SP: em busca de recuperação, Boquita é o astro do Atibaia na reta final da 2ª Divisão

0 156

O Atibaia está bem perto de uma vaga na Série A3 do Campeonato Paulista. Classificado para a quarta fase da Segunda Divisão (que é a quarta) da competição, o time do Vale do Paraíba ganhou um reforço fundamental para os últimos jogos do torneio: o meia Boquita, ex-Corinthians, Bahia, Portuguesa e Seleção Brasileira Sub-20. Aquele mesmo.

O curioso caminho que levou Boquita ao jovem clube (fundado em 2005) foi também tortuoso. Perseguido por lesões nos últimos anos, retornou em 2012 ao Corinthians do empréstimo à Portuguesa e acabou não sendo aproveitado. Sem condições físicas ou ritmo de jogo, aceitou o convite “na base da amizade” para jogar a reta final da Segunda Divisão do Paulista.

“Foi através da amizade que a gente adquiriu com ele, com o empresário. Como ele vinha de uma contusão, a gente abriu as portas do clube para ele se recuperar, com estrutura e academia. Ele aceitou nosso projeto, se recuperou”, afirma Leonardo Silvério, diretor de futebol do clube, em contato por telefone.

O mais curioso, segundo Silvério, é que o Atibaia não arca com os salários do meio-campista. “São os próprios empresários dele que estão fazendo essa questão. A gente está cuidando de moradia, de estrutura”, explicou.

Ex-Corinthians, Bahia e Portuguesa, meio-campista atua sem custos pelo Atibaia na reta final da Segunda Divisão do Campeonato Paulista. Depois de dois jogos como reserva, estreia como titular na quarta fase (Crédito: Imprensa/SC Atibaia)

Mesmo com as lesões que o perseguiram nos últimos anos, Boquita mostrou boa recuperação nos primeiros jogos. No dia 11 de setembro, pela quinta rodada do Grupo 16, o time recebeu o Água Santa e empatou por 3 a 3 – na ocasião, vestindo a camisa 16, o ex-corintiano deixou o banco de reservas e entrou em campo aos 15min do segundo tempo. Quatro dias depois, Boquita deixou o banco novamente no empate fora de casa contra a Portuguesa Santista (1 a 1), entrando em campo no fim do primeiro tempo, em partida que encerrou a chave e eliminou a equipe de Santos.

Agora, a missão de Boquita é fazer sua primeira partida como titular no Atibaia. O jogo em questão acontece neste sábado, às 15h, diante do Paulistinha de São Carlos, abrindo o Grupo 19. O meia mostra expectativa para a partida diante da torcida laranja no Estádio Salvador Russani.

“Já me sinto confiante para jogar, agora só falta ritmo de jogo. Me sinto a vontade com a minha parte física para pode ajudar o Atibaia nesta caminhada”, disse, por comunicado da assessoria de imprensa do clube. E o ritmo de jogo é justamente a principal preocupação dos dirigentes do Atibaia.

“Ele vai ajudar bastante. Nos últimos dois jogos que ele entrou, ele já deu uma movimentação, já foi decisivo, já foi deu passe para gol”, comentou Leonardo Silvério, tranquilo diante das lesões do jogador. “Está tudo 100%. A parte física ele já está 100%. O que falta é adquirir ritmo de jogo, e ele vai conseguir isso agora. Nos últimos dois jogos, ele jogou 45 minutos, então a gente acredita que ele já consiga (jogar) em grande nível”, completou.

O técnico Éder, que não conta com o volante Robério (suspenso) e com o atacante Caio (machucado) para o jogo deste fim de semana, se mostra animado com o reforço. “Ele é um grande jogador, e conto com ele para nos ajudar muito nessa última fase. Ele esta confiante, e isso é muito importante para que ele jogue bem o seu futebol”, disse Éder, também por meio da assessoria de imprensa do clube.

Pelo menos no relacionamento com o grupo, Boquita tem se saído bem. “O pessoal gosta muito dele como pessoa. Ele se identifica muito com os meninos. Não tem esse perigo de ego. Ele foi muito bem recebido no grupo. Chegou em uma humildade tremenda. Hoje o pessoal adora ele”, disse Leonardo, que tem contrato assegura com Boquita até o fim da Segunda Divisão do Paulista.

Você pode gostar também
Comentários
Carregando...