DF: no "clássico do rock", Legião e Capital ficam apenas no empate

0 157

O Campeonato Brasiliense teve neste domingo um jogo muito esperado por quem acompanha o lado mais alternativo do futebol. Pela sexta rodada da primeira fase do torneio, Legião e Capital empataram por 1 a 1 o “clássico do rock” – que, na verdade, não é exatamente um clássico, e tem pouco do rock.

Leia mais:

>> No futebol brasileiro, hoje (também) é dia de rock, bebê!

Fundado em 2005, o Capital Clube de Futebol Ltda. tem este nome porque, bem, joga na capital federal – ou seja, nada a ver com a banda de rock Capital Inicial, representante da geração do rock de Brasília na década de 80. O time foi campeão da segunda divisão do Campeonato Brasiliense em 2005. O destaque atual do time é o meia Iranildo, AQUELE MESMO com passagens por Flamengo, Botafogo e Brasiliense.

O Legião Futebol Clube, por sua vez, é um pouco mais velho. Fundado em 2001, tornou-se profissional em 2006. No entanto, seu nome é, sim, uma homenagem à banda Legião Urbana, da mesma geração da qual se originou o Capital Inicial. O time foi campeão da terceira divisão do DF em 2006, além de ser vice da segunda divisão já no ano seguinte.

No clássico deste domingo, Tinga abriu o placar aos 7min do primeiro tempo, mas Rafael Toledo empatou aos 38min da etapa final. O jogo foi o quarto da história dos dois times, segundo os registros da RSSSF. Os dois se enfrentaram pela primeira vez em 22 de setembro de 2007, pela quinta rodada da segunda divisão local – na época, vitória por 1 a 0 do Legião sobre o Capital, que seria rebaixado.

Ainda pela segunda divisão, os dois times se reencontraram em 2 de outubro de 2010, pela sétima rodada da primeira fase, com nova vitória do Legião: 3 a 1. Em 2013, enfim pela primeira divisão, o Capital deu o troco e venceu por 2 a 0, com gols de Formiga e Léo Borges, um em cada tempo. A partida em 23 de fevereiro valeu pela sexta rodada da primeira fase.

O resultado deste domingo, entretanto, foi ruim para os dois times, que somam cinco pontos em seis jogos cada. O Legião é o nono colocado, uma posição à frente do Capital. Os dois times estão fora da zona de classificação para a próxima fase (apenas os oito primeiros passam) e perto da zona de rebaixamento – o Unaí, que abre a faixa da degola na 11ª posição, tem quatro pontos.

No DF, gols de Kaká (não é aquele) e Allan Dellon (aquele)

Ainda pela sexta rodada da primeira fase, o Ceilândia venceu o Atlético Ceilandense em dérbi municipal por 3 a 0 neste sábado, com gols de Cassiu, Elvis e Allan Dellon – AQUELE MESMO, ex-Vitória. O resultado em confronto direto deixou o Ceilândia com sete pontos, na zona de classificação para as quartas de final, enquanto o Atlético é lanterna do torneio, com apenas quatro pontos.

Também no sábado, o Brasília visitou o Sobradinho e venceu por 1 a 0, graças a gol de Kaká no primeiro tempo. E embora o meia do Milan tenha nascido no Distrito Federal, este Kaká não acumula passagens por São Paulo e Real Madrid, como o xará famoso. Na verdade, Ricardo Ferreira de Souza, 32 anos, já jogou por Legião, Brasiliense, Gama e pelo próprio Sobradinho antes de chegar ao Brasília.

Completando a rodada, o Formosa Esporte venceu o Unaí fora de casa por 2 a 1 de virada, graças a dois gols de Éder. Brasiliense e Gama empataram sem gols, assim como Santa Maria e Luziânia. O Luziânia lidera o torneio, com 16 pontos.

Campeonato Brasiliense 2014

O Campeonato Brasiliense de 2014 é disputado por 12 equipes, que integram um único grupo. Na primeira fase, elas jogam todas contra todas, contabilizando 11 partidas – as duas piores colocadas são rebaixadas, enquanto as oito primeiras vão para as quartas de final.

Na fase de mata-mata, o 1º colocado enfrenta o 8º, enquanto o 2º pega o 7º e daí por diante. Os jogos são em ida e volta, com os quatro melhores da primeira fase decidindo em casa. Os vencedores avançam para as semifinais, e daí para as finais, tudo em jogos de ida e volta.

O torneio é decidido em 17 datas. O campeão sai no dia 12 de abril. A tabela está no site da Federação Brasiliense de Futebol.

Você pode gostar também
Comentários
Carregando...