Como um time amador se prepara para a temporada?: Diretoria nova, velhos parceiros

0 288

Este texto faz parte da série Como um time amador se prepara para a temporada?, que aborda o planejamento do Urano para os campeonatos no Paraná. Para ler as outras reportagens da série, CLIQUE AQUI.

Em comum com o profissional, o futebol amador tem uma máxima: quem tem mais dinheiro consegue planejar e começar a preparação antes dos outros. No caso do Urano-PR, isso começa relativamente tarde. Como a Suburbana é em junho, as movimentações no gramado começam em abril.

No caso do time da Vila São Pedro, houve uma mudança de comando. O presidente Gilberto Cardoso pediu afastamento e uma nova eleição foi marcada, aclamando Antônio Gonzaga, que é diretor da equipe há muitas temporadas, mas nunca havia chegado à presidência.

Mesmo com um novo mandatário, as parcerias da equipe para cumprir com os compromissos — manutenção do campo, material de jogo e treino, ajudas de custo de jogadores e comissão técnica — continuaram as mesmas.

“É uma dificuldade enorme. O clube tem três colaboradores. Toda vez que precisa, eles contribuem para manter o que é combinado com os jogadores. São três patrocínios máster nas camisas e calções que sustentam o time [a advocacia Bellinati Perez e as lojas Extinpag Extintores e Realfix Tintas e Vernizes]. O restante, nos muros do estádio, a gente terceirizou para uma empresa que corre atrás e divide a receita, senão me sobrecarrega. Nem todo mundo tem o tempo necessário”, explica Gonzaga.

 

1 2 internaestadio Leonardo Bonassoli Futebol Metrópole

O principal e único bem imóvel do clube é o estádio Manoel Garcia de Andrade, o Manecão, que recebe a manutenção durante o período de inatividade. Durante o ano, o gramado de 95m x 46m, pouco acima das dimensões mínimas permitidas, recebe não só os jogos do Urano, como também de times que disputam a Copa Kaiser Curitiba, que envolve times formados por jogadores sem registro recente na FPF.

“Este ano o trabalho de manutenção foi tardio, na segunda quinzena de fevereiro. Não está 100%. Geralmente, entre dezembro e janeiro é feita uma manutenção geral no campo do Urano”, explicou o presidente. O que se nota no piso irregular, que ainda está alto, mas que só possui falhas visíveis perto de onde o goleiro pisa.

Urano vestirá retrô

2 2 camisa de 1982 Leonardo Bonassoli Futebol Metrópole

Todas as temporadas o Urano faz novos uniformes. O processo é feito em uma empresa que fica no bairro do Boqueirão, também na Zona Sul de Curitiba, que faz também para algumas outras equipes da Suburbana.

“É a Personal, fábrica de nosso amigo Sidney. Trabalha com o Urano fornecendo há 12 anos. A gente faz dois por ano, todo começo de temporada. As mudanças são relativas. Nossas cores são o azul e todo mundo gosta do Azulão, logo é uma azul e uma branca.”, explicou Gonzaga.

Em 1998, porém, o Urano variou um pouco o modelo do uniforme. “Um amigo de uma empresa de aparelhos auriculares pediu para que eu bolasse uma camisa diferente e mandou fazer. Caiu na graça do povo”, contou o presidente. Era uma camisa azul escuro com detalhes em azul celeste, que inclusive virou uma espécie de cult entre os adeptos do time da Vila São Pedro.

2 3 uniforme cult no quadro Leonardo Bonassoli Futebol Metrópole

A camisa para 2015 é um retorno ao passado, uma versão do uniforme de 1982 (veja foto acima). “Eu era júnior do time e guardei uma daquelas. Pedi para fazer igual”, revelou o dirigente.

2 4 presidente Gonzaga com a camisa Leonardo Bonassoli Futebol Metrópole

Clique AQUI para ler a parte 3 desta história. Para voltar a parte 1, clique AQUI.

Você pode gostar também
Comentários
Carregando...