Giro UD #28: clássico no hospital, Jorge Jesus, Southampton e mais

Imagem: Pixabay
0 59

Olá, tudo bem? Esperamos que sim.

Está chegando aqui mais uma edição do Giro UD, nosso giro (daí o nome) semanal de notícias, reunidas aqui para que você possa ler o que de mais legal pintou por aí.

Leia também:

O objetivo é sempre o mesmo: manter você entretido e informado para que você não tenha que passar o final de semana aborrecido. E se puder ficar em casa durante a pandemia, já sabe: fique em casa.

Nesta semana, temos um registro extracampo bem legal sobre a volta do futebol paulista, a história do International Superstar Soccer, uma análise sobre a passagem de Jorge Jesus pelo Flamengo e a lembrança da vinda do Southampton ao Brasil na década de 40.

Confira:

O Campeonato Paulista voltou, mas será que deveria ter voltado? Em tempos de pandemia, não é todo mundo que está aceintando de bom grado que a bola role. No UOL, o Arthur Sandes foi ao Hospital das Clínicas, em São Paulo, para acompanhar a movimentação durante o Corinthians x Palmeiras da retomada do torneio. Vale a leitura para acompanhar a situação do profissionais durante o jogo.

-U-D-

Quem acompanha o UD sabe o quanto a gente gosta de International Superstar Soccer. Pouca gente (inclusive a gente) se ligou, mas o game completou 25 anos em 2020. Na Trivela, o sempre querido Felipe Lobo lembrou como o jogo da Konami – que virou o atual PES – revolucionou para sempre a história dos vídeo-games.

-U-D-

Ninguém aqui é capaz de negar que Jorge Jesus teve um impacto profundo no Flamengo. Mas a que se pode creditar isso? Ao clube? Ao treinador? Para Paulo Cézar Caju, a um pouco das duas coisas. Em texto na Placar, o craque analisa a passagem do Mister pela Gávea, e é categórico ao afirmar: o sucesso veio com um profissional mediano, que não fez muita coisa além do óbvio.

-U-D-

Você sabia que o Southampton veio ao Brasil para disputar jogos em 1948? Pois, é – veio, e enfrentou Botafogo, Fluminense, São Paulo, Corinthians e Portuguesa em partidas no Rio de Janeiro e em São Paulo. No Premier League Brasil, o Bruno Bezerra relembra como foi aquela excursão.