Aos 100 anos, time da 4ª divisão de SP vai à Europa encarar Zenit

0 143

Enquanto muitos times discutem a utilização de seu elenco principal nos campeonato estaduais ou se poupam jogadores para fazer pré-temporada, um time paulista conseguiu unir as duas possibilidades. O União, de Mogi das Cruzes, viajou no começo do ano para realizar amistosos para a disputa da Segunda Divisão do Campeonato Paulista, o quarto nível do torneio bandeirante.

No entanto, que ninguém pense que a pré-temporada do clube é modesta. No ano em tenta colher os frutos de seu centenário, o União Mogi – fundado em 7 de setembro de 1913 – anunciou que passará todo o mês de janeiro na Europa disputando amistosos. Na lista de rivais, Kahramanmarasspor (Turquia), FC Tobol (Cazaquistão), FC Baku (Azerbaijão), Metalurg Zaporizhzhaya, Volyn (ambos da Ucrânia) e Zenit St. Petersburg (Rússia), entre outras equipes que podem surgir.

Segundo o presidente do União Mogi, Senerito Souza, a excursão foi viabilizada graças Gilmar Tadeu da Silva, o Gil Paulista. Ex-jogador da equipe na década de 90, quando inclusive atuou com o pai do atacante Neymar, Gil Paulista trabalhou por mais de uma década no Leste Europeu. No Metalur Zaporizhzhaya, por exemplo, foram seis anos. Novo técnico do time paulista (pelo menos até o fim de janeiro), Gil Paulista ajudou a levar o time aos jogos na Europa, onde parte das equipes faz uma pausa de intertemporada na virada do ano.

A viagem, segundo Senerito, custou mais de US$ 100 mil – dinheiro que foi bancado por patrocinadores “e mais alguns empresários de parte dos jogadores, que estavam interessados em colocar os atletas para jogar aqui”. “Surgiu a oportunidade, ficou interessante a eles, e eles aceitaram”, contou Senerito ao blog. Entre os mimos do elenco, está a hospedagem em um luxuoso hotel na cidade de Antalya, na Turquia.

A estreia mogiana na Europa não poderia ter sido melhor: diante do Kahramanmarasspor, que disputa a segunda divisão do Campeonato Turco, o time venceu de virada por 3 a 2, graças a gols de Lincoln, Alex e Pedro Henrique. Nesta quinta-feira (9), o rival seria o FC Tobol, do Cazaquistão. Porém, nem mesmo o próprio presidente esconde que a maior expectativa é pelo confronto contra o Zenit St. Petersburg, que conta com jogadores como Domenico Criscito (Itália), Danny (Portugal), Vyacheslav Malafeev (Rússia), Axel Witsel (Bélgica), Anatoliy Tymoshchuk (Ucrânia) e Hulk (atacante da Seleção Brasileira) em seu elenco.

“A gente fica (ansioso). Estamos esperançosos para saber em que nível estamos. Guardamos com mais expectativa a partida com o Zenit”, contou o presidente, que ainda viajará para encontrar a delegação na Europa. “Essa é uma partida que eu quero ver. Quero viajar para lá. Vamos deixar bem para o final da pré-temporada. Vamos pegando times mais fracos para aclimatar aos poucos”, completou.

Em 2013, o União Mogi parou na segunda fase da Segunda Divisão do Campeonato Paulista, eliminado pelo Água Santa (vice-campeão) e pelo Primavera no grupo. Por isso, Senerito Souza aposta nos testes do elenco durante o mês de janeiro para “arredondar” o time para a competição. A delegação retorna ao Brasil em 12 de fevereiro, enquanto a Segunda Divisão de SP começa em 6 de abril. O técnico Gil Paulista, com contrato até 31 de janeiro, negocia para renovar.

“O Gil fez um contato conosco de treinar o time na Turquia. Termina dia 31 de janeiro. A gente tem vontade que continue, mas é difícil – ele tem propostas boas de lá (da Europa), está esta radicado lá. Nossa condição é bem diferente”, admitiu o dirigente – que, ainda assim, espera fazer uma boa campanha na competição estadual.

“Nós imaginamos que esse ano será menos complicado que o ano passado. No ano passado, primeiro ano do ‘Projeto Centenário’, muita gente tinha desconfiança se ia dar certo. A questão futebol é tratada com visibilidade, mas também tem muita desconfiança. Principalmente a realidade do nosso futebol. Sofremos com um descrédito grande das gestões anteriores”, analisou.

Você pode gostar também
Comentários
Carregando...