[Anões Olímpicos] Níger: um dos países mais pobres do mundo no pódio olímpico

0 121

Publicidade

Mascote dos Jogos de Seul-1988 balança bandeira do Níger
Mascote dos Jogos de Seul-1988 balança bandeira do Níger

Um dos países mais pobres do mundo, o Níger precisou instituir um imposto nacional sobre a telefonia para bancar os custos da viagem da seleção de futebol que se classificou de forma inédita para a Copa Africana de Nações, realizada no início de 2012.

Não é fácil ser esportista no país, mas isso não impediu que um atleta nigerino subisse ao pódio olímpico – ao menos uma vez.

Os Jogos de Munique-1972 representaram o auge do boxe africano. Embora sem nenhum ouro, Uganda, Nigéria, Gana e Quênia conseguiram medalhas nas diferentes categorias, comprovando a boa fase dos lutadores no continente.

Níger também obteve êxito: na disputa do peso meio-médio-ligeiro, Issaka Dabore conseguiu o bronze, atrás apenas do americano Ray Seales (ouro) e do búlgaro Angel Angelov (prata).

A série Anões Olímpicos conta a história dos 26 países que conquistaram apenas uma medalha na história olímpica entre 1896 e 2012. Os textos são reedições atualizadas do post O que esses caras estão fazendo nesse blog?, publicado por Diego Freire, em 2012. Para ler as outras reportagens da série, CLIQUE AQUI.

Você pode gostar também
Comentários
Carregando...