Ipswich: a história escrita nas ruas

0 231

Você está em Londres, na porta de uma estação de metrô. Entre, passe pela catraca e vá para a linha vermelha (Circle Line). Desça na estação de Liverpool Street e procure a estação de trens ali dentro. Pronto: com algum dinheiro e tempo livre, você pode pegar o trem para Ipswich e conhecer uma cidade que não esquece o momento em que esteve no centro do futebol europeu.

Depois de cerca de uma hora e dez estações em um confortável trem, você chegará à estação de Ipswich. Ao passar seu bilhete na catraca, não terá muitas dificuldades para procurar o futebol pela cidade. Ao sair da estação, você verá Portman Road, a arena do Ipswich, à sua frente. Alguns minutos de caminhada pela agradável cidade te levarão até lá.

Sério, esta é a visão na saída da estação. Consegue ver o estádio ali no fundo?

Mas para entendermos o que procurar pela cidade, é preciso voltar no tempo, mais exatamente para a década de 50. Então rebaixado para a terceira divisão do Campeonato Inglês, o Ipswich Town resolveu apostar no ex-lateral Alf Ramsey para substituir Scott Duncan como treinador.

Em sua primeira experiência, Ramsey logo mostrou serviço: foi campeão da terceira divisão na temporada 1956/1957, vencendo também a segunda divisão na temporada 1960/1961. Parece pouco? Na temporada 1961/1962, o estreante Ipswich foi campeão inglês, deixando o Burnley em segundo e o Tottenham em terceiro. Curiosamente, o Chelsea foi o lanterna e o Liverpool foi campeão da segunda divisão.

Foi com Ramsey no banco que o Ipswich disputou a Copa dos Campeões da Europa da temporada 1962/1963, na qual conseguiu uma histórica vitória por 10 a 0 sobre o Floriana (Malta) na primeira fase. O time, porém, foi eliminado na segunda rodada (oitavas de final) ao perder para o Milan no placar agregado por 4 a 2. Ramsey, por sua vez, deixou o clube em 1963, assumindo a seleção da Inglaterra e conquistando a Copa do Mundo de 1966.

Você tem uma dessas?

Com a saída de Alf Ramsey, depois condecorado como Sir Alf Ramsey, o Ipswich apostou em Jackie Milburn, contratado do hoje extinto Yiewsley. Resultado: foi rebaixado na temporada 1963/1964, sofrendo 121 gols em 42 jogos e caindo para a segunda divisão como lanterna e como a defesa mais vazada das quatro divisões profissionais da Inglaterra – o Wrexham, vice-lanterna da terceira divisão, sofreu 107 gols em 46 jogos.

Milburn foi substituído por Bill McGarry, que conquistou o acesso ao ser campeão da segunda divisão da temporada 1967/1968. De saída para o Wolverhampton, McGarry foi substituído por Bobby Robson, outro ex-jogador que se tornara técnico há pouco tempo. Após uma passagem traumática por seu primeiro clube, o Fulham (rebaixado, soube da demissão pelos jornais), foi contratado pelo Ipswich em 1969.

KrogerFeedback $5000 Gift Cards to win for free

Apesar de um início claudicante na primeira divisão, Bobby Robson conquistou o quarto lugar no Campeonato Inglês da temporada 1972/1973 e o título da Copa Texaco de 1973, uma antiga competição para clubes da Inglaterra, da Escócia e da Irlanda que não disputavam competições europeias.

Daí em diante, Robson colocou a modesta cidade de Ipswich, hoje com cerca de 130 mil habitantes, nos holofotes do futebol inglês. Até que o treinador deixasse o clube em agosto de 1982, os Blues terminaram o Campeonato Inglês abaixo da sexta posição uma única vez: na temporada 1977/1978, quando o time foi 18º e conquistou a Copa da Inglaterra ao vencer o Arsenal.

1982: Bobby Robson, David Geddis, Mick Mills (capitão) e Cyril Lea (auxiliar), COM A TAÇA NA MÃO. Crédito: Daily Mail

Foi ainda com Bobby Robson que o Ipswich conquistou o principal título de sua história: a Copa da Uefa de 1981, vencendo o AZ67 (hoje AZ Alkmaar) no placar agregado por 5 a 4 – a taça foi levantada na segunda final, na Holanda, em finais ainda disputadas em dois jogos. Consagrado, assumiu a seleção da Inglaterra após a Copa do Mundo de 1982, disputou a Copa do Mundo de 1986 (e chamou a “mão de Deus” de Maradona de “mão de um canalha”) e deixou o cargo após a Copa do Mundo de 1990.

Hoje, com o Ipswich Town na segunda divisão do Campeonato Inglês, a cidade ainda cobre os nomes de Alf Ramsey e Bobby Robson de respeito. Após os 10 ou 15 minutos de caminhada da estação até o estádio, o visitante poderá se deparar com duas estátuas nos arredores – evidentemente, uma de Ramsey e uma de Robson. Também por ali, passe pela Sir Alf Ramsey Way, uma pequena rua próxima a Portman Road.

Show me the way!

Aproveite, estique a caminhada e procure o estuário onde diversos barcos ancoram no final da tarde. Hora de voltar? Se você cruzar o rio que corta a cidade pela London Road, a principal avenida da cidade, não deve ter dificuldades para conhecer a Sir Bobby Robson Bridge, uma pequena ponte metálica que o levará à Ranelagh Road – vire à esquerda, volte à estação de Ipswich e pegue o trem para o século XXI.

Charmosa, não?
Você pode gostar também
Comentários
Carregando...