O bom, o mau e o feio da fase de grupos da Segundona 2020 de SP

278

Terminou a fase de grupos do Campeonato Paulista – Segunda Divisão 2020. Depois de dez rodadas em que vimos de tudo um pouco, 16 equipes se qualificaram para as oitavas de final da competição, que representa a quarta e última divisão paulista.

No próximo final de semana, já teremos os duelos ida pela fase eliminatória. A expectativa é de que a competição continue tão boa quanto estamos vendo até aqui, cheia de surpresas e repleta de gols.
Leia Também:

Falando em gols, o artilheiro da competição infelizmente não irá mais poder balançar as redes – afinal, o União Suzano do matador Patryck deixou a competição. O atleta fez sete gols na competição (cinco deles na vitória por 9 a 0 sobre o Atlético Mogi) e espera para ver quem assume o posto.

Desta vez, o resumo da rodada será diferente. Faremos um comparativo e também lembraremos aqui como foi a campanha desde do início da competição. Assim, mesmo aqueles que não acompanharam o torneio poderão ficar por dentro de tudo o que rolou na primeira fase do campeonato mais carismático do estado de São Paulo.

Andradina avança e pega o Grêmio Prudente na próxima fase

Andradina
Imagem: FPF TV/Reprodução

O Leão rugiu alto na primeira fase da Segundona Paulista. Com seis vitórias e dois empates, o Bandeirante garantiu a segunda campanha ao ficar no 0 a 0 com o América, em Birigui.

Mas nem tudo é para se comemorar. Afinal, a equipe vai fazer um duelo de gigantes com o XV de Jaú nas oitavas de final. Dureza para os dois times,

No começo da competição, a equipe da Noroeste era cotada apenas para a classificação para a segunda fase. Agora, dá pra dizer que entra como favorito no confronto contra o Galo da Comarca.

 

View this post on Instagram

 

A post shared by Bandeirante EC (@bandeiranteecbec)

A outra vaga do Grupo 1 ficou com o Andradina, que foi decolando aos poucos na competição.

A equipe sofreu muito com desfalques na segunda rodada (já que folgou na primeira rodada), na qual saiu derrotada em casa para o Bandeirante. Aos poucos, as peças foram se encaixando e levaram a equipe à próxima fase. Uma campanha de quatro vitórias, um empate e três derrotas.

No último jogo, o Andradina recebeu o Tanabi precisando vencer e não decepcionou: 4 a 1. Felipe Felix marcou os dois primeiros para os donos da casa. André Mendonça até tentou colocar o Tanabi na disputa, mas Jhon e Lucas Matos definiram a goleada e a classificação do Foguete para a próxima fase. Agora, foco total no próximo adversário, o Grêmio Prudente.

Andradina Tanabi
Imagem: Edy Junior Silva/Andradina EC

Osvaldo Cruz vira pra cima do Assisense e passa às oitavas

Com o líder Grêmio Prudente de folga nesta décima rodada, restou apenas uma vaga a ser disputada no Grpo 2. Aliás, vale destacar a campanha que fez a equipe de Presidente Prudente, com destaque para o atacante Bozó. A equipe terminou a primeira fase invicta – somou 5 vitórias e três empates, além da incrível goleada por 7 a 2 contra o Tupã, na terceira rodada.

A equipe do Vocem, que começou as quatro primeiras rodadas sem vencer, só engrenou na última partida do primeiro turno, quando goleou o Tupã. O mesmo Tupã, adversário do último jogo do time de Assis que poderia garantir vaga na segunda fase.

Diferentemente do que aconteceu anteriormente, o time mariano, ao enfrentar os donos da casa, e que já não tinham mais chance de classificação, não conseguiu repetir o mesmo desempenho e perdeu a tão sonhada vaga. Vitória tupanense por 1 a 0, graças ao gol do zagueiro Márcio, após cobrança de falta na área feita por Zidane.

Tupa Vocem
Imagem: Reprodução/TV FPF

Praticamente simultaneamente ao gol de Márcio saiu o gol da virada do Osvaldo Cruz. O Azulão saiu atrás do Assisense fora de casa, gol de João Antônio, mas foi buscar o resultado para ficar com a vaga na próxima fase da Bêzinha – placar de 3 a 1 e agora a equipe terá pela frente o Independente.

O Assisense termina a sua participação na Bezinha de 2020 sem nenhum vitória e somando apenas um ponto em oito jogos. Já o Osvaldo Cruz fez uma campanha de altos e baixos, mas que ao menos lhe rendeu uma vaga na próxima fase.

Destaque para o fato de que, pela primeira vez em 13 anos, a região de Presidente Prudente volta a ter dois times na 2ª fase da Segundona do Paulista. A última vez que isso aconteceu foi em 2007, quando o Oeste Paulista (atual Grêmio Prudente) e a Ranchariense se classificaram para a segunda fase daquela edição. Na ocasião, os prudentinos se sagraram campeões.

Gp Oc
Imagem: Guto Carvalho/Osvaldo Cruz FC

XV de Jaú empata e passa na bacia das almas

A última rodada era a chance da Inter de Bebedouro conquistar ao menos uma vitória na competição ante a Matonense, fora de casa. E ela veio graças ao lindo gol de Adyson, que saiu no costado da zaga, deu uma meia-lua no goleiro e empurrou para a meta vazia. Ambas as equipes encerram sua participação na competição com uma vitória cada – inclusive, a única vitória da Matonense foi no confronto contra a Inter de Bebedouro no primeiro turno, também por 1 a 0.

Inter Bebedouro
Imagem: FPF TV/Reprodução

Enquanto isso, o XV de Jaú recebeu o Grêmio Sãocarlense podendo até empatar para garantir a vaga nas oitavas de final. A equipe de Jaú surgiu como uma dos favoritas ao acesso e fez diversas contratações para a competição, mas a sequência de más atuações, mesmo com a equipe invicta, acabaram por derrubar o técnico Sérgio Caetano. Júnior Paulista foi quem assumiu o boné do Galo da Comarca.

No sentido oposto, o Grêmio Sãocarlense iniciou a disputa com poucas expectativas de classificação para a segunda fase, mas manteve o elenco único e até contou com uma palestra de Muricy Ramalho durante a pausa do futebol. A estratégia surtiu efeito e a equipe de São Carlos fez ótimas partidas na competição, mas justamente contra a equipe mais fraca do grupo, a Inter de Bebedouro, acabou tropeçando duas vezes – dois empates por 1 a 1, na terceira e oitava rodadas.

No encontro entre os dois postulantes a vaga, a partida começou com um gol logo aos 41 segundos, marcado por Fleck, para o XV de Jaú. Após isso, o duelo tomou contornos dramáticos com o empate de Sousa, aos 22 minutos do primeiro tempo e com paralisação por conta da forte chuva em Jaú.

Com a bola rolando novamente (ou aquaplanando), o XV perdeu boas oportunidades de matar a partida e sofreu nos minutos finais, inclusive com um gol anulado por parte do Grêmio. Porém, empate e classificação garantida para enfrentar o embalado Bandeirante.

Rio Branco vence 100º dérbi no sufoco e segue na disputa do acesso

Em jogo dramático na cidade de Americana, o Rio Branco recebeu o já eliminado União Barbarense – o 100º dérbi entre as duas equipes – visando a vaga na próxima fase. O Rio Branco iniciou a competição com Jorge Parraga como treinador (aquele mesmo ex-Palmeiras), mas ele foi demitido com apenas um jogo a frente do Tigre. Só que o time e engrenou após isso – fechou a primeira fase com três vitórias, quatro empates e apenas uma derrota.

E o que dizer do União Barbarense? Clube tradicional do cenário paulista, a equipe de Santa Bárbara D’Oeste terminou a primeira fase com apenas duas vitórias.

Na última partida, valendo a vaga nas oitavas de final, o Rio Branco abriu dois gols com David e Hércules, mas viu o rival empatar a partida e por alguns minutos tirar a vaga do Tigre. Eis que, aos 43 minutos da segunda etapa, Brendon foi o nome salvador que colocou a equipe em pelo menos mais duas partidas no campeonato.

No outro embate do Grupo 4, os já classificados Independente e Itararé buscavam melhorar sua classificação no geral. O Galo, terminou a primeira fase com a quinta melhor campanha no geral ao totalizar 17 pontos, tendo perdido apenas um jogo. Enquanto isso, o Itararé, mesmo tendo começado bem a competição, fez campanha mediana – venceu quatro partidas, perdeu três e empatou apenas um.

Aos 35 minutos do primeiro tempo, Adãozinho fez a boa para os donos da casa e garantiu mais três pontos para o Galo de Limeira, que agora enfrenta o Osvaldo Cruz. O Itararé, por sua vez, enfrenta o Jabaquara.

Ind Ita
Imagem: FPF TV/Reprodução

Itapirense surpreende e elimina dupla de Guarulhos

Ambas as equipes de Guarulhos entraram na rodada com chances de classificação, sendo que o Flamengo era vice-líder e tinha vantagem em relação à rival AD Guarulhos. Mas nenhuma das duas equipes conseguiu ascender a fase de mata-mata da competição.

O Flamengo iniciou o torneio como candidato ao acesso, mas acabou entrando em má fase após perder o duelo contra o rival AD Guarulhos no primeiro turno. A outra equipe guarulhense melhorou muito após o clássico contra o Corvo, mas o péssimo início na competição pesou no final.

Na rodada derradeira, o Flamengo jogava em casa contra o líder e já classificado Amparo, podendo até se classificar com um empate, dependendo de uma igualdade no outro jogo da chave. A equipe até conseguiu empatar a partida, após sair perdendo – Rafa foi o autor do gol do time visitante, enquanto Ruan empatou para os locais – mas o resultado do outro confronto acabou por derrubar a equipe apontada como favorita.

Na partida que definiu o segundo classificado do grupo, a Itapirense recebeu a AD Guarulhos. A Vermelhinha começou a competição com o freio de mão puxado e só foi vencer na sexta rodada, quando bateu o então líder da chave, Amparo. De lá pra cá, não perdeu mais: foram três vitórias e um empate.

E a última dessas vitórias foi justamente a que garantiu a vaga para a equipe de Itapira: 2 a 0 contra a AD Guarulhos e classificação garantida as oitavas de final.

São José garante a primeira posição geral

O já classificado Manthiqueira visitou o União Suzano. Mesmo eliminado, o USAC, do mister João Vallim, mandou a braba pra cima do time de Guaratinguetá: 3 a 1, com destaque para Gustavo Lobó, autor de dois gols para os donos da casa.

A equipe – que de todas as da atual edição, foi a última a ser campeã do torneio, em 2017 – fez uma ótima primeira fase, mesmo tendo perdido este último jogo. Afirnal, foi a única até agora a vencer o São José, líder geral da competição.

Usac
Imagem: Pedro Almeida/@pedrao.photos

Em contrapartida, o São José se recuperou da derrota na última rodada para o Manthiqueira e venceu o União Mogi por um bonito 5 a 3.

Em uma partida com oito gols, a Águia do Vale saiu na frente com Edinan, mas viu Kaique, Jhonatan e o outro Cayque (sim, esse com grafia diferente) virarem o jogo para o time de Mogi das Cruzes. Bruno Luka (não confundir com o ator global) logo na sequência diminuiu para os donos da casa, que devolveram a virada com mais três gol – Neto Alexandre, Breno e Lucas Souza fecharam o 5 a 3.

Vitória para retomar a confiança e garantir a melhor campanha geral.

Sj Um
Imagem: FPF TV/Reprodução

Jabuca empata fora de casa e garante liderança da chave

Pelos lados do Grupo 7, três times iniciaram a última rodada já classificados para a fase seguinte  inclusive o “folgante” Ska Brasil. O único time estreante nesta Segundona, que começou sofrendo com a falta de entrosamento dos jogadores, e que apontamos precocemente como decepção da competição, goleou na quarta rodada o Barcelona Capela por 7 a 0 e pegou a moral necessária para rumar até a classificação.

Falando nos duelos da chave nesta rodada, dois empates que serviram apenas para definir o posicionamento das equipes.

O segundo colocado, Mauá FC, empatou sem gols com o líder Jabaquara e ficou com a oitava colocação no geral, enquanto o rival garantiu a sétima.

Na outra partida, o confronto dos eliminados Barcelona Capela e Mauaense também terminou em igualdade, porém, com gols – André Luís fez o gol do Barça e Chrismar deixou o letreiro igualado para os visitantes no Nicolau Alayon.

Aproveitando a deixa queremos parabenizar o Jabaquara, não só pela campanha, mas também pelo aniversário de 106 anos, completado no último dia 15. Parabéns!

Ficamos agora ansiosos aguardando o próximo final de semana para sabermos como as equipes irão se portar nessa nova fase da competição. Promessa é mais uma vez de muitos gols e de possíveis surpresas.

Confira os resultados da 10ª rodada
União Suzano 3 x 1 Manthiqueira
Itapirense 2 x 0 AD Guarulhos
Bandeirante 0 x 0 América
Flamengo 1 x 1 Amparo
Assisense 1 x 3 Osvaldo Cruz
Independente 1 x 0 Itararé
XV de Jaú 1 x 1 Grêmio Sãocarlense
São José 5 x 3 União Mogi
Matonense 0 x 1 Inter de Bebedouro
Barcelona Capela 1 x 1 Mauaense
Tupã 1 x 0 Vocem
Andradina 4 x 1 Tanabi
Rio Branco 3 x 2 União Barbarense
Mauá FC 0 x 0 Jabaquara

Confira os duelos das oitavas de final
São José (1º no geral) x Itapirense (16º)
Bandeirante (2º) x XV de Jaú (15º)
Francana (3º) x Rio Branco (14º)
Grêmio Prudente (4º) x Andradina (13º)
Independente (5º) x Osvaldo Cruz (12º)
Manthiqueira (6º) x Ska Brasil (11º)
Jabaquara (7º) x Itararé (10º)
Mauá (8º) x Amparo (9º)

Comments