Chuteiras abençoadas: padre-atacante está na história do Barcelona-EQU e da Libertadores

0 214

Adversário do Palmeiras nas oitavas de final da Copa Libertadores, o Barcelona de Guayaquil já protagonizou algumas histórias curiosas na competição. E uma das mais alternativas envolve um padre que era atacante nas horas livres. Juan Manuel Bazurco jogou pelo time equatoriano no torneio de 1971, tinha chuteiras abençoadas e fez “milagre”.

Bazurco é espanhol e, após virar padre, resolveu viajar como missionário pela América Latina. Apaixonado por futebol, primeiro ele jogou em um pequeno time amador do Equador, Club Deportivo San Camilo. Logo ele ganhou fama de bom jogador e foi convidado para jogar na Série A de 1970 pela Liga Deportiva Universitaria de Portoviejo. Não atuou com frequência, já que precisava conciliar o futebol com a vida de padre, mas teve momentos de destaque.

No ano seguinte, surgiu o maior desafio da curta carreira do padre-atacante: Bazurco foi contratado pelo Barcelona para jogar na Libertadores. O time já era forte e contava inclusive com Alberto Spencer, maior artilheiro da história da competição. Com o sacerdote ficou ainda melhor.

O Barcelona foi longe. Superou Emelec, Deportivo Cali e Junior Barranquilla no grupo colombiano. Depois, foi eliminado no triangular da semifinal, mas conseguiu uma vitória marcante contra o Estudiantes de La Plata. Na época era muito difícil bater o time argentino na casa dele. Tanto que a equipe tinha sido campeã da Libertadores nos três anos anteriores, 68, 69 e 70.

Mas o Barcelona conseguiu esse feito justamente com um gol do padre: aos 18min do 2º tempo, ele balançou a rede após um forte chute de direita. E assim o time calou a imprensa argentina, pois tinha sido chamado de “equipe de terceira categoria” antes da partida.

Mas a carreira de Bazurco acabou ali, pouco depois desse “milagre”. Ele resolveu se dedicar à vida de padre e voltou para Espanha. Mais tarde se jubilou, casou e morreu em 2014. Mas para sempre merece ser lembrado como padre e como atacante.

Bazurco em 2013
Você pode gostar também
Comentários
Carregando...