Dez curiosidades sobre o futebol letão

0 234

O esporte bretão não é a principal modalidade em diversos países do Leste Europeu. Nesses lugares, jogar uma pelada parece algo de outro planeta. É isso que acontece na Letônia, república que completou vinte anos de independência da União Soviética. No pequeno país, os esportistas mais talentosos estão no basquete, atletismo e hóquei no gelo. O futebol é uma modalidade quase marginal. Por isso, Última Divisão reuniu alguns fatos interessantes sobre a prática do esporte na região do Mar Báltico.

Existente desde 1928, a Copa Báltica é disputada entre as três seleções da região. Letônia e Lituânia são as maiores vencedoras com dez títulos cada. A Estônia amarga ter conquistado o torneio somente três vezes.

A LMT Virsliga, primeira divisão do país, possui nove clubes participantes. A competição é realizada há 20 anos, tendo como maior patrocinador a companhia de telefonia nacional.

Nunca nenhum clube da Letônia passou da segunda divisão da União Soviética. Somente a capital do país, Riga, tinha doze clubes que jogavam as divisões de acesso da URSS.

Tricampeão nacional entre 2006 e 08, o FK Ventspils nasceu da fusão de dois clubes. A maior façanha internacional da equipe foi um empate com o Newcastle, da Inglaterra, na casa do adversário.

O atual técnico da seleção letã, Aleksandr Starkov (acima), é ídolo local. O treinador foi eleito o maior jogador do país no prêmio de jubileu dos 50 anos da UEFA. Como técnico do Skonto, Starkov levou a equipe a conquista de doze títulos nacionais consecutivos.

Ronaldinho Gaúcho estreou pela Seleção Brasileira em um amistoso contra a Letônia. O Brasil venceu a partida por 3 a 0, com gols de Alex, Roberto Carlos e Ronaldo Fenômeno.

Devido ás mudanças políticas, os clubes letões já trocaram de nome diversas vezes. Fundado originalmente em 1950, o SK Blàzma já teve outros nove nomes.

A maior façanha da seleção local foi a classificação para a Eurocopa 2004. Os letões tiraram a Turquia e ficaram num grupo da morte, contra República Tcheca, Holanda e Alemanha. Eliminado na primeira fase, o selecionado conseguiu um empate de honra contra os alemães em 0 a 0.

O Skonto Riga é o maior vencedor nacional. O time conquistou catorze campeonatos dos dezenove disputados. O atual técnico da equipe é Marians Pahars, ex-atleta que defendeu a seleção letã durante onze anos consecutivos.

Musa dos anos 90, a atriz Tania Russof  (protagonista da trilogia Tatiana) é uma das mais conhecidas estrelas do país. Natural de Riga, a moça é torcedora fanática do JFK Olimps, principal adversário local do Skonto.

Você pode gostar também
Comentários
Carregando...