Go, Bangu! Go!

0 183

A Major League Soccer é um sucesso crescente nos EUA. Ainda não compete com ligas europeias e mesmo com as sul-americanas (ao menos em qualidade), mas atrai atenções e movimenta fortunas consideráveis. Mas antes da MLS, algumas outras ligas fizeram algum sucesso no país do futebol com a mão. Uma delas foi a United Soccer Association, que contou com a participação do… Bangu!

Explica-se: em 1966, um grupo de empreendedores formou um consórcio que ficou conhecido como North American Soccer League (NASL), com a intenção de formar mais uma liga de futebol yankee. A entidade contava com o apoio da USSFA (United States Soccer Football Association, atual US Soccer) e da Fifa para estabelecer de vez a modalidade no país. Parecia tudo bem, mas…

Na mesma época, surgiu um grupo rival, a National Professional Soccer League (NPSL), que contava com dez equipes e já tinha contrato de transmissão com a CBS. A NPSL prometia já estar em campo no ano seguinte. Por isso, para não perder terreno para a rival, a NASL mudou seu nome para United Soccer Association (USA, para evitar confusão de siglas na esfera esportiva) e apressou sua estreia para o mesmo ano de 1967.

Enquanto a NPSL já contava com times como Baltimore Bays, Philadelphia Spartans, Oakland Clippers e St. Louis Stars (OK, nada muito conhecido), a USA não tinha nada. Por isso, decidiu convidar times da Europa e da América do Sul para representar suas franquias na primeira temporada. E entre os 12 clubes “importados”, estava o Bangu, campeão carioca de 1966 e um dos dois representantes sul-americanos.

Stars 67 Road Team

Patrocinado por Roy Hofheinz, um dos fundadores do Houston Astros (time da Major League Baseball), o Bangu assumiu a identidade de Houston Stars – justamente o time que fez a abertura da temporada da USA em 28 de março de 1967, em partida pela Conferência Oeste.

Na chave do Houston Stars, estavam também Los Angeles Wolves (Wolverhampton, da Inglaterra), San Francisco Golden Gate Gales (ADO Den Haag, da Holanda), Chicago Mustangs (Cagliari, da Itália), Vancouver Royal Canadians (Sunderland, da Inglaterra) e Dallas Tornado (Dundee United, da Escócia). O campeão da conferência foi o LA Wolves, com cinco vitórias e cinco empates em 12 jogos dentro da chave – o Bangu/Stars foi quarto, com quatro vitórias e quatro empates nos mesmos 12 jogos.

Na Conferência Oeste, o título ficou com o Washington Whips (Aberdeen, da Escócia), que também venceu cinco jogos e empatou cinco jogos em 12 partidas. A chave tinha também Cleveland Stokers (Stoke City, da Inglaterra), Toronto City (Hibernian, da Escócia), Detroit Cougars (Glentoran, da Irlanda do Norte), New York Skyliners (Cerro, do Uruguai) e Boston Rovers (Shamrock Rovers, da Irlanda). A final, em julho, reuniu Whips e Wolves, e o Wolves levou a melhor por 6 a 5, graças a um gol marcado pelo escoês Ally Shewan na prorrogação.

Apesar do relativo sucesso da USA, com médias de público de quase 8 mil espectadores por partida (o Bangu, por sinal, atraiu 19.802 pessoas por partida), a liga anunciou sua fusão com a NPSL em dezembro de 1967, dando origem à North American Soccer League – aquela do New York Cosmos, e com o mesmo nome que seria originalmente da USA. Na NASL, algumas das franquias acabaram substituídas. O Houston Stars ainda se manteve, independente do Bangu, mas fechou as portas já após sua primeira temporada na nova competição, em 1968.

Stars 68 Road Team
Houston Stars de 1968: sem o Bangu, mas cheio de estrangeiros

Apesar do pouco tempo de atividade, a United Soccer League contou com algumas participações relevantes em campo. Entre os jogadores que atuaram na liga norte-americana, estiveram o holandês Dick Advocaat (então jogador do Den Haag), os brasileiros Aladim e Paulo Borges (que posteriormente trocaram o Bangu pelo Corinthians) e Roberto Boninsegna, autor do gol italiano na final da Copa de 1970 diante do Brasil – e artilheiro da USA, com 21 gols.

– – – – –

Curiosamente, não foi a primeira aventura do Bangu no futebol dos EUA. Em 1960, o time participou da primeira edição da International Soccer League, conquistando o título com uma vitória sobre o Kilmarnock-ESC na decisão por 2 a 0. Dois anos depois, foi o América-RJ quem foi campeão, vencendo o Belenenses-POR em dois jogos.

Fonte American Soccer History Archives NASL Jerseys
Você pode gostar também
Comentários
Carregando...