Melhores times da Série D têm campanhas “iguais” no 1º turno

Foto: Divulgação
103

Chegou ao fim o primeiro turno da Série D do Campeonato Brasileiro. Após sete rodadas, Castanhal e FC Cascavel fizeram as melhores campanhas até aqui e são líderes dos Grupos 1 e 8, respectivamente. Invictas, as equipes fazem campanhas parecidas. São 17 pontos, 5 vitórias e 2 empates. Além disso, ambas marcaram 15 gols e sofreram 7.

Outros cinco times não sabem o que é perder nesta edição. São eles: São Raimundo (RR), Juazeirense (BA), Goianésia (GO), Madureira (RJ) e Joinville (SC). Já Bahia de Feira (BA), Jaraguá (GO), Patrocinense (MG), São Bento (SP) e Rio Branco (PR) seguem sem nenhum triunfo. A rodada ainda teve times reencontrando a vitória e goleadas. Confira o resumão:

Aurinegros na liderança

Fast (AM) 1 x 2 Castanhal (PA) 

Publicidade

O Fast foi agressivo até a metade do 1° tempo, mas parou em grande atuação do goleiro Axel. Logo no primeiro minuto, o arqueiro fez uma bela defesa em chute de Flamel. Os amazonenses tiveram 4 chances claras de gol ao longo da partida. Todas defendidas por Axel. Já o Castanhal foi certeiro em sua primeira chegada ao gol. Aos 27 minutos, Pecel foi derrubado na área por Iago Salles. O atacante cobrou a penalidade e colocou os visitantes em vantagem. Os donos da casa sentiram o golpe e o jogo esfriou. Na segunda etapa, o Rolo Compressor voltou motivado e criando oportunidades, mas sempre esbarrando em Axel. Com o passar do tempo, o jogo ficou truncado até que, aos 44, de voleio, Alexandre Santana aumentou O gol do Fast saiu nos acréscimos, com Hércules, que cruzou em direção ao gol. Assim, o Castanhal continua líder do Grupo 1, com 17 pontos. O Fast estacionou na 6ª posição, com 6 pontos.

Rio Branco (PR) 1 x 4 Cascavel (PR) 

A partida começou com chances iguais para as duas equipes. Mas de tanto insistir, o Cascavel abriu o placar aos 22 minutos. Carlos Henrique driblou a marcação e cruzou para Léo Itaperuna estufar a rede. Aos 34, o goleiro Ricardo lançou para Carlos Henrique, que invadiu a área, driblou o goleiro e foi derrubado. Robinho cobrou o pênalti no canto para deixar os paranaenses em vantagem. Na volta para o gramado, a Serpente seguiu pressionando e, aos 6 minutos, Carlos Henrique ajeitou para Robinho fazer 3×0. Dez minutos mais tarde, após cobrança de escanteio, Bruno Lopes, de cabeça, diminuiu. Aos 48, Vinicius passou por dois defensores e sofreu o pênalti. Ele mesmo cobrou e fez o último do Cascavel e o primeiro com a camisa aurinegra, além de aplicar a Lei do Ex, já que o atacante jogou pelo Rio Branco em 2020. Com 17 pontos, o Cascavel está na liderança do Grupo 8. O Rio Branco amarga a lanterna, com apenas 3 pontos.

Finalmente a vitória

Atlético Acreano 3 x 1 Gas (RR) 

Depois de uma sequência de 23 jogos sem vitória na Série D, o Atlético Acreano bateu o Gas em tarde inspirada do atacante Daniego. O Galo Carijó abriu o placar aos 2 minutos da primeira etapa. Daniego recebeu a bola na frente da área e finalizou de primeira para o fundo do gol. Bebeto empatou aos 19, aproveitando bola levantada na área. O jogo seguiu lento, com as duas equipes se estudando. Até que, aos 42, Daniego cruzou para a área e Douglas apareceu por trás da zaga e mandou de cabeça. Na volta do vestiário, o Leão do Norte tentou empatar nas bolas paradas. Porém, aos 15 minutos, Daniego aproveitou rebote do goleiro Bruno e empurrou para o fundo da rede. Apesar da vitória, o Atlético Acreano segue na lanterna do Grupo 1, com 4 pontos. O Gas está uma posição acima, com 5.

Caucaia (CE) 0 x 4 Treze (PB)

O Treze, enfim, encontrou o caminho da vitória. Após uma sequência de 10 jogos sem vitórias, a pior da década do clube, os paraibanos golearam o Caucaia na tarde deste sábado. O Galo se impôs na casa do adversário e fez 3 gols no 1° tempo. Logo aos 6 minutos, Anderson Gindré roubou a bola do zagueiro e inaugurou o marcador. Aos 28, João Ananias chegou por trás dos defensores para finalizar no meio da rede. Em menos de dez minutos, Iago Martins cruzou para a área e Gerônimo chegou sozinho para fazer 3×0. Com boa vantagem, o Treze procurou controlar o jogo no 2° tempo. Já o Caucaia acionava o meia Cleo na maioria das jogadas na tentativa de diminuir a vantagem. No último lance, aos 48, Esquerdinha encontrou Gustavo Índio na área, que estufou a rede, definindo o placar. O Treze saiu da lanterna do Grupo 3 a agora é o 6°, com 8 pontos, somente três a menos que o primeiro time do G4. Já o Caucaia é o último, com 5 pontos.

Goleadas

América (RN) 4 x 1 Sousa (PB) 

O Sousa começou melhor na partida e fez o gol aos 6 minutos. Sem marcação, Adriano Napão anotou de cabeça. O Mecão se viu perdido na maior parte do 1° tempo. Até que, aos 44, Weslley aproveitou contra-ataque e empatou. Logo depois, o goleiro deu rebote e Erick virou para o América. No 2°tempo, o técnico Renatinho Potiguar mexeu bem no time e os jogadores que saíram do banco foram decisivos. O terceiro gol percorreu quase todo o campo até chegar aos pés de Patrick Alan, que entrou no lugar de Elvinho, para mandar para a rede. Nos acréscimos, Alvinho, substituto de Weslley, fechou a conta. Os dois encerram o 1° turno no G4 do Grupo 3. Ambos têm 11 pontos e, pelos critérios de desempate, o Sousa é o 3° e o América o 4°.

Jaraguá (GO) 0 x 4 Brasiliense (DF) 

O Jaraguá foi melhor no início, dificultando o ataque do Brasiliense. O balde de água fria para a equipe goiana veio aos 13 minutos. Zé Love lançou Tobinha, que cabeceou e abriu o placar. O Jaraguá tentou responder em cobrança de falta de Irlan, mas o goleiro Matheus Brandão fez boa defesa. Logo depois, Zotti invadiu a área, driblou o goleiro e marcou. O Jacaré teve pelo menos mais duas chances de ampliar o placar. Sem sucesso, foi para o vestiário com 2×0. A etapa complementar começou agitada. Aos 3 minutos, Tobinha foi derrubado na área pelo goleiro Martinho. Zé Love chutou rasteiro e fez seu sexto gol na competição. O alvinegro teve a chance de diminuir aos 9, quando Peu fez pênalti em Caio. Renato Xavier cobrou, mas Matheus Brandão acertou o lado e defendeu. Aos 34, Tobinha dominou na entrada da área e soltou o pé para mandar pro fundo do gol. Com 11 pontos, o Brasiliense é o 4° no Grupo 5. O Jaraguá é o lanterna, com apenas 1 ponto.

Artilheiro do Brasil

Central (PE) 1 x 3 Atlético Cearense  

Neste domingo, o técnico Nilson Corrêa teve uma estreia amarga pelo Central. Ele é o sexto treinador do time na temporada. O Atlético teve ótimo início de jogo e, com 12 minutos, já tinha dois gols de vantagem. Aos 9, Olávio ficou cara a cara com o goleiro e finalizou no canto. Três minutos depois, Erick Pulga driblou a zaga adversária e ampliou. Na reta final do 1° tempo, Pedro Maycon diminuiu em bela cobrança de falta. Na volta do vestiário, o Central tento empatar e foi superior durante um tempo. Porém, em uma falha da defesa, Olávio marcou aos 24 minutos. Assim, o atacante se consolidou como o artilheiro do Brasil na temporada. São 22 gols até aqui, sendo 8 em 7 jogos pela Série D. O Atlético está em 5° no Grupo 3, com 10 pontos. O Central, que não vence há 5 jogos, é o 7°, com 5.

 12 horas de viagem e três pontos na mala

Paragominas (PA) 1 x 2 4 de Julho (PI) 

Para encarar o Paragominas neste domingo, no Estádio Arena Município Verde, no Pará, o 4 de Julho enfrentou 12 horas de viagem, passando por 2 aeroportos e percorrendo o último trecho de 300km de ônibus. O sacrifício valeu a pena, já que o Colorado saiu com a vitória e a vice-liderança isolada do Grupo 2, com 14 pontos. O 1° tempo foi equilibrado e sem muitas oportunidades para as duas equipes. No 2° tempo, o Colorado voltou com mais vontade e, no primeiro lance, o zagueiro Marcelo aproveitou rebote do goleiro Dida para marcar. As equipes passaram a arriscar e criar chances, mas a bola só voltou a balançar a rede aos 31, quando Zé Arthur bateu na saída do goleiro para ampliar. Deylon fez o gol de honra dos donos da casa, no último lance. Apesar da derrota, o Paragominas está em 4°, com 9 pontos.

Outros destaques

– Com gol de Lucas Vieira, o Juventus (SC) venceu o Aimoré (RS), no Estádio João Marcatto, e subiu para a 4° posição do Grupo 8, com 8 pontos. O Aimoré caiu uma e agora é o 6°, com 7.

– O Ypiranga (AP) completou 4 jogos sem vencer. Jogando em casa, o Clube da Torre perdeu para o Galvez (AC) por 1×0. Aos 16, Esquerdinha aproveitou uma das poucas chances da partida. O Ypiranga teve a oportunidade de empatar com Celio Mata Boi, que chutou à meia altura, no meio do gol para o goleiro defender sem dificuldade.

– O Retrô (PE) tirou a invencibilidade do Itabaiana (SE) jogando na casa do adversário. Tiago Adan abriu o placar para os visitantes logo aos 5 minutos. Pedro Henrique deixou tudo igual ainda no 1° tempo. A vitória veio aos 35 do 2 tempo. Em bate rebate na área, a bola sobrou para Guilherme, que deu números finais: 2×1. O Itabaiana é o vice-líder do Grupo 4, com 14 pontos. O Retrô está logo atrás, com 12.

– O Rio Branco VN (ES) conquistou sua segunda vitória no campeonato ao bater a Caldense (MG) neste domingo. Os gols saíram no 2° tempo. No primeiro minuto, a zaga vacilou e Waschington não desperdiçou.  Em cruzamento de Arthur Faria, João Pedro mandou contra a própria meta. No fim, Waschington acertou chute no angulo. Apesar da derrota por 3×0, a Caldense é vice-líder do Grupo 6, com 13 pontos. O Rio Branco é o 5ª, com 9.

– A Juazeirense (BA) assumiu a liderança do Grupo 4, com 15 pontos. Jogando contra o lanterna Murici (AL), no Estádio Adauto Moraes, fez todos os gols da vitória por 2×1 no 1°tempo. Sapé abriu para o Cancão, aos 15 minutos. Em quatro minutos veio o empate com André Rodrigues. Júnior Timbó deu números finais aos 37 da etapa inicial.

– O ABC (RN) é o líder isolado do Grupo 3, com 15 pontos. O time potiguar bateu o Campinense (PB) no Amigão por 1×0. No fim do 1° tempo, Negueba marcou no rebote do goleiro. Placar magro, mas que dá certa tranquilidade a equipe, que tem 4 pontos de vantagem sobre o Campinense, o vice-líder.

– O São Bento (SP) segue sem vencer nesta Série D e é o lanterna do Grupo 7, com 5 pontos. Neste sábado o time paulista perdeu para o Cianorte (PR) por 1×0 fora de casa. O time paranaense subiu uma posição e agora é o 6°, com 8 pontos.

– O Bangu (RJ) conquistou sua segunda vitória consecutiva ao bater a Inter de Limeira (SP) fora de casa. Após bola cruzada para a área, Rafael Carioca estufou a rede. Os cariocas estão em 5ª no Grupo 7, com 8 pontos, com um ponto de desvantagem para a primeira equipe do G4. A Inter é o 7°, com 6 pontos.

– No Canindé, a Portuguesa (SP) conquistou sua terceira vitória. O time paulista bateu o Boavista (RJ) neste sábado por 3×0. Nos instantes finais do 1° tempo, Danilo Pereira testou para o fundo da rede. Aos 17 minutos da etapa complementar, William Magrão (aquele!) fez de bola parada. Três minutos depois, Danilo Pereira anotou o último da Lusa. No final da partida, Berê foi derrubado na área e o árbitro marcou pênalti para o Boavista. Marquinhos cobrou forte, no canto direito, porém  Dheimison fez uma linda defesa e ainda agarrou o rebote. Com a vitória, a Portuguesa está em 2° no grupo 7, com 12 pontos, 1 atrás do líder Madureira (RJ). O Boavista é o 4°, com 9.

– O Moto Clube (MA) bateu o Palmas (TO) por 1×0, no Estádio Nhozinho Santos. Aos 38 minutos do 2° tempo Felipe Cruz avançou na área e foi derrubado. Ted Love cobrou e fez o único gol da partida. Essa foi a primeira vitória do clube dentro de casa e permanece no 5° lugar do Grupo 2, com 9 pontos. O Palmas é o último, com 4.

– Patrocinense (MG) e Rio Branco (ES) empataram em 0x0 na tarde deste domingo. A igualdade foi ruim para as duas equipes, que terminaram o 1° turno longe do G4 do Grupo 7. Nos acréscimos do 2° tempo, um lance causou preocupação. O zagueiro Felipe Gregory, da Patrocinense, e o goleiro André Zuba, do Rio Branco-ES, bateram cabeça com cabeça. O defensor mineiro caiu desacordado e foi socorrido de ambulância. Nesta segunda-feira, o clube informou que o atleta teve uma leve concussão, passa bem e já recebeu alto. Exames descartaram qualquer lesão na cabeça.

Comentários