Melhores jogadores dos piores times do Brasileirão 2015

0 196

É muito legal escolher os melhores jogadores entre os times que se deram bem no Campeonato Brasileiro de 2015. Para isso existem a Bola de Prata e o Trofeu Armando Nogueira, que cumprem bem esse papel.

Mas o Última Divisão sempre prefere ver um lado diferente do futebol e, assim como em 2013, destaca quem foi melhor entre os piores times da competição. Apesar de estarem mal acompanhados, em equipes que lutaram contra o rebaixamento até a última rodada, alguns jogadores mostraram talento e podem até reforçar times grandes em breve.

Veja a seleção dos melhores jogadores dos piores times do Brasileirão:

Alex Muralha (Figueirense)

Foi um dos melhores goleiros, mas também teve um dos piores visuais
Foi um dos melhores goleiros, mas também teve um dos piores visuais

Mesmo em um ano no qual muitos goleiros se destacaram, Alex conseguiu ser um dos principais nomes. Em um time que tinha a defesa tão deficiente (a dupla Marquinhos e Thiago Heleno parece assustadora), ele precisou fazer verdadeiros milagres e realmente ser uma muralha no time catarinense.

Nino Paraíba (Avaí)

É de longe o jogador que mais acertou cruzamentos no Campeonato Brasileiro, de acordo com a Footstats – foram 48 ao todo, contra 39 do segundo lugar, Jádson. Ele é limitado em outras características importantes para um lateral, mas consegue desempenhar bem uma das funções primordiais para um lateral direito.

Luan (Vasco)

É jovem, tem técnica e um grande potencial, mas não conseguiu desenvolver seu melhor futebol neste ano. Mesmo assim, vale dar esse crédito a ele, principalmente porque jogou bastante desprotegido – a dupla de volantes Guiñazu (Diguinho) e Serginho provavelmente foi a pior do campeonato.

Fred (Goiás)

Ele ficou superestimado no final do Brasileirão, principalmente por causa dos gols de falta que marcou contra a Chapecoense. Mas tem qualidades e provavelmente vai jogar no Grêmio na temporada que vem. Como já trabalhou com Roger Machado, é possível que o técnico corrija suas irregularidades e faça com que evolua a ponto de ser um zagueiro de time grande.

Juan (Coritiba)

Na luta contra rebaixamento sempre é preciso uma boa dose de experiência. E foi exatamente isso que Juan, aquele ex-São Paulo, Flamengo e Fluminense, acrescentou ao elenco do Coritiba na reta final do campeonato. Com muita frieza e alguma técnica que lhe restou, o lateral esquerdo se destacou em uma posição de pouca qualidade no futebol brasileiro.

Anselmo (Joinville)

Anselmo já jogou no Palermo, da Itália
Anselmo já jogou no Palermo, da Itália

Não é à toa que ele foi titular absoluto em um time que usou tantos jogadores e nunca conseguiu achar uma formação ideal. Anselmo era um dos poucos pontos de equilíbrio do time e mostrou que sabe marcar muito bem. É limitado na criação de jogadas, mas pode servir para todo time que precisar de um “cão de guarda” raçudo e experiente.

Fabinho (Figueirense)

Foi um dos jogadores mais regulares do Figueirense e conseguiu ser importante para o time ficar na Série A. Tem a confiança do técnico Argel Fucks, que deve levá-lo para o Internacional na próxima temporada.

Nenê (Vasco)

Sem dúvidas Nenê foi o craque desse time de melhores dos piores. O Vasco conseguiu fazer uma das grandes contratações da temporada e teria caído com antecedência se não contasse com os passes, dribles e gols do meia-atacante. Poderia ser titular na maioria dos times da Série A, mas diz que vai tentar ficar no time cruzmaltino em 2016.

Marcelinho Paraíba (Joinville)

Paraíba fez gol e deu assistência contra o Cruzeiro
Paraíba fez gol e deu assistência contra o Cruzeiro

É verdade que não foi um jogador regular, até por causa dos seus 40 anos de idade. Mas só o fato de ter se destacado em alguns jogos, como contra o Cruzeiro, já surpreendeu bastante. Merece entrar nesse time como uma homenagem por ter jogado tanta bola em sua longa carreira.

Clayton (Figueirense)

É uma jovem promessa do futebol brasileiro, tem idade olímpica e já brilhou com a camisa da Seleção de base. É rápido, tem habilidade e já merece ser observado com carinho por clubes grandes. O Figueirense vai querer muito dinheiro por ele, mas o investimento deve valer a pena.

Henrique Almeida (Coritiba)

Olha quem foi o artilheiro e craque do Mundial Sub-20 de 2011
Olha quem foi o artilheiro e craque do Mundial Sub-20 de 2011

Ele jogou bem nas categorias de base da Seleção Brasileira, mas nunca se destacou quando virou profissional. Quando todos imaginavam que ele seria apenas mais uma “eterna promessa”, conseguiu renascer no Coritiba com 12 gols em 20 jogos. Foi fundamental para salvar o Coritiba do rebaixamento, mas não ficará no time, pois pertence ao Botafogo, que pode até vendê-lo, aproveitando a valorização recente.

Fiquem à vontade para cornetar e também apontar outros destaques!

Você pode gostar também
Comentários
Carregando...