#FiqueEmCasa: 10 partidas inesquecíveis para assistir na íntegra no Footballia

0 791

Nestes tempos de pandemia por conta do novo coronavírus, muitas emissoras tiveram a boa ideia de reprisar partidas históricas durante essa pausa forçada no futebol. Pois saiba que você também pode reassistir a esses jogos na íntegra no site do Footballia.

Com o lema “Não apenas leia sobre a história, experiencie-a”, a página traz um catálogo gigantesco de partidas de futebol do mundo inteiro para assistir. Basta um rápido cadastro e selecionar o jogo que quiser para assistir de graça, 24 horas por dia e 7 dias por semana.

Se você estiver sem ideia do que assistir, o Última Divisão escolheu 10 partidas que valem a pena ver (ou rever) na íntegra. Confira:


1 Uruguai x Gana — Copa do Mundo 2010 (Quartas de final)

Uruguai x Gana — Copa do Mundo 2010 (Quartas de final)
(Michael Steele/Getty Images)

De longe uma das prorrogações mais emocionantes e malucas da história das Copas. Mesmo quem não estava torcendo para nenhum time certamente não consegue esquecer daqueles minutos finais repletos de reviravoltas — com direito a Loco Abreu dando cavadinha na cobrança de pênalti. Simplesmente memorável.

2 Náutico x Grêmio — Série B 2005 (Quadrangular Final)

Náutico x Grêmio — Série B 2005 (Quadrangular Final)
(Divulgação/Grêmio)

A Batalha dos Aflitos não podia estar de fora desta lista. Para entender o contexto: era última rodada do quadrangular final da Série B. Jogando no Recife, o Náutico precisava da vitória para se classificar, enquanto para o Grêmio bastava o empate. Só que se o Grêmio perdesse, possivelmente ele entraria em falência por conta da crise que o clube passava. Com isso, se deu um dos jogos mais memoráveis da segunda divisão nacional.

3 Real Madrid x Barcelona — La Liga 2005/2006

Real Madrid x Barcelona — La Liga 2005/2006
(Getty Images)

Quer saber como era Ronaldinho Gaúcho no auge da carreira? Um boa pista é o famoso El Clasico de 2005. Jogando fora de casa, o Bruxo massacrou o time de Galáticos sem piedade. A performance do brasileiro foi tão absurda que os próprios torcedores do Real Madrid deram uma salva de palmas para Ronaldinho após seu segundo gol.

4 Suécia x Senegal — Copa do Mundo 2002 (Oitavas de final)

Suécia x Senegal — Copa do Mundo 2002 (Oitavas de final)
(Getty Images)

Esse jogo não é tão lembrado, mas foi um dos mais emocionantes da Copa de 2002. Colocava frente a frente a grande sensação do torneio, Senegal, contra a forte seleção sueca, que tinha rifado a Argentina do Grupo da Morte. No melhor estilo franco-atiradores, as duas seleções fizeram um jogo aberto cheio de lances bonitos e que acabou terminando apenas no Gol de Ouro.

5 Palmeiras x Vasco — Copa Mercosul 2000 (Final)

Palmeiras x Vasco — Copa Mercosul 2000 (Final)
(Paulo Pinto / Agência Estado)

Na época, Palmeiras e Vasco tinham os dois dos principais elencos do Brasil e acabaram se encontrando na final da extinta Copa Mercosul. Jogando em casa, o Verdão deu um baile no primeiro tempo, mas na segundo etapa o jogo literalmente virou para o Cruz Maltino, com show do artilheiro Romário.

6 Argentina x Holanda — Copa do Mundo 1998 (Quartas de final)

Argentina x Holanda — Copa do Mundo 1998 (Quartas de final)
(Getty Images)

Em 1998 a Holanda tinha uma das melhores gerações da sua história e ainda por cima jogava o fino da bola. Nem a perspectiva de enfrentar a favorita seleção argentina mudou os planos de Guus Hiddink, que botou o time para o ataque e proporcionou um jogo alucinante. Atente-se para o último gol do jogo, talvez um dos mais bonitos da história das Copas.

7 Europa x Resto do Mundo — Amistoso 1997

Europa x Resto do Mundo — Amistoso 1997
(Reprodução)

No dia do sorteio dos grupos para a Copa do Mundo de 1998, a Fifa organizou um amistoso diferente para celebrar o torneio. Escolheu um jogador de cada uma das 32 seleções participantes e os dividiu em dois times: o da Europa (capitaneado por Zidane e com Beckenbauer no comando técnico) e o Resto do Mundo (com Ronaldo Fenômeno e Batistuta na linha de frente). O jogo pode não ter sido dos mais emocionantes, mas vale pela curiosidade histórica.

8 Brasil x Itália — Copa do Mundo 1982 (Segunda Fase)

Brasil x Itália — Copa do Mundo 1982 (Segunda Fase)
(Popper Foto/Fifa)

Nem sempre o melhor ganha no futebol, e a prova disso foi a eliminação da seleção brasileira na Copa de 1982. O esquadrão montado por Telê Santana acabou parando justamente contra a Itália, que vivia um período de crise e se classificou para a segunda fase sem vencer um jogo. Mas quis o azar que Paolo Rossi estivesse inspirado nesse episódio que ficou conhecido como a Tragédia de Sarriá.

9 Argentina x Holanda — Copa do Mundo 1974 (Segunda Fase)

Argentina x Holanda — Copa do Mundo 1974 (Segunda Fase)
(Getty Images)

Uma amostra do que foi a Holanda de Cruyff e Rinus Michel é a partida contra a Argentina pela segunda fase da Copa de 1974 na Alemanha. Com um estilo de jogo absurdo até para os dias atuais, o Carrossel Holandês passou o trator em cima da Albiceleste e fez história no mundo da bola. Uma grande pena que não levaram o título.

10 Itália x Alemanha — Copa do Mundo 1970 (Semifinal)

Itália x Alemanha — Copa do Mundo 1970 (Semifinal)

O Jogo do Século. Assim é alcunhada a partida que definiu o adversário do Brasil na final da Copa de 1970. O encontro é bastante lembrado pelo fato de Beckenbauer ter jogado com o ombro deslocado, mas teve muito mais que isso. Viradas espetaculares, belos gols, muito desespero e emoção. Enfim, todos os elementos de um jogo histórico.