Giro UD #21: torcidas antifas, o sono do Luxemburgo e mais

Imagem: Pixabay
0 86

Oi, tudo bom? Esperamos que sim, e que você possa continuar bem em meio à pandemia do coronavírus.

Como você já deve ter se acostuma, o Última Divisão traz nesta semana mais uma edição do Giro UD, com o que de mais legal encontramos por aí nos últimos dias para que você leia no fim de semana.

Leia também:

Desta vez, falamos sobre movimentos de torcidas antifascistas (assunto que ocupou boa parte do noticiário na semana), mas também trazemos conteúdo para você se divertir, como joguinhos, histórias curiosas e uma entrevista bem bacana com Vanderlei Luxemburgo.

Confira:

Quer passar o tempo em casa? O Globoesporte.com colocou no ar (mais) um quiz bem divertido. Desta vez, com os escudos dos times que já disputaram a primeira divisão do Campeonato Brasileiro. Eles vêm com algumas alterações para você adivinhar.

-U-D-

As torcidas antifascistas de clubes brasileiros têm protagonizado boa parte das manifestações recentes contra o presidente Jair Bolsonaro. Mas quem são elas? Como elas se comportam em meio ao isolamento social como alternativa à pandemia do coronavírus? Como é a relação com torcidas de clubes rivais? O Adriano Wilkson buscou respostas a estas e outras perguntas no UOL.

-U-D-

Em 1981, em texto de José Maria de Aquino, a revista Placar narrou a chegada de Adílson Monteiro Alves ao cargo de diretor de futebol do Corinthians. Era o embrião da Democracia Corintiana, que viveria seu auge em 1982 e 1983. No site da revista, o Luiz Felipe Castro traz essa história para 2020.

-U-D-

O Vale do Ribeira, no sul de São Paulo, tem uma história de menos representatividade que outras regiões do estado no futebol. Em 2001, a cidade de Juquiá resolveu tentar sua sorte e contou com o União do Vale na Série B-3 do Paulistão. Victor de Andrade relembra aquela temporada no site O Curioso do Futebol.

-U-D-

Você tem sentido o reflexo da quarentena no sono? Vanderlei Luxemburgo também. Em entrevista a William Correia, o técnico do Palmeiras contou como está a vida neste período tão peculiar, pessoal e profissionalmente. No Lance!.