Irmão de Anderson Silva busca sucesso nos gramados; conheça

0 80

Você conhece Anderson Silva? Caso você tenha passado os últimos 15 anos dentro de uma bolha em uma ilha deserta, o brasileiro – nascido em São Paulo e criado no Paraná – é considerado por muitos o maior lutador de artes marciais mistas (MMA, em inglês) de todos os tempos. Aos 38 anos, Anderson é o ex-detentor do cinturão dos médios do Ultimate Fighting Championship (UFC) e conta com um cartel de 33 vitórias e seis derrotas em 39 lutas.

Este é o lado mais conhecido de Anderson Silva. No lado menos conhecido, está seu meio-irmão Cristian Edmundo da Silva, que deixou as artes marciais de lado para tentar a carreira no futebol. Aos 20 anos, Cristian contabiliza uma passagem discreta pela quarta divisão do Campeonato Paulista e alguns testes na Europa. Hoje, treina nas quadras de futsal do Piauí em busca de um clube para atuar nos campos.

Cristian é filho do mesmo pai de Anderson – a mãe do jogador morreu quando ele nasceu. Criado por um tio materno em São Paulo, Cristian teve pouco contato com Anderson durante a infância. Na juventude, o volante chegou a tentar a sorte nas lutas, mas preferiu seguir o caminho dos gramados. Em 2013, foi apresentado pelo Tanabi para a disputa da quarta divisão do Campeonato Paulista – o clube, que vem se especializando em contratações de estardalhaço, contava também com o atacante Viola. No entanto, segundo as súmulas disponíveis no site da Federação Paulista de Futebol (FPF), Cristian nem sequer foi relacionado para os jogos.

No final de 2013, Cristian embarcou para a Europa, realizando treinos na Espanha. Ao voltar a São Paulo, sem ter acordo com clubes, fechou um acordo para treinamentos com o Clube Recrativo Nossa Senhora do Amparo (Crensa), equipe de futsal de Teresina. Campeão piauiense de futsal em 1983, 1984, 1985, 1987, 1997 e 2013, o Crensa disputará a Taça Brasil de 2014. Detalhe: quando chegou, era um desconhecido até mesmo da diretoria.

“O Cristian veio através de um empresário (André Bossolan) que é amigo do nosso treinador, o Paulo Evaristo. A gente nem sabia que ele era irmão do Anderson Silva. Ele joga futebol de campo, veio passar uma temporada de 45 dias aqui com o professor Paulo. Até então, nem o professor Paulo sabia que ele era irmão do Anderson Silva. Ele falou que nem gosta tanto de falar (do parentesco) por causa da intimidade familiar dele”, contou David Menezes, presidente do Crensa, em entrevista ao blog.

O próprio David admite que ficou pessoalmente surpreso ao saber da relação familiar, “descoberta” já quando o meio-campista treinava nas quadras da equipe. “Nós tivemos uma surpresa por estar treinando com um irmão de um campeão de MMA, um ídolo nacional. Mas todos ficaram felizes – não só a gente, da direção, mas também os atletas. É um estimulo a mais”, completou.

Cristian não disputará a Taça Brasil de futsal com o Crensa – segundo David Menezes, “porque o foco dele é o campo”. Ainda assim, o dirigente elogia o jogador, “um rapaz muito tranquilo”. “Ele tem uma bagagem boa, é um rapaz muito bom. Tem uma noçãozinha boa de quadra”, descreveu.

Sem Cristian, o Crensa estreia na Taça Brasil de futsal no domingo, 6 de abril, enfrentando o Horizonte (CE). Os dois times estão no Grupo E1 do torneio, assim como Carlos Barbosa (RS), Copagril (PR) e Moita Bonita (SE). A competição será disputada na cidade de Crateús (CE) entre os dias 6 e 12 de abril. Os dois melhores colocados da chave avançam às semifinais contra os dois líderes do Grupo E2. O time do Piauí viaja nesta sexta-feira (4).

Sem jogador mais conhecido, Crensa disputa Taça Brasil no CE; para presidente, será “Davi contra Golias” (Crédito: Facebook/Reprodução)

“A gente joga com o Horizonte dia 6. Dia 7, contra o Carlos Barbosa. Dia 8, contra o Moita Bonita, e dia 10 conta o time de Marechal Rondon (Copagril). Contamos com a estrutura da UFPI para a preparação”, explicou David Menezes, admitindo as dificuldades de sua equipe no certame. “Vai ser uma briga de Davi contra Golias. A gente está fazendo as coisas com muita dificuldade. A maior parte dos nossos atletas trabalha durante o dia e treina à noite. Chega até a exaustão. Com muita dificuldade, vamos levando. O apoio iniciativa privada é muito pouco.”

Ainda nesta semana, Cristian deve deixar o clube de Teresina para retornar a São Paulo com a missão de buscar um clube. Quando perder seu “reforço” mais conhecido, o Crensa tentará buscar o apoio de patrocinadores e empresários – o que não conseguiu durante os treinamentos de Cristian.

“A gente não chegou a explorar (o acerto) porque ele não vai participar da Taça Brasil”, contou David Menezes, poupando Cristian dos holofotes. “Foi interessante pela divulgação do clube, mas ele é uma pessoa muito tímida. Pediu para a gente preservar ele. Ele próprio tenta preservar a intimidade – ele evita falar dele, do irmão dele. A gente respeita a decisão dele, prefere ficar mais na nossa”, declarou ainda o dirigente, que diz não ter ficado sabendo do interesse de clubes no jogador.

Com a palavra, Anderson Silva

Em entrevista ao portal Terra, o próprio Anderson Silva destacou a torcida pela carreira do irmão nos gramados. Segundo o astro do octógono, a relação com Cristian “é ótima”, envolvendo conversas e troca de conselhos.

“Eu e o Cristian sempre nos demos bem. Eu me dou bem com todos os meus irmãos. Quando ele me pergunta, acabo dando minha opinião de atleta”, afirmou Anderson Silva, que faz apenas uma ressalva: espera que o meio-irmão mais novo se dedique mais a estudar.

“Acho que ele é muito novo, e tem que se focar nos estudos primeiro. Ele é um grande atleta, tem talento, e está seguindo o caminho dele. Tem tudo para ser feliz no que ele escolheu – mas tenho minha opinião, que ele (deve) se focar nos estudos”, disse

Ainda assim, o astro se mostra disposto a fazer o papel de irmão quando Cristian precisa. “Ele sabe o que faz, já tem idade suficiente para saber o que faz. Quando ele me pergunta, me pede opinião sobre alguma coisa, eu falo”, afirmou Anderson.

(Colaborou – e muito – Leandro Miranda)

Cristian (com a bola): aos 20, passagem pelo Tanabi, treinos na Europa e no futsal do Piauí (Crédito: Facebook/Reprodução)
Você pode gostar também
Comentários
Carregando...