. Em 2011, a Copa contou com 92 agremiações. O campeonato revelou diversos nomes do futebol brasileiro como Éder Aleixo, Falcão, Marcelinho Carioca, Neymar, Toninho Cerezo, entre outros. Lazzari criticava os rumos que a competição tinha tomado. “Nosso principal objetivo era a revelação de jogadores. Hoje, muitas vezes a prioridade parece ser outra”.

Dentro da vida profissional, Lazzari atuou como diretor de promoções esportivas da Secretaria Municipal de Esportes. Também foi gerente administrativo da Federação Paulista de Futebol. Desde 1991, era presidente da Federação Paulista de Handebol. Morador do bairro do Belenzinho, Fábio morreu no dia 4 de julho de 2011, vítima de um enfarte.

Você pode gostar também
Comentários
Carregando...