“Menos índio”, Gavião Kyikatejê começa mais uma tentativa de acesso no Pará

0 145

Você se lembra do Gavião Kyikatejê, anunciado como o primeiro time indígena do futebol brasileiro? Fundado em 2009, o time de Marabá (PA) virou sensação na segunda divisão do Pará, mas jamais conseguiu emplacar um acesso e logo perdeu espaço. Pois bem: em 2013, o time segue firme (para bem ou para mal) na Divisão de Acesso do Campeonato Paraense, e volta a tentar uma vaga na elite local a partir deste sábado – agora, cada vez menos ligado às origens.

Quando surgiu, em 2009, o time timbira era essencialmente um representante do povo Kyikatejê. O presidente do clube, Pepkrakte Jakukrekaperi, atendia por Zeca Gavião e também atuava como treinador. Pepkrakte treinava os jogadores com corridas de toras de buriti (hábito tradicional da etnia) e trabalhos de natação em igarapés. O principal destaque da equipe era o atacante Arukapé, que foi sondado sem sucesso pelo Remo.

Apesar das boas intenções, o Gavião não conseguiu colocar os kyikatejê na primeira divisão do Campeonato Paraense. Sexto colocado na segunda divisão paraense em 2009, o time passou perto em 2010, quando foi terceiro, antes de ser sétimo colocado em 2011.

Em 2012, o time mudou de filosofia para buscar o acesso – desta forma, Zeca Gavião começou a competição com jogadores contratados fora da aldeia, como Alencar Baú, Evandro (goleiros), João Gomes (zagueiro) e Aleílson (atacante, ex-Flamengo e Águia de Marabá). Novamente, porém, não deu certo: eliminado na segunda fase, o time ficou fora das semifinais.

Ainda assim, o “povo do rio acima” (tradução de “kyikatejê” em timbira) resolveu bancar a aposta. Para a Divisão de Acesso do Campeonato Paraense de 2013, o time aposta em reforços conhecidos no futebol local, contratados após passagens por clubes da primeira divisão – os nomes mais conhecidos são o volante Diego Maciel (ex-Ananindeua e Remo) e o meia Thiago Marabá (ex-Remo, Anapolina e CRB). O técnico desta vez é Vitor Jaime, com passagem por diversos clubes do Amapá.

Desta forma, o Gavião Kyikatejê entra em campo como um dos dez times em ação na segunda divisão paraense. A equipe está no Grupo A2, ao lado de Bragantino (de Bragança), Pinheirense, Time Negra e Vila Rica (todos de Belém). O time de Marabá estreia neste sábado contra o Time Negra, em partida no Estádio Zinho de Oliveira.

Você pode gostar também
Comentários
Carregando...